GNU IceCat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
GNU IceCat
Logótipo
Captura de tela
GNU IceCat 3.6 em um tema do personas para Firefox
Desenvolvedor Equipe Gnuzilla
Plataforma x86, x86-64, ppc e ppc64
Modelo do desenvolvimento Software Livre
Lançamento 13 de janeiro de 2008; há 349 semanas[1]
Versão estável 14.0 [2] (21 de agosto de 2012; há 108 semanas e 5 dias)
Idioma(s) Multilíngue
Sistema operacional GNU/Linux, Mac OS X
Gênero(s) Navegador
Licença GNU GPL/GNU LGPL/MPL
Estado do desenvolvimento Corrente
Tamanho Fonte: 44 MiB
Página oficial gnu.org/software/gnuzilla/

GNU IceCat (em português: Gato do Gelo), antigo GNU IceWeasel,[3] é um navegador livre, distribuído pelo projeto GNU. Ele é uma bifurcação do Mozilla Firefox. Ele é compatível com ambos sistemas operativos GNU/Linux e Mac OS X (10.4 e 10.5).

O projeto GNU almeja, com o IceCat, fornecer uma versão do navegador Mozilla Firefox sincronizada com o desenvolvimento principal do mesmo, enquanto que trabalhos artísticos e repositórios de plugins de código fechado usados nos lançamentos oficiais realizados pela Mozilla Corporation são removidos, o que é classificado como código fechado por certos defensores do software livre

Diferenças a partir do Firefox[editar | editar código-fonte]

O IceCat é totalmente software livre, já que ele remove os trabalhos artísticos não-livres. O serviço de busca de plugins também oferece apenas opções livres. O IceCat incluí recursos adicionais de segurança, como a opção de bloquear ficheiros de imagem vazios, que resultam em cookies de terceiros, também conhecidos como web bugs[4] (este recurso está disponível no Mozilla Firefox 1.0, 1.5, e 3.0, mas a opção de usuário não foi adicionada no 2.0).[4] O GNU IceCat também fornece avisos para redirecionamento de URL.[4]

Na versão 3.0.2-g1, o certificado da CAcert.org, uma autoridade de certificação, foi adicionado à lista de certificados raiz reconhecidos. Preocupações quanto a esta decisão foram levantadas na lista de e-mail savannah-hackers-public.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Origens do nome[editar | editar código-fonte]

A Mozilla Corporation é dona do registro comercial do nome Firefox e nega o uso do nome "Firefox" em compilações não oficiais que não sigam determinadas orientações.[6] A menos que as distribuições utilizem os ficheiros binários fornecidos pela Mozilla, elas saem das orientações, ou então possuem permissão especial, elas devem compilar a fonte do Firefox com uma opção do momento de compilação ativada, que cria binários sem a marcação oficial de Firefox e trabalhos artísticos relacionados, usando ambos trabalhos livres já contidos, ou trabalhos fornecidos no momento da compilação.[6]

Esta política levou a um longo debate no projeto Debian em 2004 e 2005. Durante este debate, o nome "GNU Iceweasel" foi cunhado para se referir às versões remarcadas do Firefox. O primeiro uso conhecido do nome neste contexto é foi feito por Nathanael Nerode,[7] em resposta a sugestão de Eric Dorland de "Icerabbit" (em português: Coelho do Gelo).[8] Entendi como paródia a "Firefox" (em português: Raposa do Fogo).[4] Iceweasel (em português: Doninha do Gelo) foi usado subsequentemente como o nome de exemplo para um Firefox remarcado na Política de Marcas Registradas da Mozilla,[6] e se tornou a denominação mais usada para uma versão remarcada hipotética do Firefox. Em 01 de Janeiro de 2005, a remarcação foi referida como a "rota GNU".[9]

O termo "ice weasel" apareceu mais cedo em uma frase que Matt Groening atribuíra fiticiamente a Friedrich Nietzsche: "Amor é uma corrida de snowmobile através da tundra e depois, subitamente, ele vira, prendendo você embaixo. À noite, as doninhas do gelo vem."[10]

O Debian recebeu, originalmente, permissão para usar as marcas registradas, e adotou o nome Firefox.[11] No entanto, pelos trabalhos no Firefox possuírem licenças de direitos autorais proprietárias que não é compatível com as Orientações de Software Livre do Debian, o logotipo substituído precisou permanecer.[12] Em 2006, a Mozilla revogou a permissão de uso do nome Firefox para o Debian devido a mudanças significativas no navegador que a Mozilla considerou fora dos limites da sua política, mudanças que o Debian considerava importantes a ponto de manter, e o Iceweasel foi revivido em seu lugar.

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

Em Setembro de 2005,[13] o projeto Gnuzilla adotou o nome de GNU IceWeasel para distribuir o Firefox[13] usando trabalhos artísticos livres.

O primeiro lançamento do Gnuzilla IceWeasel foi baseado na versão 1.5.0.4[14] do Mozilla Firefox. Não havia nenhum lançamento baseado no Firefox 1.5.0.5 ou 1.5.0.6. A versão anterior foi a 2.0.0.13-g1, lançada em Abril de 2008 (como GNU IceCat), e o ramal atual, baseado no Firefox 3, foi anunciado em 01 de Julho de 2008.[15] Os lançamentos geralmente ficam bem próximos com os do código-fonte do Mozilla Firefox.

Alteração do nome[editar | editar código-fonte]

Em 23 de Setembro de 2007, um dos desenvolvedores anunciou que o próximo lançamento seria marcado GNU IceCat. A razão dada foi a de que o Debian já estava utilizando o nome GNU Iceweasel para sua própria bifurcação remarcada do Firefox (desde 13 de Novembro de 2006), e para evitar confusões relacionadas ao fato de ambas bifurcações estarem utilizando nomes idênticos, mas se desenvolvendo de forma autônoma e independente.[3] A mudança ocorreu como previsto, e IceCat é o nome atual.[4]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

O GNU IceCat está disponível como descarregamento gratuito para a plataforma x86. Binários e código-fonte estão disponíveis. A compilação atual disponível é para GNU/Linux.

O IceCat também está disponível para Mac OS X 10.4 & 10.5. Qualquer usuário Mac com estas versões do Mac OS X podem instalá-lo através do Fink.

Para o Mac, ele está disponível para ambas plataformas x86 & PowerPC.

Licenciamento[editar | editar código-fonte]

O Gnuzilla está disponível sob o tri-licenciamento MPL/GPL/LGPL que a Mozilla usada para seu código-fonte. Diferentemente da Mozilla, os ícones padrão do IceCat estão sob o mesmo tri-licenciamento.

Google Summer of Code 2008[editar | editar código-fonte]

Houve sugestões para o Google Summer of Code de 2008, para aprimorar o GNU IceCat.[16] [carece de fontes?] Estas incluíam:

  • Portar o IceCar para a base de código do Firefox 3
  • Suporte maior a plugins livres como Gnash
  • Alterações nos recursos de privacidade

A proposta de portar o IceCat para a base de código do Firefox 3 foi aceita, sendo finalizada por Giuseppe Scrivano.[17]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:

Referências

  1. GNU IceCat 2.0.0.11-g1 released
  2. | GNU Project Archives
  3. a b Berry, Karl (2007-09-23). "Ice Weasel". bug-gnuzilla mailing list. http://lists.gnu.org/archive/html/bug-gnuzilla/2007-09/msg00004.html. Visitado em 2008-12-09. 
  4. a b c d e Gnuzilla Homepage.
  5. Berry, Karl (2008-10-07). "CAcert, GNU IceCat, and savannah". savannah-hackers-public mailing list. http://lists.gnu.org/archive/html/savannah-hackers-public/2008-10/msg00006.html. Visitado em 2008-12-09. 
  6. a b c Mozilla Trademark Policy.
  7. Nerode, Nathanael (2004-02-27). "Mozilla Firefox's icon and trademark". debian-legal mailing list. http://lists.debian.org/debian-legal/2004/02/msg00279.html. Visitado em 2008-12-09. 
  8. Dorland, Eric (2004-12-27). "Mozilla Firefox's icon and trademark". debian-devel mailing list. http://lists.debian.org/debian-devel/2004/02/msg01876.html. Visitado em 2008-12-09. 
  9. Aelwyn, Joel (2005-01-01). "Mozilla and Trademarks". debian-legal mailing list. http://lists.debian.org/debian-legal/2005/01/msg00010.html. Visitado em 2008-12-09. 
  10. Groening, Matt. Love Is Hell. [S.l.]: Pantheon Books, 1986. ISBN 0394744543
  11. Markham, Gervase (2005-07-14). "Ongoing Firefox (and Thunderbird) Trademark problems". debian-devel mailing list. http://lists.debian.org/debian-devel/2005/06/msg01182.html. Visitado em 2008-12-09. 
  12. Markham, Gervase (2005-06-19). "Firefox/Thunderbird trademarks: a proposal". debian-devel mailing list. http://lists.debian.org/debian-legal/2005/01/msg00757.html. Visitado em 2008-12-09. 
  13. a b Gnuzilla/IceWeasel Project Application.
  14. IceWeasel 1.5.0.4 Download location.
  15. Scrivano, Giuseppe (2008-07-01). "GNU IceCat 3.0". bug-gnuzilla mailing list. http://lists.gnu.org/archive/html/bug-gnuzilla/2008-07/msg00000.html. Visitado em 2008-07-02. 
  16. Summer of Code project suggestions for GNU. Página visitada em 2008-04-13.
  17. Google Code - Summer of Code - Application Information. Página visitada em 2008-08-07.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]