Gaither Vocal Band

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gaither Vocal Band
Bill Gaither - Oslo - 2008.JPG
Bill Gaither, fundador do grupo, durante turnê em Oslo, Noruega.
Informação geral
Nome completo The Gaither Vocal Band
Também conhecido(a) como GVB
Origem Nashville
País  Estados Unidos
Gênero(s) Gospel
Southern gospel
Country gospel
Música cristã contemporânea
Período em atividade 1980 - atualmente
Gravadora(s) Dayspring
Word Nashville
Star Song
Benson
Chapel
Spring Hill
Gaither Music Group
Integrantes Bill Gaither
Todd Suttles
Adam Crabb
Wes Hampton
David Phelps
Ex-integrantes Lee Young
Steve Green
Gary McSpadden
Jon Mohr
Larnelle Harris
Lemuel Miller
Jim Murray
Terry Franklin
Buddy Mullins
Guy Penrod
Russ Taff
Marshall Hall
Mark Lowry
Michael English

The Gaither Vocal Band (ou simplesmente Gaither Vocal Band) é um grupo musical vocal norte-americano de música gospel, em contínua atividade desde 1981. Desde seu primeiro álbum, o grupo trabalhou sempre como quarteto masculino (baixo, barítono, segundo tenor e primeiro tenor), porém desde o início de 2009, o grupo passou a contar com mais uma voz (outro primeiro tenor), passando a ser então um quinteto.[1] O grupo, comumente referido pelo acrônimo GVB, é formado atualmente pelos cantores: Bill Gaither, Adam Crabb, Todd Suttles, Wes Hampton e David Phelps.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Bill Gaither é um cantor e compositor de longa tradição na música gospel americana. Por muitos anos, gravou diversos álbuns solos, além de muitos outros com grupos como The Gaithers e The Bill Gaither Trio, composto por seus parentes. Bill costuma afirmar com frequência que o Gaither Vocal Band foi formado em 1981. Na verdade, ele foi criado um ano antes, no afã do momento antes de uma apresentação do Gaither Trio, com a música "First Day in Heaven".[2] A formação original era composta por Bill Gaither, Gary McSpadden (na época, componente do Gaither Trio), Steve Green e Lee Young (na época, backing vocals do Gaither Trio).

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Em 1981, foi lançado o primeiro álbum do quarteto homônimo ("The New Gaither Vocal Band"). O nome "Vocal Band" foi sugerido por Steve Green, prevendo a possibilidade de ter seu número de componentes variados, diferentemente do Bill Gaither Trio.[2] Um ano depois, Lee Young deixou o quarteto, e Jon Mohr ocupou seu lugar como baixo. Com esta formação, foi gravado o álbum "Passin' the Faith Along". Logo após, Steve Green também deixou o quarteto e o primeiro tenor Larnelle Harris o substituiu. O grupo gravou o álbum "New Point of View" pouco antes da saída de Jon Mohr.

O grupo então passou por uma reformulação em 1985, após perceberem a mudança gradual do repertório para músicas com tons mais altos.[2] Bill Gaither deixou seu lugar como barítono e passou a fazer o papel de baixo (embora não fosse denominado desta maneira à época). Gary McSpadden assumiu o papel anterior de Bill como barítono e em seu lugar foi chamado o segundo tenor Michael English. A esta altura o New Gaither Vocal Band era realmente um novo grupo, bem distinto do original. Ironicamente, neste tempo o termo New (do inglês, "novo") foi retirado, e o quarteto passou a ser conhecido apenas como "Gaither Vocal Band".

Esta formação lançou o álbum "One X 1" em 1986, que seguiu novas tendências, embora o New Point of View já possuísse características mais contemporâneas que seus predecessores. Larnelle deixou o grupo e foi substituído por Lemuel Miller (que não chegou a gravar um álbum com o quarteto). Logo após, no lugar deste foi chamado Jim Murray. Esta formação gravou apenas um álbum, "Wings", antes de Gary McSpadden abandonar o grupo, em 1988, para dedicar-se à carreira solo. O comediante e cantor Mark Lowry foi então convidado para o substituir. Embora Mark admitisse não ter características inatas nem a experiência de um cantor de quarteto (tendo dificuldades até em trabalhar as harmonias nos ensaios)[2] encaixou-se bem às características do GVB, e rapidamente sua voz adaptou-se a seu papel no grupo. Em 1990, gravaram o álbum "A Few Good Men"

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Em 1991, um novo álbum, chamado "Homecoming" foi produzido com a possibilidade de ser o álbum final do Gaither Vocal Band. Porém os fãs do southern gospel receberam o projeto com grande entusiasmo, incentivando-os a prosseguir. Nos anos seguintes, os álbuns ""Peace Of The Rock" e "Southern Classics" mantiveram o sucesso do grupo junto à base de fãs cada vez maior que se solidificava. Neste último álbum, Terry Franklin participa da gravação no lugar de Jim Murray, que a esta altura havia deixado o GVB.

Logo após, em 1994, Michael English decide concentrar-se em sua carreira solo que deslanchava. Buddy Mullins concorda em ocupar a vaga deixada enquanto pudesse continuar contribuindo concomitantemente com o grupo de sua família (Mullins & Co., depois renomeado para Sunday Drive), chegando a gravar o álbum "Testify", planejado inicialmente para ter a participação de English. No mesmo ano, Terry Franklin deixou o GVB e foi substituído por Jonathan Pierce. Em 1995 Guy Penrod se junta ao grupo, assim Mullins volta a se concentrar em seu ministério familiar. A nova formação grava os álbuns "Southern Classics: Volume II", e dois anos depois, "Back Home in Indiana".

Popularidade solidificada[editar | editar código-fonte]

No ano de 1997, logo após o lançamento do álbum "Lovin´God & Lovin´Each Other" Bill Gaither coloca David Phelps como primeiro tenor, após a saída de Pierce. O quarteto formado por David Phelps, Guy Penrod, Mark Lowry e Bill Gaither, que durou até 2001, lançou os álbuns "Still The Greates Story Ever Told", "God is Good" e "I Do Believe", um dos preferidos dos fãs. Mark Lowry então decide se dedicar a sua carreira solo como cantor/comediante e Russ Taff assumiu o posto de barítono, permanecendo até 2004, quando em seu lugar entrou Marshall Hall. Um ano depois, Wes Hampton substituiu Phelps, que também se dedicou à sua carreira solo. Essa formação gravou três álbuns, "Give It Away", também um dos preferidos dos fãs, "Lovin' Life" e "Gaither Vocal Band Christmas Style", o primeiro em 2006 e os dois últimos em 2008.

Em julho de 2008, foi gravado um DVD duplo nos estúdios do Gaither Vocal Band reunindo todos os membros e ex-membros do GVB (com exceção de Lemuel Miller, Terry Franklin e Jonathan Pierce), sendo lançado em janeiro de 2009. Os álbuns derivados do DVD alcançaram o topo das paradas cristãs norte-americanas em fevereiro de 2009.

Em outubro de 2008, Guy Penrod anunciou que em breve deixaria o quarteto, tendo sido substituído nas apresentações por Jason Crabb e Reggie Smith durante algum tempo.

Em 2009, houve uma nova reformulação (do até então quarteto) para a formação atual: Bill Gaither, Mark Lowry, Michael English, David Phelps e Wes Hampton. Assim, o Gaither Vocal Band tornou-se um quinteto pela primeira vez em sua história. Até abril de 2009, mesmo após algumas apresentações iniciais, não se percebia uma divisão clara de naipes no grupo (com frequência, os tenores intercalam suas vozes de acordo com a música).

Sucesso[editar | editar código-fonte]

Durante os anos 1990 e os primeiros anos do século XXI, o Gaither Vocal Band trabalhou a arte de misturar clássicos do southern gospel com o country gospel e o inspirational. Isto deu a eles uma base fiel de fãs, ultrapassando os domínios de seu público-alvo comum.

Apesar da imensa popularidade do GVB (em grande parte devido às inúmeras participações nos vídeos da série "Homecoming Friends", ao lado de grandes expoentes da música gospel norte-americana) e de um repertório extenso de músicas bastante conhecidas dos ouvintes de música gospel, o grupo raramente conseguiu alcançar grandes posições nas paradas musicais tradicionais dos Estados Unidos.

Grande parte de seu repertório é composto por composições do próprio Bill Gaither e sua mulher Gloria Gaither, além de sua filha Suzanne Jennings, embora cantem rotineiramente antigos hinos e outros clássicos do meio gospel.

Algumas das canções mais conhecidas e aclamadas do Gaither Vocal Band são: "When We All Get Together With The Lord", "Hide Thou Me", "Low Down The Chariot", "I Heard It First On The Radio", "Second Fiddle", "There Is A River", "A Few Good Men", "He Touched Me", "Good, Good News", "Alpha And Omega", "Can't Stop Talkin' About Him", "The Love of God", "Daystar", "My Lord And I", "The Baptism Of Jesse Taylor", "Knowing You'll Be There", "Lord, Feed Your Children", "I Believe In A Hill Called Mount Calvary", "Loving God, Loving Each Other", "The King Is Coming", "I'll Worship Only At The Feet Of Jesus", "O Love That Wilt Not Let Me Go", "At The Cross", "A Picture Of Grace", "He Will Carry You", "I Bowed On My Knees", "John The Revelator", "Yes, I Know", "Let Freedom Ring", "Oh, What A Time", "Sinner Saved By Grace", "Mary, Did You Know?", "Journey To The Sky", "Satisfied", "Passin' The Faith Along", "Home", "These Are They", "Jesus On The Mainline", "Build An Ark", "I'll Tell It Wherever I Go", entre tantas outras.

Homecoming Tour Brazil 2011[editar | editar código-fonte]

A primeira turnê no Brasil ocorreu em 2011, iniciando em Campo Grande no dia 30 de março, em Cachoeira no dia 31, e finalizando em São Paulo no dia 1 de abril. A apresentação final aconteceria em Maringá porém, devido a atrasos e problemas no traslado, foi cancelada.[3] Wes Hampton afirmou em seu blog que este foi o primeiro cancelamento de uma apresentação de Bill Gaither em 48 anos de carreira.[4]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

O GVB foi agraciado com inúmeras premiações dos mais diversos representantes da música em todo o mundo. Dentre os que mais se destacam estão dois Grammys e 16 prêmios da Gospel Music Association.

Grammy Awards[editar | editar código-fonte]

Dois prêmios na Categoria Melhor Álbum de Southern Gospel:[5]

  • 1991 - Homecoming
  • 2008 - Lovin' Life

GMA Dove Awards[editar | editar código-fonte]

Oito prêmios de "Álbum do Ano" e sete prêmios de "Canção do Ano", na categoria Southern Gospel:[6]

Álbum do Ano
  • 1992 - Homecoming
  • 1994 - Southern Classics
  • 1999 - Still The Greatest Story Ever Told
  • 2000 - God Is Good
  • 2001 - I Do Believe
  • 2007 - Give It Away
  • 2009 - Lovin' Life'
  • 2010 - Reunited[7]
  • 2011 - Greatly Blessed
Canção do Ano
  • 1994 - Satisfied
  • 1995 - I Bowed On My Knees
  • 1999 - I Believe In A Hill Called Mount Calvary
  • 2001 - God Is Good All The Time
  • 2002 - He's Watching Me
  • 2007 - Give It Away
  • 2011 - Better Day

Membros atuais e ex-membros[editar | editar código-fonte]

Cantores de todas as formações do Gaither Vocal Band:


1ª Formação (1980-1982)

  • 1º Tenor - Steve Green
  • 2º Tenor - Gary McSpadden
  • Barítono - Bill Gaither
  • Baixo - Lee Young

2ª Formação (1982-1983)

  • 1º Tenor - Steve Green
  • 2º Tenor - Gary McSpadden
  • Barítono - Bill Gaither
  • Baixo - Jon Mohr

3ª Formação (1983-1985)

  • 1º Tenor - Larnelle Harris
  • 2º Tenor - Gary McSpadden
  • Barítono - Bill Gaither
  • Baixo - Jon Mohr

4ª Formação (1985-1987)

  • 1º Tenor - Larnelle Harris
  • 2º Tenor - Michael English
  • Barítono - Gary McSpadden
  • Baixo - Bill Gaither

5ª Formação (Somente em 1987)

  • 1º Tenor - Lemuel Miller
  • 2º Tenor - Michael English
  • Barítono - Gary McSpadden
  • Baixo - Bill Gaither

6ª Formação (1987-1988)

  • 1º Tenor - Jim Murray
  • 2º Tenor - Michael English
  • Barítono - Gary McSpadden
  • Baixo - Bill Gaither

7ª Formação (1988-1992)

  • 1º Tenor - Jim Murray
  • 2º Tenor - Michael English
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

8ª Formação (1992-1994)

  • 1º Tenor - Terry Franklin
  • 2º Tenor - Michael English
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

9ª Formação (1994-1995)

  • 1º Tenor - Jonathan Pierce
  • 2º Tenor - Buddy Mullins
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

10ª Formação (1995-1997)

  • 1º Tenor - Jonathan Pierce
  • 2º Tenor - Guy Penrod
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

11ª Formação (1997-2001)

  • 1º Tenor - David Phelps
  • 2º Tenor - Guy Penrod
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

12ª Formação (2001-2004)

  • 1º Tenor - David Phelps
  • 2º Tenor - Guy Penrod
  • Barítono - Russ Taff
  • Baixo - Bill Gaither

13ª Formação (2004-2005)

  • 1º Tenor - David Phelps
  • 2º Tenor - Guy Penrod
  • Barítono - Marshall Hall
  • Baixo - Bill Gaither

14ª Formação (2005-2008)

  • 1º Tenor - Wes Hampton
  • 2º Tenor - Guy Penrod
  • Barítono - Marshall Hall
  • Baixo - Bill Gaither

15ª Formação (2008)

  • 1º Tenor - Wes Hampton
  • 2º Tenor - Jason Crabb
  • Barítono - Marshal Hall
  • Baixo - Bill Gaither

16ª Formação (2009-2014)

  • 1º Tenor - David Phelps
  • 2º Tenor - Michael English
  • 1º Tenor - Wes Hampton
  • Barítono - Mark Lowry
  • Baixo - Bill Gaither

17ª Formação (2014-atualmente)

  • 1º Tenor - David Phelps
  • 1º Tenor - Wes Hampton
  • 2º Tenor - Adam Crabb
  • Barítono - Bill Gaither
  • Baixo - Todd Suttles

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbum Ano Componentes Gravadora
The New Gaither Vocal Band 1981 Bill Gaither, Steve Green, Gary McSpadden, Lee Young Dayspring
Passin' The Faith Along 1983 Bill Gaither, Steve Green, Gary McSpadden, Jon Mohr Dayspring
New Point of View 1984 Bill Gaither, Gary McSpadden, Jon Mohr, Larnelle Harris Dayspring
One X 1 1986 Bill Gaither, Gary McSpadden, Larnelle Harris, Michael English Word Nashville
Wings 1988 Bill Gaither, Gary McSpadden, Michael English, Jim Murray Star Song
A Few Good Men 1990 Bill Gaither, Michael English, Jim Murray, Mark Lowry Star Song
Homecoming 1991 Bill Gaither, Michael English, Jim Murray, Mark Lowry Star Song
Peace of the Rock 1993 Bill Gaither, Michael English, Mark Lowry, Terry Franklin Star Song
Southern Classics 1993 Bill Gaither, Michael English, Mark Lowry, Terry Franklin Benson
Testify 1995 Bill Gaither, Mark Lowry, Buddy Mullins, Jonathan Pierce Chapel
Southern Classics: Volume II 1995 Bill Gaither, Mark Lowry, Jonathan Pierce, Guy Penrod Chapel
Lovin' God & Lovin' Each Other 1997 Bill Gaither, Mark Lowry, Jonathan Pierce, Guy Penrod Spring Hill
God is Good 1999 Bill Gaither, Mark Lowry, Guy Penrod, David Phelps Spring Hill
I Do Believe 2000 Bill Gaither, Mark Lowry, Guy Penrod, David Phelps Spring Hill
Everything Good 2002 Bill Gaither, Guy Penrod, David Phelps, Russ Taff Spring House
A Cappella 2003 Bill Gaither, Guy Penrod, David Phelps, Russ Taff Gaither Music Group
Give it Away 2006 Bill Gaither, Guy Penrod, Marshall Hall, Wes Hampton Gaither Music Group
Lovin' Life 2008 Bill Gaither, Guy Penrod, Marshall Hall, Wes Hampton Gaither Music Group
Reunion Vol. 1 2009 Ex-componentes '
Reunion Vol. 2 2009 Ex-componentes '
Better Day 2009 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group
Reunited 2009 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group
Greatly Blessed 2010 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group
I Am a Promisse 2011 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group
Pure and Simple 2012 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group
Hymns 2014 Bill Gaither, Wes Hampton, Michael English, Mark Lowry, David Phelps Gaither Music Group

Álbuns de Natal[editar | editar código-fonte]

Álbum Ano Componentes
Still The Greates Story Ever Told 1998 Bill Gaither, Guy Penrod, Mark Lowry, David Phelps
Gaither Vocal Band Christmas Style 2009 Bill Gaither, Guy Penrod, Marshall Hall, Wes Hampton

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • The Best from the Beginning (1989) - Word
  • Can't Stop Talkin' About Him (1995)
  • King is Coming (1994) - Benson
  • Classic Moments from the Gaither Vocal Band - Volume 1 (1999) - Benson
  • Classic Moments from the Gaither Vocal Band - Volume 2 (1999) - Benson
  • Best of the Gaither Vocal Band (2004) - Gaither Music Group

Gravações Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

  • Back Home In Indiana (1997)
  • Together - with The Gaither Vocal Band and Ernie Haase & Signature Sound (2007)
  • Reunion (2009)

Notas e referências

  1. 2009 Brings Revolutionary New Direction for the Gaither Vocal Band (em inglês) Gaither Music Group. Página visitada em 11 de fevereiro de 2009.
  2. a b c d Declaração no DVD "GVB Reunion"
  3. Important Update on Maringa Concert Gaither.com.
  4. Maringa Concert Cancellation.
  5. Lista de prêmios Grammy do Gaither Vocal Band (em inglês) Grammy.com. Página visitada em 25 de abril de 2009.
  6. Dove Awards History (em inglês) Gospel Music Association. Página visitada em 19 de janeiro de 2011.
  7. 2010 Winners (em inglês) Gospel Music Association. Página visitada em 19 de janeiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.