Gotinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Göttingen)
Ir para: navegação, pesquisa
Gotinga ou Göttingen
Göttingen Rathaus.jpg
Prefeitura velha (altes Rathaus)
Brasão Mapa
Brasão de Gotinga ou Göttingen
Gotinga ou Göttingen está localizado em: Alemanha
Gotinga ou Göttingen
Mapa da Alemanha, posição de Gotinga ou Göttingen acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Baixa Saxônia
Distrito Gotinga
Prefeito Wolfgang Meyer
Partido no poder SPD
Estatística
Coordenadas geográficas 51° 32' 02" N 09° 56' 08" E51° 32' 02" N 09° 56' 08" E
Área 117,27 km²
Altitude 138 - 427,5 (média 150) m
População 121.513 (31/12/2007)
Densidade populacional 1.036 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo
Código postal 37001–37085
Código telefônico 0551
Endereço da prefeitura Hiroshimaplatz 1-4
37070 Gotinga
Website sítio oficial

Gotinga (em alemão: Göttingen ou Goettingen) é uma cidade da Alemanha, no estado de Baixa Saxônia (Niedersachsen), capital do distrito de Gotinga. Ela se situa a meio caminho entre Bona e Berlim, e contava com 129.151 habitantes em 2005.

Antiga casa particular de Gotinga, zum Szültenburger

Gotinga é um importante centro universitário, e a Universidade de Gotinga (Georg-August-Universität) é uma das mais célebres da Alemanha, com 32.000 estudantes e um corpo docente de 2.500 pessoas. Quarenta e quatro Prêmio Nobel ensinaram ou estudaram em Gotinga. A cidade abriga igualmente a biblioteca da Baixa Saxônia, bem como vários Institutos de Max Planck (Max-Planck-Institut - MPI) e uma das sete Academias de Ciências (Akademie der Wissenschaften) da Alemanha .

História[editar | editar código-fonte]

A primeira menção atestada da cidade (chamada «Gutingi» na época) data de 953, em um acordo entre Oto I e o monastério de Magdeburgo. Uma carta municipal é atestada por volta de 1210. Nesta época, a cidade é uma próspera praça comercial, particularmente após 1351, data de sua entrada na Liga hanseática. Em 1387, os burgueses são tão poderosos que destroem o palácio ducal. Em 1547, no entanto, sua sorte muda com o fracasso da Liga de Esmalcalda, da qual Gotinga fazia parte desde 1531 — liga reunida em torno de Martinho Lutero pelos príncipes protestantes contra Carlos V. A Guerra dos Trinta Anos faz a cidade perder sua importância, que renasce em 1737, quando o Príncipe-eleitor de Hanôver, Jorge II da Grã-Bretanha, inaugura a universidade. Em 1739 segue-se a fundação do Jardim Botânico de Gotinga.

Em 1806 a cidade passa sob controle prussiano, e em 1807 ela é integrada ao Reino da Vestfália antes de retornar à zona de influência de Hanôver em 1813. Em 1866 Gotinga e todo o Reino de Hanôver são anexados à Prússia.

Praticamente poupada pelos bombardeios aliados durante a Segunda Guerra Mundial, o centro antigo da cidade é hoje um atrativo lugar para morar, com diversas lojas, cafés e bares. Por causa disso, muitos estudantes da universidade vivem no centro da cidade, dando a Gotinga uma alma jovem. Em 2003, 45% da população do centro da cidade tinha entre 18 e 30 anos de idade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gotinga