GNT

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
GNT
Canais Globosat
Tipo Canal de televisão por assinatura
País  Brasil
Fundação 19 de outubro de 1991 (23 anos)
Pertence a Globosat
Proprietário Organizações Globo
Sede Rio de Janeiro, RJ
Estúdios Rio de Janeiro, RJ
Slogan "Com Você"
Formato de vídeo 480i (SDTV 16:9)
1080i (HDTV)
Cobertura Nacional
Nome(s) anteriore(s) Globosat News Television (1991-1996)
Página oficial Site do Canal
Disponibilidade por satélite
Claro TV
Canal 41
Canal 541 (HD)
SKY Brasil
Canal 41
Canal 241 (HD)
Vivo TV
Canal 341
Canal 821 (HD)
Oi TV
Canal 41
Canal 541 (HD)
Canal 41 (HD) (Satélite SES-6)
GVT TV
Canal 41 (HD)
CTBC TV
Canal 341
Canal 941 (HD)
DTHi
Canal 41
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 41
Canal 541 (HD)
Vivo TV
Canal 41
Canal 341 (HD)
Sim TV
Canal 41
ViaCabo
Canal 41
Canal 441 (HD)
ORM Cabo
Canal 41
Canal 541 (HD)
Astro
Canal 41
TV Alphaville
Canal 88

GNT é um canal de televisão por assinatura brasileiro. Foi criada em 19 de outubro de 1991 com o nome de Globosat News Television, um canal que transmitia notícias. Em setembro de 2003, um novo posicionamento orientou seu foco para os assuntos de interesse do universo feminino, com uma programação que oferece entretenimento e informação, sem perder a leveza na abordagem dos mais diversos temas, como comportamento, gastronomia, moda e sexo, em séries, documentários e filmes.

História[editar | editar código-fonte]

Entrou no ar em 1991 com o programa Modos, Modas & Manias, programa de moda e comportamento, produzido pela redação do canal a partir de material internacional. Além deste programa, produzido na GNT, o canal investe em nomes consagrados para apresentar seus programas jornalísticos, como Luiz Santoro, Kátia Maranhão e Leda Nagle.

1992[editar | editar código-fonte]

O GNT traz o primeiro programa jornalístico da rede americana de TV CBS: 48 Hours e depois 60 Minutes, também da CBS e um dos programas jornalísticos mais importantes da TV mundial. Nesse ano era exibido, em duas edições, manhã e noite, do noticiário O Mundo Hoje, de segunda a sexta, totalmente produzido nos estúdios da Globosat – a apresentação do da noite era de Kátia Maranhão. O canal exibia os noticiários da CNN em inglês.

O canal cobriu, ao vivo, o impeachment do presidente Fernando Collor de Mello.

1993[editar | editar código-fonte]

O GNT cobriu a posse do primeiro mandato de Bill Clinton. Em março do mesmo ano estreou o Manhattan Connection, com Lucas Mendes, Paulo Francis, Caio Blinder e Nelson Motta. Também eram exibidos os programas franceses da TF1 e France 2 e de produtoras independentes destacando a Capa Presse.

Em julho, estrearam os boletins Cinco Minutos – eram 11 edições diárias com os principais acontecimentos do Brasil e do mundo. Nesse mesmo mês, a CNN sai da grade do GNT.

Em setembro, para agilizar a cobertura jornalística, o GNT faz um acordo com a Rádio CBN.

1994[editar | editar código-fonte]

Neste o jornalista Paulo Henrique Amorim produz para o GNT um especial sobre Cuba. Em março de 1994, estrearam na programação do GNT os premiados especiais da National Geographic Society. Em maio o GNT faz uma cobertura exaustiva da morte do piloto brasileiro Ayrton Senna.

1995[editar | editar código-fonte]

O Modos, Modas & Manias passa a se chamar GNT Fashion – produzido fora, é apresentado pela atriz e modelo Betty Lago. Em junho de 1995, estréia o jornalístico Frontline, produzido pela rede de televisão pública americana PBS.

1996[editar | editar código-fonte]

Em 1996 estrearam programas como: Hipermídia, Dossiê Chatô: O Rei de Brasil, Alternativa: Saúde, Dive Adventures entre outros. a a pertir daquele ano o canal passa a contar com nova identidade visual.

1997[editar | editar código-fonte]

A partir de 1997 estreou O Velho: A História de Luiz Carlos Prestes, co-produção com Toni Venturi. A série Sobreviventes do Holocausto (Survivors of the Holocaust), produzido por Steven Spielberg também foi exibida pelo canal.

Em março, o GNT importa em regime de urgência o documentário 'All in the Genes sobre a clonagem da ovelha Dolly.

O Manhattan Connection voltou ao ar em 1997 depois de ficar um mês fora do ar por causa da morte de Paulo Francis – inicia-se uma fase de rodízio de convidados: fixos só Lucas Mendes, Nelson Motta e Caio Blinder

Em julho, estreou a segunda fase do Alternativa: Saúde, com uma hora de duração e apresentado por Patrycia Travassos.

O GNT cobriu a morte de Lady Di e importou em regime de urgência documentários sobre a vida dela, incluindo imagens do acidente que a matou.

Em dezembro, começa a participação fixa de Arnaldo Jabor no Manhattan Connection.

1998[editar | editar código-fonte]

No ano estrearam programas como 'Festival O Perigo das Drogas, Revista Europa, Marília Gabriela Entrevista e 500 anos de História do Brasil.

No mesmo dia da morte de Frank Sinatra, o GNT exibe o documentário Frank Sinatra: A Voz do Século (Sinatra: The Voice of the Century).

Em agosto, alguns programas internacionais do GNT começam a ser narrados em português, mantendo o som original com legendas apenas nas entrevistas e nas cenas em que há um apresentador falando diretamente para a câmera

Em outubro, ocorre uma mudança radical na programação do GNT com a criação de novas faixas e dos intervalos inteligentes

1999[editar | editar código-fonte]

Estrearam o novo formato da Revista Europa, programas semanais com meia hora, além de programas como Diário do Olivier, com o padeiro Olivier Anquier, Movimento GNT: violência urbana, Notícias de uma Guerra Particular, Além Mar, Movimento GNT: maternidade, Conexão do Assinante entre outros.

2000[editar | editar código-fonte]

Estrearam: Quatro Meninas (Four Little Girls), documentário dirigido por Spike Lee; Filhos de Gandhy; O Brasil é Aqui; Movimento GNT de 2000: a cara do povo brasileiro. O canal ganhou medalha de bronze no New York Festivals para Pierre Fatumbi Verger: Mensageiro entre Dois Mundos.

Em junho, estreou o Programa Martha Stewart (Martha Stewart Living), primeiro programa do GNT totalmente dublado e destinado ao público feminino.

2001[editar | editar código-fonte]

O GNT ganha nova página na internet e o Alternativa: Saúde ganha novo formato

Em fevereiro, estreou Late Show with David Letterman. Foi ao ar primeira edição do Movimento GNT em 2001: Voluntariado e o Movimento GNT em 2001: Violência, Movimento GNT em 2001: Alternativa: Saúde entre outros movimentos.

Em setembro, o Manhattan Connection e GNT Cidadania Brasil passam a ser ao vivo

No dia 11 de setembro, o canal cobre os atentados a Nova Iorque e Washington.

Nos meses seguintes estrearam Mar sem Fim e Os Pantaneiros

2002[editar | editar código-fonte]

O GNT Fashion cobre a São Paulo Fashion Week e ocorre uma rearrumação da grade do GNT com a criação das faixas temáticas: Arte e Cultura, Documentários e Séries, Informação e Atualidade, Moda, Saúde e Beleza, e Viagens e Aventura. Em abril estreou o Saia Justa, com a jornalista Mônica Waldvogel, a roqueira Rita Lee, a atriz Marisa Orth e a escritora Fernanda Young.

Foi exibida uma programação dedicada ao primeiro aniversário dos atentados de 11 de setembro, com destaque para o documentário 9/11 (9/11).

Em setembro, o Marília Gabriela Entrevista chega ao programa 300 e entrevista Reynaldo Gianecchini, seu então marido.

2003[editar | editar código-fonte]

Em 2003 ocorreu uma nova arrumação da grade do GNT com os programas de linha começando às 21h e estréia das novas faixas Celebridades, GNT.Doc, Lanterna Mágica, Papo Cabeça e Pé na Estrada.

A série Tantos Carnavais estreou em fevereiro deste ano.

Em março, o Manhattan Connection reestréia na grade do GNT e comemora dez anos de existência.

Programas como Tudo É Possível! (Faking It), o reality show do GNT; Armazém 41; Outdoor Saúde e +D entraram no ar.

2004[editar | editar código-fonte]

Neste ano entraram no ar programas como Gente POP, Beleza Comprada, Contemporâneo, Oi Mundo Afora , Nós & Eles e Mesa pra Dois

Em agosto, o Saia Justa estreou sua segunda formação com Mônica Waldvogel, Fernanda Young, Marisa Orth e Marina Lima.

2005[editar | editar código-fonte]

O GNT ganha primeiro lugar no Top of Mind entre MM 25-34 anos (pesquisa qualitativa – Antena)

O Saia Justa ganhou nova formação em 2005 (com novo elenco, cenário e vinheta): Com Mônica Waldvogel, Betty Lago, Luana Piovani e Márcia Tiburi

Em dezembro, o GNT foi eleito o canal de TV por assinatura do Ano (Revista About)

2006[editar | editar código-fonte]

Entrou no ar o Superbonita com apresentação de Taís Araújo; Irritando Fernanda Young, Sem Controle, 20, 30, 40, Hell´s Kitchen entre outros.

O Saia Justa: ganha nova formação, agora com cinco integrantes: Mônica Waldvogel, Betty Lago, Márcia Tiburi, Maitê Proença e Ana Carolina.

em agosto, estreou Mothern: primeira série de ficção nacional do GNT.

Em dezembro, o GNT foi eleito pelo terceiro ano consecutivo o canal mais admirado da TV por assinatura

2007[editar | editar código-fonte]

Em janeiro, houve o lançamento oficial da Rádio GNT no São Paulo Fashion Week. Fernanda Porto fez o show de lançamento e Paula Lima foi a convidada da rádio.

Em abril, a jornalista e apresentadora Astrid Fontenelle passa a apresentar o primeiro programa diário e ao vivo do canal GNT, a revista eletrônica Happy Hour. Em dezembro do mesmo ano Astrid resolve se afastar do programa para cuidar de assuntos pessoais, como a adoção do filho Gabriel. Na temporada de 2008 o programa é apresentado por Lorena Calabria, porém esta não tem o mesmo apelo junto aos telespectadores do programa como tinha sua antecessora. Em julho de 2009 Astrid Fontenelle retorna ao comando do programa.

Em setembro, o Alternativa: Saúde estreou nova temporada com Cynthia Howlett se juntando a Patrycia Travassos na apresentação do programa.

2010[editar | editar código-fonte]

No mês de dezembro, o Manhattan Connection anuncia sua mudança para a Globo News.

2011[editar | editar código-fonte]

No mês de março, o GNT estreia uma nova programação que inclui uma nova marca e identidade visual. Estreia programas como Duas Histéricas, Vamos Combinar, Decora, Santa Ajuda e Chegadas e Partidas. E o Programa "Superbonita" passa a ser apresentado por Luana Piovani.

No dia 22 de março, entrou no ar o programa Mãe & Cia sob o comando de Diana Bouth.[1]

2012[editar | editar código-fonte]

Em 24 de agosto é lançado a versão HD do canal. [2]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • GNT já significou Globosat News Television. Com a estreia da Globo News, em 1996, o nome GNT perdeu o significado. Como a marca já era muito conhecida, decidiu-se por manter a sigla como nome do canal. Certamente o significado atual pode remeter (uma alusão) à palavra "gente" - uma utilização comum da sigla na internet.
  • O canal era para ser uma espécie de Globo News, existente atualmente. Depois da criação do mesmo, o GNT se modificou e virou um canal de documentários da Globosat, e em setembro de 2003, se transformou em um canal para o universo feminino, consolidando um processo já em andamento, pois programas como Superbonita e Saia Justa estrearam antes do reposicionamento.
  • Nos primeiros anos, o canal já chegou a transmitir jogos de futebol. Quando a Globosat contava apenas com quatro canais (GNT, TopSports, Multishow e Telecine) e o horário destinado a transmissão de jogos do TopSports estava ocupado com outro jogo, o GNT funcionava como uma espécie de canal auxiliar do TopSports.
  • O programa Marília Gabriela Entrevista antes se chamava Aquela Mulher.
  • O GNT é o canal de TV por assinatura mais admirado pelo mercado publicitário.

Referências

  1. Diana Bouth se inspira em programa para aumentar a família Contigo!. (Março, 2011).
  2. GNT ganha canal em alta definição nesta sexta UOL NaTelinha (23 de agosto de 2012). Visitado em 24 de agosto de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]