Fulque II de Anjou

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fulque II de Anjou
Conde de Anjou e Toulouse
Escudo do Brasão de Armas do Condado de Anjou.
Nome completo
Fulque II de Anjou
Pai Fulco I de Anjou
Mãe Rosela de Loches
Nascimento 900
Morte 11 de novembro de 958 (58 anos)

Fulque II de Anjou "O Bom" (90011 de Novembro de 958) foi Conde de Anjou e Toulouse, tendo estado no poder desde 941 até 958, ano da sua morte. Era descendente da Casa de Ingelger[1] .

Relações Familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Fulco I de Anjou (870 — 941) e de Rosela de Loches. Casou em 937 com Gerberge do Maine (915 —?), filha de Herveu da Bretanha e de Godilde do Maine de quem teve:

  1. Godofredo I de Greymantle, conde de Anjou (94027 de fevereiro de 987) casado por duas vezes, a primeira com Adelaide de Vermandois, senhora de Donzy, filha de Roberto I de Vermandois e a segunda com Adelaide da Borgonha.
  2. Buchardo II de Vendôme (940 —?) casado com Isabel.
  3. Guy de Anjou, Bispo de Puy (? — 995).
  4. Drogon de Anjou, Bispo de Puy (? — 998).
  5. Humberto de Anjou.
  6. Adelaide Branca de Anjou (955 —?) que foi casada por cinco vezes. A primeira com Estevão de Brioude; a segunda com Raimundo IV de Toulouse; a terceira, em 982 com Luís V de França, de quem se divorciou em 984; a quarta com Guilherme I da Provença; e a quinta com Otão-Guilherme da Borgonha, conde de Mâcon e Nevers.
  7. Arsende de Anjou (930 —?) casada com Guilherme III da Provença, conde da Provença.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Luiz de Mello Vaz de São Payo, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002. pg. 285.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.