Gás bidimensional

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Um gás bidimensional é um conjunto de N objetos os quais são obrigados a mover-se em um espaço planar ou bidimensional em um estado gasoso. Os objetos podem ser: elementos de um gás ideal tais como um discos rígidos submetendo-se a colisões elásticas; partículas elementares, ou qualquer objeto em física o qual obedeça leis do movimento. O conceito de um gás bidimensional é usado porque:

  • (a) a questão a ser estudada realmente ocorre em duas dimensões (a superfície de certos fenômenos moleculares); ou,
  • (b) a forma bidimensional do problema é mais maleável do que o análogo matematicamente mais complexo de problema tridimensional.

Enquanto físicos estudaram interações de dois corpos simples em um plano durante séculos, a atenção dada ao gás de duas dimensões (com muitos corpos em movimento) é um exercício do século XX. Aplicações levaram a uma melhor compreensão da termodinâmica dos gases, determinados problemas de estado sólido e várias questões de mecânica quântica.