Fuck You

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Fuck You"
Single de Lily Allen
do álbum It's Not Me, It's You
Lançamento Alemanha 10 de Julho de 2009
França 13 de Julho de 2009
Itália 20 de Agosto de 2009
Formato(s)
Gênero(s) Dance-pop
Duração 3:43
Gravadora(s) Regal
Composição
Produção Greg Kurstin
Cronologia de singles de Lily Allen
Último
Último
"Not Fair"
(2009)
"22"
(2009)
Próximo
Próximo

"Fuck You" é uma canção da cantora e compositora britânica Lily Allen. Foi usada como terceiro single do terceiro álbum de estúdio de Allen, It's Not Me, It's You (2009).[1] A canção se tornou um hino quase gay por causa da mensagem lírica da canção.[2] A canção foi apresentada no piloto de Suburgatory da ABC.[3]

Canção[editar | editar código-fonte]

A canção apareceu originalmente na página oficial de Allen no Myspace junta com as músicas "I Could Say" e "I Don't Know" (mais tarde lançada como "The Fear") sob o título de "Guess Who Batman". A canção foi escrita por Allen com auxílio de Greg Kurstin. De acordo com as revistas NME e Rolling Stone a canção é um protesto contra George W. Bush.[4] [5] Em 2 de abril de 2009, durante um concerto no Teatro Wiltern em Los Angeles, Allen afirmou que a canção era sobre Bush.[4] Em um concerto em São Paulo, Brasil, Allen afirmou: "Isto foi originalmente escrito sobre este maldito idiota que costumava ser o Presidente dos Estados Unidos da América. Seu nome é George W. Bush."

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

"Fuck You" estreou no número 37 no Canadian Top 100, também entrou no Billboard Hot 100 dos EUA com um pico de 68.Também estreou no número 154 no UK Singles Chart. Além da participações nos charts da Bélgica,[6] Finlândia, Noruega,[6] Suécia, França, Austrália,[6] e Suíça.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Um videoclipe para a canção foi postado na página oficial da Parlophone no YouTube em 15 de junho de 2009. No clipe, Allen começa tirando uma foto dela pelada, em um hotel. Depois que Allen sai do hotel, ela começa a modificar os objetos e as pessoas, mostrando como seria o mundo se ele fosse do jeito que ela gosta. Em uma das cenas, pode se ver a Torre Eiffel e a Estátua da Liberdade.

Referências

  1. — • Lily Allen • Whats Happening? • — Lilyallenmusic.com (5 de maio de 2010). Visitado em 18 de maio de 2010.
  2. [1].
  3. Music Longue - Suburgatory ABC.com (15 de janeiro de 2013). Visitado em 8 de abril de 2013.
  4. a b Lily Allen gets political in LA: Singer speaks out against President George W Bush NME (3 de abril de 2009).
  5. [2] (4 de fevereiro de 2009).
  6. a b c [3].
Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.