GE U20C

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
GE U20C
GE U20C
Locomotiva da GE U20C da extinta Novoeste.
Propulsão Diesel-Elétrica
Projetista General Eletric
Fabricante GE ( Estados Unidos)
GE do Brasil ( Brasil)
Dorman Long ( África do Sul)
Modelo U20C
Ano de fabricação 1968
Classificação AAR C-C
Tipo de Serviço Carga
Bitola 1000 mm e 1600 mm (Brasil)
Diâmetro das rodas 36”
Distância entre eixos 1.594 e 1.911
Comprimento 15.837 mm
Largura 2.718 mm
Altura 3.900 mm
Peso da locomotiva 94.494 kg
Peso por eixo 15.750 kg
Peso aderente 94.494 kg
Tipo de combustível Diesel
Capacidade de combustível 6.000 l
Capacidade de óleo lubrificante 1.044 l
Capacidade de líquido refrigerante 851 l
Capacidade de areia 0,51
Fabricante do motor GE
Motor primário 7FDL12
Limite de RPM 1000
Tipo de motor Combustão interna
Alternador 5GTA851 C9 ou C11
Motores de tração 5GE761 A6
Tamanho dos cilindros 228,6 mm x 266,7 mm
Tração múltipla Sim
Velocidade máxima 100 km/h
Velocidade mínima 20 km/h
Potência total 2.150 hp
Potência disponível para tração 1.990 hp
Esforço de tração 22.731 kgf
Fator de adesão 25%
Raio mínimo de inscrição 95 m
Freios da locomotiva Ar comprimido
Sistema de freio 28L-AV-1
Ferrovias que operou RFFSA, FEPASA, Novoeste, Brasil Ferrovias, MRS, FCA, CPTM e ALL
Apelidos Namibiana, Cachorrona
Local de operação Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso
Proprietário atual MRS, FCA, CPTM e ALL
Situação Algumas Baixadas

A GE U20C é uma locomotiva diesel - elétrica em que o Felipe tem uhhh, produzida pela GE entre os anos 60 e final dos anos 90, sendo muito utilizada em países em desenvolvimento.

Tendo sido produzida mais de 984 locomotivas U20C nos EUA, Brasil, Indonésia, África do Sul e Alemanha ao longo das últimas 4 décadas.

Foi projetada para linhas com restrições de gabarito e peso, típica de países em desenvolvimento. São capazes de operar em qualquer bitola, de 0,914 a 1,676m.

Tabela[editar | editar código-fonte]

Modelo Potência (HP) Bitola (m) Fabricante Origem Ano de Fabricação
U20C 2000 0,914 a 1,676 General Electric EUA, Brasil, Indonésia, África do Sul e Alemanha 1964 e 1998

Proprietários Originais[editar | editar código-fonte]

Ferrovia País Bitola Quantidade
C.F. de Luanda Angola 1,067m 40
Caminho de Ferro de Benguela Angola 1,067m 34
Metropolitano Argentina 1,000m 2
Empresa Nacional de Ferrocarriles Bolivia 1,000m 8
Rede Ferroviária Federal S.A. Brasil 1,000m 188
Rede Ferroviária Federal S.A. Brasil 1,600m 30
Ferrovia Paulista S.A. Brasil 1,000m 109
Ferrovia Paulista S.A. Brasil 1,600m 26
Ferrocarriles Nacionales de Colombia Colômbia 0,914m 10
Indonesia State Rlys PJKA Indonésia 1,067m 30
Aqaba Railway Corporation Jordânia 1,050m 18
C.F. de Moçambique Moçambique 1,067m 114
Pakistan Railways Paquistão 1,676m 42
South African Railways* África do Sul 1,067m 190
Sudan Railway Corp Sudão 1,067m 10
Turkish State Railways - TCDD Turquia 1,435m 40
Zambia Railways Zâmbia 1,067m 83
National Railway of Zimbabwe Zimbábue 1,067m 10

Foram construídas 353 locomotivas U20C para a RFFSA e FEPASA entre 1974 e 1982.

U20C AC da FCA[editar | editar código-fonte]

Duas locomotivas U20C modificadas pela EFVM em Tubarão, em parceria com a empresa WEG, de Santa Catarina, para tração por corrente alternada (AC), o projeto foi abandonado. Os números são 2711 e 2713. A 2713, embora possuindo numeração ex-RFFSA tem características de uma U20 ex-Fepasa.


U20C-1 "Namibiana"[editar | editar código-fonte]

Na década de 90 foram importadas 20 locomotivas modelo U20C da Namíbia, essas locomotivas eram ex-Class 33-400 da South African Railways (SAR), inicialmente foram locadas para a FCA, sendo transferida entre 1999/2000 para a ALL. No Brasil este modelos de locomotivas ficou conhecido como Namibiana.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre GE U20C
  • Phil's Loco Page GE Export.
  • Buzelin, José Emílio de Castro H; Setti, João Bosco, "Ferrovia Centro-Atlântica - Uma Ferrovia e suas raízes", Rio de Janeiro: Memória do Trem, 2001.
  • Memória do Trem Frota de Locomotivas no Brasil.