Géraldine Pailhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Géraldine Pailhas
Nascimento 8 de janeiro de 1971 (43 anos)
Marselha
Nacionalidade  França
Ocupação atriz
Cônjuge Christopher Thompson
IMDb: (inglês)

Géraldine Pailhas (8 de janeiro de 1971) é uma atriz francesa. Nascida em Marselha no sul da França, Géraldine é casado com o ator , roteirista e diretor francês Christopher Thompson.

Biografia

Filha de um dono de galeria de arte, Géraldine Pailhas, que inicialmente queria seguir uma carreira de dançarina, aparece em um clip dos Gipsy Kings. Após trabalhar como figurante na produção “Trois places pour le 26” (1988), ela participa do elenco de dois filmes, um deles leve – “Les Arcandiers”- e o outro, mais sério – “La Neige et le feu”. Nessa história de amor passada na época da guerra, ela interpreta uma enfermeira que derrete corações, papel que lhe valeu um César de Melhor Revelação Feminina em 1992. Nesse mesmo ano, o “IP5, a ilha dos paquidermes” de Beineix, onde contracena com Montand, e sua participação, em 1995, em "Don Juan DeMarco” ao lado dos ícones Johnny Depp e Marlon Brando, consolidam sua imagem de atriz romântica.

Frente a Depardieu, outra lenda cinematográfica, a jovem atriz mostra muita maturidade em “Le Garçu” de Pialat, em 1995. Ela se destaca também em outros filmes de grupo (“Les Randonneurs”, “La Parenthèse enchantée”, onde ela se singulariza por seu lado ao mesmo tempo doce e decidido. Comovente como esposa abandonada porém digna em “O adversário” (2002) e “Uma Vida à tua Espera”, co-escrito com seu companheiro Christopher Thompson, ela é também totalmente convincente como namorada intratável no filme “O amor em 5 tempos” de Ozon, e como call-girl de luxo em “Le Coût de la vie” onde seu trabalho foi recompensado, em 2004, com uma indicação para o César de Melhor Atriz Coadjuvante.

Dirigida por Doillon e por Klapisch, Géraldine Pailhas, agora atriz de primeira linha, navega sem complexo entre o cinema autoral (“Les Revenants”, “Je pense à vous”) e filmes de diversão para o grande público (“Os Cavaleiros do Ar”, “Le Prix à payer”). Seu estilo, espirituoso e glamouroso, e a velocidade com que fala parecem designá-la como herdeira de Catherine Deneuve. Assim, ela é escolhida por Thierry Klifa para representar a filha de Miou-Miou em “Segredos de Cabaré” (2006). Em 2008, ela filma de ponta a ponta o cativante “Didine”, e festeja o reencontro com o elenco de “Randonneurs”. Em 2009, ela trabalha em “Espiões”, um filme de gênero, muito pessoal, paradoxo que certamente não desagrada a essa atriz eclética.

Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

2009


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.