Fursuit

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Foto do grupo vestindo fursuit.
Fursuits podem ser usado em diversos tipos de eventos para entreter crianças.
Uma fursuiter, "Lucky Coyote".

Fursuits são fantasias de animais antropomorfizados. Quando preenche apenas parte do corpo, é chamada de halfsuit.[1] As mais elaboradas podem assemelhar-se a um mascote.[2]

Fursuit é intimamente ligada ao furry fandom, um fandom relacionado à personagens ficcional que apresentam características antropomórficas,[3] [4] e o simpatizante é chamado de furrie.[1] Quando vestido com a fursuit, a pessoa adota a personalidade do personagem que estiver representando. Fursuits normalmente são usadas em convenções furry.

O conceito é similar ao cosplay, apesar desse ser mais relacionado à otaku[5] e que não há nenhuma relação por algum personagem popular.

História[editar | editar código-fonte]

Acredita-se que o termo "fursuit" foi cunhado em 1993 pelo Robert King[6] e pode se referir a fantasias de mascote em geral, diferenciado-se de mascotes humanos ou objetos inanimados.

Características[editar | editar código-fonte]

Uma fursuit padrão é um traje de corpo inteiro, que consiste em uma cabeça, patas dianteiras (mãos), patas traseiras (pés) e uma cauda anexada. [7] Muitas fursuits incluem enchimentos para o personagem ter a forma desejada, especialmente no caso de personagens maiores ou de um gênero específico. Os proprietários podem gastar menos de cem até mais que 1000 dólares em uma fursuit, dependendo da complexidade e do material usado.[8] Fursuits mais complexas incluem boca e cauda articuladas.[9] [10] Furries podem fazer a própria fursuit através de tutoriais onlines; também podem ser compradas online ou em convenções.[11]

Um halfsuit pode ter todas as partes de uma fursuit, com exceção do tronco. Desse modo pode vestir diferentes roupas, cabeça e cauda, como outra fantasia ou roupa casual. Em halfsuit, a cauda usualmente é atrelada à um cinto, os braços e pernas podem ser tão grandes até alcançar o ombro e pélvis.[7]

Uso[editar | editar código-fonte]

Fursuits normalmente são usadas para desfiles, apresentações, seminários e em reuniões informais. Muitas vezes, eles são usados para partidas de RPG, ou para expressar a verdadeira personalidade de quem está vestido.[12] [13]

Alguns furries usam fursuit como objeto de trabalho, afim de chamar atenção para algum evento ou como elemento nas apresentações de acrobacia.[14] Certas empresas de agências de publicidade contratam furries para representar um personagem, enquanto outros fazem suas próprias construções em um evento em seu lugar.[15] Há também muitos membros do furry fandom na América do Norte que são convidados para entreter em eventos. Alguns furries se reúnem para entreter pessoas que passam na rua ou chamar atenção para atos de caridade.[16]

Alguns membros do furry fandom consideram uma fursuit como artigo sexual. Fursuits podem ser vendidas com modificações para possibilitar atividade sexual, tais como aberturas/painéis removíveis na região do órgão sexual ou genitália artificial.[12] Estas aberturas são chamadas de "strategically placed holes" ("orifícios estrategicamente colocados", traduzindo literalmente do inglês). Enquanto esse tipo de fursuit são as mais exibidas nos meios de comunicação, eles são minoria dentre as demais fursuits.[17]

Competições de fursuit[editar | editar código-fonte]

Campeões de 2007 até 2013 do Fandom's Favorite Fursuit Fracas

A Fandom's Favorite Fursuit Fracas, abreviada de FFFF, é um torneio de fursuit que ocorre anualmente desde 2007.[18] [19] As votações acontecem pela Internet por meio do site oficial.[20]

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fursuit

Referências

  1. a b Furries, quem são eles?.
  2. Gerbasi, Kathleen; Paolone, Nicholas; Higner, Justin; Scaletta, Laura; Bernstein, Penny; Conway, Samuel; Privitera, Adam. ({{{mês}}} 2008). "Furries From A to Z (Anthropomorphism to Zoomorphism)". Society & Animals 3: 197–222. DOI:10.1163/156853008X323376.
  3. Rob Staeger (26 de Julho de 2001). The Wayne Suburban. Visitado em 2009-05-20.
  4. O que é Furry? Fauna Urbana (29 de Março de 1996). Visitado em 20/09/2014.
  5. Maass, Dave. "Fluff Piece", Santa Fe Reporter, 2007-10-07. Página visitada em 2008-04-03.
  6. Riggs, Adam. Critter Costuming. [S.l.]: Ibexa Press, 2004. 13 pp. ISBN 978-0-9678170-7-1
  7. a b Furry text Shadow Wulf's Alphas (2000). Visitado em 2007-11-03. Cópia arquivada em 2008-06-28.
  8. "'Furries' Descend On Golden Triangle", WTAE-TV, June 16, 2006. Página visitada em 2006-06-30.
  9. Tail WikiFur. Visitado em 2012-04-03.
  10. Karen Dawson (Fatkraken) (2007-09-03). Walkthrough - Making a fursuit head with a movable jaw Cosplay Island. Visitado em 2012-04-03.
  11. Planning/Buying/Commissioning the Costume Fursuit.info (2005-01-05). Visitado em 2008-04-04.
  12. a b My Life As A Furry.
  13. Midwest FurFest 2006, 213 av 1441 deltakere var med i fursuitparaden (post by registration coordinator on 2006-11-20), mens 353 av 2,849 brukte drakter på Anthrocon 2007
  14. Sardyuon, o furcrobata Fauna Urbana (16 de Junho de 2012). Visitado em 2014-10-19.
  15. Maass, Dave. "Fluff Piece", Santa Fe Reporter, 2007-10-07. Página visitada em 2008-04-03.
  16. Larson, Alina. "Animal Instincts: Fans of Furry Critters Convene to Help Mankind", Tri-Valley Herald, 23. januar 2003.
  17. Welcome to the jungle.
  18. Torneio de Fursuits 6ª Edição ( FFFF ) Fauna Urbana (19 de Março de 2013). Visitado em 2014-10-19.
  19. Wikifur - Fandom's Favorite Fursuit Fracas Wikifur. Visitado em 2014-10-19.
  20. Fandom's Favorite Fursuit Fracas Fandom's Favorite Fursuit Fracas. Visitado em 2014-10-19.