GOES 11

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde julho de 2013). Ajude e colabore com a tradução.
GOES-11
O GOES-L sendo preparado
Operação Estados UnidosNASA / NOAA
Tipo de missão Ciências da Terra
Contratante Space Systems/Loral
Satélite da Terra
Lançamento 3 de Maio de 2000 as 07:07:00 UTC
Local Estados UnidosEstação da Força Aérea de Cabo Canaveral, Flórida, Estados Unidos
Duração da missão 5 anos planejados 10+ anos efetivos
Massa 2.105 kg (4.640 lb)
NSSDC ID 2000-022A
Site oficial GOES
Elementos orbitais
Regime órbita geoestacionária
Longitude 104° Oeste (2000-2006)
135° Oeste (2006-2011)
Período orbital 24 horas

O GOES 11 (chamado GOES-L antes de atingir a órbita) foi um satélite Norte americano de pesquisas atmosféricas. Era operado pela NOAAe pela NASA, como parte do programa GOES.[1] Lançado em 2000, operou como "GOES-WEST" até 6 de Dezembro de 2011.[2] [3]

O projeto[editar | editar código-fonte]

O satélite GOES-L sendo lançado por um foguete Atlas IIA.

O GOES 11 foi construído pela Space Systems/Loral, baseado na plataforma de satélite LS-1300. Ele foi lançado por um foguete Atlas IIA[4] a partir da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida em 3 de Maio de 2000 as 07:07 GMT, depois de alguns adiamentos.[5] No lançamento, a sua massa era de 2.217 kg, com uma vida útil estimada de cinco anos apesar de levar combustível para mais.[6]

A missão[editar | editar código-fonte]

Ao ser levado à órbita da Terra, foi posicionado na longitude 104° Oeste para testes em órbita. Em 2006, ele foi movido para 135° Oeste[7] para substituir o GOES 10 que estava ficando sem combustível depois de ter excedido seu tempo de vida útil previsto em mais de seis anos[2] e porque o GOES 12 acabou entrando em serviço antes do GOES 11 para permitir o uso de novos instrumentos que ele carregava.[8]

Saida de serviço[editar | editar código-fonte]

Em 6 de Dezembro de 2011, o GOES 11 foi retirado de serviço e substituído pelo GOES 15. Em 15 de Dezembro de 2011, ele foi impulsionado 185 km acima da sua órbita de trabalho e foi oficialmente desativado.[3]

Referências

  1. GOES-10 The GOES Program - ESE 40th Anniversary. NASA. Página visitada em 2009-08-15.
  2. a b GOES-NEWS NASA (2009-05-09). Página visitada em 2009-07-09.
  3. a b NOAA activates GOES-15 satellite; deactivates GOES-11 after nearly 12 years in orbit NOAA. Página visitada em December 7, 2011.
  4. Wade, Mark. FS 1300 Encyclopedia Astronautica. Página visitada em 2009-07-09.
  5. McDowell, Jonathan. Launch Log Jonathan's Space Page. Página visitada em 2009-07-09.
  6. Krebs, Gunter. GOES 8, 9, 10, 11, 12 Gunter's Space Page. Página visitada em 2009-07-09.
  7. GOES 11 Spacecraft Status Summary NOAA. Página visitada em 2009-07-09.
  8. GOES-M Status NOAA. Página visitada em 2009-07-09.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

 
Search Wikimedia Commons
   Wikimedia Commons tem media  relacionada com a (categoria):
Ícone de esboço Este artigo sobre satélites é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.