Gérard Leman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gárard Leman
Retrato de Gárard Leman
Nome completo Gerard Mathieu Leman
Conhecido(a) por Batalha de Liège
Nascimento 08 de janeiro de 1851
Liège  Bélgica
Morte 17 de outubro de 1920 (69 anos)
Liège  Bélgica
Nacionalidade Bélgica belga
Ocupação Militar
Serviço militar
Patente Exército Belga Tenente-General
Título Conde (1919)

O Tenente-General e Conde Gérar Mathieu Leman (Liège, 08 de janeiro de 1851 — Liège 17 de outubro de 1920) foi um militar e general belga. Ele era responsável pela educação militar do rei Alberto I da Bélgica. Durante a Primeira Guerra Mundial, ele era o comandante das fortalezas que cercam a cidade belga de Liège. As forças alemãs tiveram que usar artilharia pesada para romper as defesas e capturar Leman como um prisioneiro de guerra, a batalha de Liège, na qual os belgas, liderados por Leman, saíram derrotados pela Alemanha foi o principio para a Primeira Guerra Mundial. Ele foi libertado no final da guerra e morreu como um herói, em 1920.

Pré-Guerra[editar | editar código-fonte]

Leman era o filho de um capitão de artilharia que era professor na École Militaire. Ele entrou na École Militaire em Bruxelas, e quando a deixou em 1869 tinha adquirido uma reputação brilhante. Durante a guerra franco-alemã, ele atuou em um corpo de observação belga. Em 1882, tornou-se membro do corpo docente da École Militaire, e ambos, em seguida, e depois, como chefe da escola, exerceu influência considerável sobre assuntos militares, tornando-se famoso como matemático.[1] Durante este período, ele foi o responsável pela educação militar do Rei Alberto I da Bélgica e do general filipina Antonio Luna.

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chisholm, Hugh, ed. (1922). "Leman, Gérard Joseph Mathieu Georges". Encyclopædia Britannica (12ª edi.). Londres & Nova Iorque.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]