Gabber (música)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gabber
Origens estilísticas Hardcore techno
Contexto cultural Início de 1990s, Países Baixos
Instrumentos típicos Teclado, sintetizadores, caixa de ritmos, sequenciador, sampler
Popularidade Moderada

O Gabber é um sub-gênero de Hardcore techno que tem sua origem em Roterdã (Holanda). Ainda no final dos anos 1980, uma variação de house de Detroit primeiro chegou a Amesterdã, mas foi produtores e DJs de Roterdã que desenvolveram um "harder house" que serviu como base para o Gabber. Então pode-se dizer que Gabber é uma evolução do harder house.

O som específico de Roterdã, foi também criado como uma reação à cena house de Amesterdã, que foi visto como mais "esnobe e pretensiosa".

Gabber é caracterizado pelo seu som do tambor, trabalhado de sobremaneira até ficar pesado. Ao fazer um semicorte em uma amostra de onda senoidal, se obtém uma onda quadrada de tom baixo. Devido a esta distorção, o mesmo tambor pode ser modificado para desenvolver um tom melódico.

Além disso pode-se trabalhar diversos outros efeitos, englobando batidas mais rápidas e altamente distorcidas, groves, reverberações ao extremo, sons sintetizados, montagens com trechos de outras músicas sampleadas, etc ...

Violência, drogas e temas subversivos são encontrados em letras de músicas gabber, exatamente como no hardcore.

Outra característica marcante é a quantidade de batidas por minuto, que geralmente variam de 180 até 280. Seria, genericamente falando, o hardcore do hardcore.

Gabber é uma palavra holandesa que significa literalmente "amigão" ou "amigo". e também é escrita como GABBA.