Fumo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fumaça vinda de um incêndio florestal.

Fumo (português europeu) ou fumaça (português brasileiro) é a suspensão na atmosfera de produtos resultantes de uma combustão.[1] Pode ser tóxica quando aspirada.

Fumo a sair de uma casa durante um incêndio.


As partículas que constituem o fumo resultam da combustão incompleta de um qualquer material combustível. É assim um subproduto não desejado da combustão, produzido em fogueiras, brasas, motores de gasolina e gasóleo. Quando uma combustão é correta e completa, os únicos subprodutos são água, dióxido de carbono e compostos de diversos elementos.

A inalação do fumo é a causa principal de asfixia e morte nas vítimas dos incêndios. O fumo mata por intoxicação devido aos seus componentes tóxicos, como o monóxido de carbono e as pequenas partículas sólidas que bloqueiam os alvéolos pulmonares e asfixiam quem os inale. Pode conter várias partículas cancerígenas, e provocar cancro após um longo tempo. Por isso é recomendado não usar "estufas" ou "caldeiras" dentro das residências, pois podem permitir o escape destes gases nocivos.

Referências

  1. Smoke Production and Properties - SFPE Handbook of Fire Protection Engineering

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Fumo