Gabriela Spanic

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gabriela Spanic Total)
Ir para: navegação, pesquisa
Gabriela Spanic
Nome completo Gabriela Elena Spanic Utrera
Apelido(s) Gaby,
Nascimento 10 de Dezembro de 1973 (40 anos)
Ortiz, Guárico
 Venezuela
Ocupação atriz,modelo,cantora
Cônjuge Miguel de León (1997-2003)
Neil Perez (2007) - (2008)
Página oficial
IMDb: (inglês)


Gabriela Elena Spanic Utrera (Ortiz, 10 de dezembro de 1973) é uma atriz, cantora, empresária e modelo venezuelana. É reconhecida pelos seus trabalhos no México. Ficou mundialmente conhecida por interpretar as gêmeas Paola Bracho e Paulina Martins em La Usurpadora.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida e criada em Ortiz, na Venezuela, Seu pai, Casimiro Spanic, um venezuelano que ainda pequeno voltou ao país dos seus pais e quando maior emigrou junto com eles da Croácia de volta para a Venezuela, em 1947. Sua mãe se chama Norma Utrera e é venezuelana. Gabriela tem uma irmã gêmea idêntica, altualmente modelo, Daniela Spanic. Seu irmão do meio é Antonio e a mais jovem se chama Patrícia.[1]

Gabriela sempre gostou de teatro e cinema, desejando ser atriz desde cedo. Na adolescência fez muitos cursos, como os de moda e fotografia, também estudou atuação, técnicas de aperfeiçoamento de voz e canto. Gaby, foi considerada a atriz mais poderosa latina do mundo e a melhor atriz.

A atriz estudou teatro no Centro de Investigação Teatral Luz Columba com o renomado professor Nelson Ortega. Gabriela fez curso superior, e cursou o 1º e 2º semestre de Psicopedagogia na Universidade Aberta de Caracas.[2]

É mãe de um menino chamado Gabriel, nascido no ano de 2008.

Carreira[editar | editar código-fonte]

1991 - 1998: Miss Venezuela e La Usurpadora[editar | editar código-fonte]

Fazendo cursos de teatro, começou a atuar na TV em comerciais e em papéis de figurante. Em 1992, com 18 anos, Gabriela participou do concurso de Miss Venezuela Internacional representando o Estado de Guárico, aonde ganhou o título de "Melhor Corpo".

Sua carreira de atriz começou na Venezuela, onde atuou pela primeira vez em Mundo de Fieras, em 1991. Depois de alguns trabalhos no país, mudou-se para o México, onde, em 1998, protagonizou La Usurpadora e despontou no papel de Paola e Paulina e afirma ser a sua melhor novela, na rede de TV mexicana Televisa, junto de Fernando Colunga. O sucesso foi tamanho que a novela bateu recordes de público, sendo exibida em 120 países e traduzida em mais de 25 idiomas. Esta foi a primeira novela de Gabriela transmitida no Brasil pelo canal aberto SBT e obteve um estrondoso sucesso, alcançando a marca de 19 pontos na audiência.

Gabriela visitou o Brasil no período em que a novela estava sendo apresentada pela primeira vez no SBT. Ela participou de vários programas da emissora, como o Domingo Legal, Hebe, Em Nome do Amor, Programa do Ratinho e De Frente com Gabi e gravou um comercial para o Baú da Felicidade, além também, de fazer chamadas para a estréia da novela O Privilégio de Amar, que sucederia A Usurpadora. A novela foi reprisada em 2000, 2005, 2007 e 2012.

1999 - 2008: La Intrusa e Total[editar | editar código-fonte]

Em 1999 encara um novo estilo cênico na telenovela Por Tu Amor. Em 2001 grava La Intrusa ao lado dos atores mexicanos Arturo Peniche, com quem já atuou na novela A Usurpadora, e Sergio Sendel, fazendo agora o papel das gêmeas Virgínia e Vanessa. Um diferencial entre as primeiras gêmeas que interpretou e essas é que as duas se amavam e se respeitavam.

Após mais alguns trabalhos no México, em 2003 foi para a Colômbia contratada pelo canal Telemundo para protagonizar a novela La Venganza, ao lado de José Ángel Llamas. Interpretou Valentina Díaz, uma boxeadora que desconhece seu passado. A novela foi o marco de entrada da Telemundo no meio produtor de telenovelas e foi vendida para mais de 40 países.[2] Ainda pelo canal Telemundo, Gabriela grava outra novela, como Guadalupe na novela Prisionera.

Em 2005 tornou-se empresária e lançou na Europa seu primeiro álbum, intitulado Gabriela Spanic: Total.

Em 2006, ainda contratada da Telemundo, Gaby protagonizou a novela Tierra de Pasiones, interpretando Valéria San Roman, a rica empresária do mundo dos vinhedos da Califórnia, de caráter forte e batalhador. Com esse papel, Gaby conquistou o prêmio FAMA 2006, da revista FAMA, CNN en Español e GM, na categoria de melhor atriz do ano nos Estados Unidos. Gaby foi eleita pelos como a atriz latina mais poderosa.

2009 - 2012: Soy Tu Dueña e mudança de emissora[editar | editar código-fonte]

Logo ao final de 2009 Gabriela voltou ao México, fazendo aumentar as especulações de que poderia voltar as telenovelas mexicanas após 9 anos de afastamento. Naquele mesmo ano, a emissora Televisa a chamou para participar da nova telenovela do produtor Nicandro Díaz González, intitulada de Soy Tu Dueña. Se especulou muito que ela seria a protagonista ao lado de Fernando Colunga após 13 anos, para repetir o êxito de La Usurpadora, todavia, seu papel foi de antagonista.

Em 2011, a atriz firmou contrato de cinco anos com a emissora mexicana Azteca. Sua primeira novela na emissora foi Emperatriz, interpretando a personagem titulo. Em 2012 gravou a telenovela La Otra Cara Del Alma ao lado de Eduardo Capetillo e Michelle Vieth , onde protagoniza o papel da vilã Alma. Em 2014, fez uma participação especial na telenovela Siempre Tuya Acapulco, vivendo uma fiscal linha-dura. No mesmo ano, lança seu segundo álbum, En Carne Viva, que mistura músicas inéditas com regravações de outras.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Aos 15 anos Gabriela teve seu primeiro namorado, de nome Angel. O namoro foi interrompido bruscamente dois anos depois com a morte prematura do rapaz em um acidente. Com sua morte adveio a depressão de Gabriela que se isolou por 1 ano. Após este período conheceu o ator Jonny, com quem começou a namorar e após 5 anos juntos, se separaram. Aos 24 anos conheceu o Miguel de León. Eles se conheceram trabalhando em novelas e com apenas 1 ano de namoro, em 1997, foram morar juntos. Em 2002 os desentendimentos entre o casal aumentaram e veio a separação.

No mesmo ano de sua separação, Gabriela se envolveu com seu colega de trabalho José Ángel Llamas. Eles namoraram por quase 2 anos, mas com os ciúmes excessivos do namorado o relacionamento chegou ao fim. Gabriela chegou a acusá-lo de ameaçá-la e de agredi-la física e verbalmente. Meses depois da separação, conheceu John Cusack, um ator americano. Eles namoraram por alguns meses e terminaram.

Após quatro anos sem relacionamentos oficiais, apenas focada no trabalho, conheceu em 2007 o empresário venezuelano Neil Perez. O casal começou a namorar e poucos meses depois foram morar juntos. O casal sempre brigou muito em razão do ciúmes excessivo de Neil que chegava a humilhar e agredir fisicamente a atriz, a proibindo de sair com seus amigos e exercer sua profissão. Após um ano de convivência, Gabriela descobriu estar grávida. Neil não aceitou a gestação e obrigou Gabriela a abortar, mas ela se recusou. Com 5 meses de gravidez, as brigas violentas aumentaram entre o casal, e Neil passou a acusá-la de infiel, e chegou a negar a paternidade do bebê. Gabriela saiu de casa grávida, desesperada e em depressão, voltou para a casa da mãe. O ex- marido passou a persegui-la e ameaçá-la de morte, caso não voltasse para ele, mas Gabriela não retomou a convivência conjugal. Em 7 de julho de 2008, na cidade de Miami, nasceu Gabriel de Jesus Spanic, pesando 3,100 kg, e medindo 57 cm. No Hospital Mont Sinai de Miami Beach, no sul da Flórida, USA..[3] O bebê nasceu com um sopro cardíaco, porém os médicos relataram ser o problema autocurável e de pouca gravidade, não o impedindo de desenvolver uma vida saudável e normal.

Após o nascimento do filho, o ex-marido passou a procurá-la para ver o filho, porém Gabriela não deixou, já que ele não quis assumir o bebê, não tinha direito de conhecê-lo. Com raiva, Neil exigiu um exame de DNA para Gabriela. Indignada com o pedido, Gabriela negou-se a realizar o exame e chegou a afirmar que se Neil realmente quisesse ter algum contato com o filho e reconhecê-lo, teria de procurar seus direitos na Justiça. O pai da criança jamais procurou a justiça e nem sequer chegou a conhecê-lo. Atualmente, Gabriela cria o filho com ajuda de sua mãe.

A atriz revelou sua intenção de contar toda sua história a seu filho quando este tiver idade suficiente para entender o que aconteceu. Em 2009 começou a namorar o produtor brasileiro Frederico Lapenda, porém devido a distância o relacionamento findou-se. Em 2011 se envolveu com Carlos ou Duanne Thomas seu verdadeiro nome, e depois de um curto período descobriu que ele era casado, e tinha duas filhas. Atualmente, Gabriela está solteira e afirma que o único homem da sua vida é seu filho Gabriel.

Polêmicas[editar | editar código-fonte]

Apesar da grande admiração do público, Gaby vem passando por algumas polêmicas. A primeira em razão ao distanciamento com sua irmã gêmea. Trocas de ofensas a parte, o que parece ser o principal problema entre as irmãs, que passaram a infância e adolescência unidas, é o marido de Daniela, Ademar Nahum. Gabriela já o acusou de bater em Daniela, entretanto, esta negou as acusações e afirmou que a irmã não é vilã apenas nas novelas, mas também na vida real.

A mágoa de Daniela, especula-se, advir do problema de saúde que lhe acometeu durante a gravidez de sua filha Catalina. No quarto mês de gestação, Daniela sofreu um derrame e passou vários dias em coma. Ela afirma que neste período Gabriela ia a mídia expôr seus sentimentos pela irmã, todavia, não demonstrou preocupação suficiente nem para visitá-la no hospital.

Após a recuperação de Daniela e o nascimento da sobrinha, as irmãs pararam de se falar. O marido de Daniela não quer aproximação com Gabriela e já a ameaçou com processos judiciais em razão das declarações da mesma à imprensa quanto a ele e sua esposa.

A segunda ocorreu em 19 de agosto de 2010 quando sua assistente pessoal, a argentina María Celeste Fernández Babio, foi presa no México sob a acusação de envenenar a atriz, sua mãe, seu filho, a sobrinha, a assessora de imprensa e a babá contratada pela família, durante quatro meses com cloreto de amônio. Todos os envenenados fizeram tratamento para desintoxicação e se estima que jamais serão 100% saudáveis novamente. A atriz teve complicações em razão do envenenamento e teve de ser internada às pressas em estado grave, durante as gravações da novela Soy tu dueña.

A batalha nos tribunais ainda está ocorrendo. Celeste ficou presa por poucos meses em razão do envenenamento, porém pouco depois de ser solta foi presa novamente em razão de estar vivendo no México ilegalmente. Como já afirmado, Celeste é argentina e nunca regularizou sua estada no país.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Titulo Personagem Canal
1991 Mundo de Fieras
Venevision
La Loba Herida
1992 Divina Obsesión
Rosangélica Carla
1993 Morena Clara Linda Prado
1994 María Celeste Celina Hidalgo
Como Tú, Ninguna Gilda Barreto
Raquel Sandoval
1996 Quirpa de tres mujeres Emiliana Echeverría Salazar
1997 Todo por tu amor Amaranta Rey
1998 La Usurpadora Paulina Martins
Televisa
Paola Bracho
1999 Por Tu Amor Maria del Cielo Montalvo
2001 La Intrusa Virginia Martínez Roldán
Vanessa Martínez Roldán
2002 La Venganza Valentina Díaz
Telemundo
Helena Fontana
Valentina Valerugo Fontana
2004 Prisionera Guadalupe Santos
2005 Decisiones Daniela
2006 Tierra de Pasiones Valeria San Román
2010 Soy Tu Dueña Ivana Dorantes Rangel
Televisa
2011 Emperatriz Emperatriz Jurado
TV Azteca

Tv Azteca

2012

2014

La Otra Cara Del Alma

Siempre Tuya Acapulco

Alma Hernández Quijano

Fernanda Montenegro

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2005: Gabriela Spanic: Total
  • 2014: En Carne Viva

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Año Premiação Categoría Telenovela Resultado
1999 Prêmios TVyNovelas Melhor Atriz La usurpadora Indicado
2000 Por tu amor Indicado
2006 Prêmio FAMA Melhor Atriz Tierra de Pasiones Venceu

Referências

  1. Biografia
  2. a b Biografia web.archive.org. Visitado em 11 de abril de 2012. Cópia arquivada em 27 de dezembro de 2005.
  3. [1]