Gabriel Byrne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gabriel Byrne
Gabriel Byrne, em 2010
Nome completo Gabriel James Byrne
Nascimento 12 de maio de 1950 (64 anos)
Dublin, Irlanda
Nacionalidade República da Irlanda Irlandês
Ocupação ator


Gabriel James Byrne [1] (Dublin, 12 de maio de 1950) é um ator, realizador, produtor e escritor irlandês, mais conhecido por interpretar o diabo no filme Fim dos Dias e por atuar nos filmes O Homem da Mascara de Ferro, Adoraveis Mulheres, Navio Fantasma, The Usual Suspects e Stigmata. Mais recentemente, a sua actuação como o Dr. Paul Weston na série televisiva Terapia tem sido aclamada pelos críticos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primogênito de uma família de seis filhos, Gabriel Byrne nasceu e cresceu em Dublin, filho de um tanoeiro, Dan e de uma enfermeira, Eileen.[2] [3] Durante a infância, passou cinco anos em um seminário, estudando para se tornar padre.[4] Sem dar prosseguimento a vida de seminarista, mais tarde, veio a se formar em Arqueologia e Línguas, na Universidade de Dublin.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Antes de descobrir sua paixão pela atuação, Byrne chegou a trabalhar como arqueólogo, cozinheiro e como toureiro.[2]

Aos 29 anos de idade ingressou no Focus Theatre, dando início à carreira de ator, nos palcos de teatro. Depois, juntou-se ao Royal Court Theatre e, subsequentemente, ao Royal National Theatre. Estreou na televisão em 1978, quando fez apenas algumas participações durante as duas últimas temporadas da telenovela The Riordans. Logo em seguida, porém, passou a ser o astro de sua própria telenovela, estrelando em Bracken.

Em 1981, na pele de Uther Pendragon, conseguiu o primeiro papel no cinema, atuando em Excalibur, um clássico de John Boorman.

Seus trabalhos seguintes, junto a diretores renomados, como Costa-Gravas e Michael Mann, acabariam por levá-lo a alçar voôs mais longíquos.

Em 1985, atuando em Em Defesa da Verdade, Byrne foi apresentado ao público estadunidense e, dois anos mais tarde, o ator já passaria a morar nos Estados Unidos da América.

Durante as filmagens de Marcas de uma Paixão, de 1987, Byrne conheceu Ellen Barkin, com quem viria a se casar no ano seguinte. Tiveram dois filhos e, em 1993, separaram-se, de forma bastante amigável.

Em 1990, estrelando em Ajuste Final, dos irmãos Coen, Byrne passou a ser mais reconhecido pela audiência.

Nos anos que se seguiram, além de continuar atuando, também passou à produção de filmes, como em 1993, quando foi o produtor executivo de Em Nome do Pai. Então, em 1995, encabeçando o elenco The Usual Suspects, Byrne viu sua carreira decolar devido ao enorme sucesso do filme. Seguiu atuando em grandes produções, tais como O Homem da Máscara de Ferro, Stigmata.

Em 1999, interpretou o diabo no sucesso de biilheterias, Fim dos Dias, alcançando mais sucesso em sua carreira.

Com a carreira já consolidada, Byrne deixou os blockbusters de lado, e tornou a optar por filmes independentes, tais como Feira das Vaidades, Segunda Chance e A Ponte de San Luis Rey.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

No cinema
Na televisão
  • Vikings (2013)
  • In Treatment (2008-2010)
  • Madigan Men (2000)
  • Weapons of Mass Destruction (Os Rivais) (1997)
  • Buffalo Girls (Buffalo Girls - As Últimas Pistoleiras do Oeste) (1995)
  • All Things Bright and Beautiful (Todas as Coisas São Belas) (1994)
  • Christopher Columbus (Cristóvão Colombo) (1985)
  • Bracken (1978)
  • The Riordans (1978)

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Gabriel Byrne já foi lembrado, e também premiado, em outros festivais de cinema, pelo mundo a fora.

66º Golden Globe Awards
  • Vencedor Melhor Ator Principal em uma Série Dramática por In Treatment
Australian Film Institute (Austrália)
  • Indicado na categoria de melhor ator por Jindabyne (2006)
Fantasporto (Portugal)
  • Venceu na categoria melhor ator por Gótico (1986)
IFTA Awards (Irlanda)
  • Indicado na categoria de melhor ator por Jindabyne (2006)
  • Indicado na categoria de melhor ator por A Conquista da Liberdade (2005)
Jacob's Awards (Irlanda)
  • Venceu na categoria de melhor ator em série de televisão dramática por Bracken (1978)
Satellite Awards (EUA)
  • Indicado na categoria de melhor ator em minissérie ou filme para televisão por Os Rivais (1997)

Referências

  1. Site oficial de Gabriel Byrne
  2. a b Gabriel Byrne Biography (1950-) Filmreference.com. Visitado em 2010-08-14.
  3. "Gabriel Byrne: Baring his soul on the small screen", The Times, 2008-12-14.
  4. Mottram, James. "Gabriel Byrne: Not one of the usual suspects", Belfast Telegraph, 2007-05-21. Página visitada em 2012-05-12. “"I'm what they call a recovering Catholic."”
  5. Enough Rope episode 78 ABC Australia, 23 de Maio de 2005. Página acedida em 12 de Maio de 2012.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Barton, Ruth, Acting Irish in Hollywood: from Fitzgerald to Farrell, Irish Academy Press, 2006, p. 163-179, ISBN 0-7165-3344-8

Grunert, Andrea, "La lumière derrière le masque: une approche du jeu de Gabriel Byrne", in: Penny Starfield (ed.) Masque et lumière, Corlet [France]2006, p. 222-229. ISBN 2-84706-122-3.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]