Galã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Galãsé o termo dado a um ator ou personagem que se destaca por sua beleza física, boa aparência, atitudes, inteligência, coragem e habilidades românticas[1] .

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Galã" procede do termo francês galant[2] .

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Entre os exemplos de galãs de Hollywood, podemos incluir: James Dean, Marlon Brando, Paul Newman, Harrison Ford, Richard Gere, Mickey Rourke, Tom Cruise, Johnny Depp, Brad Pitt, George Clooney, entre outros tantos.

No Brasil, entre os exemplos de galãs de novelas, podemos citar: Tarcísio Meira, José Mayer, Antônio Fagundes, Tony Ramos, Edson Celulari, Marco Ricca, Eduardo Moscovis, Tuca Andrada, Gabriel Braga Nunes, Guilherme Winter, Guilherme Berenguer, Ricardo Tozzi, Carlos Alberto Ricelli, Henri Castelli, Murilo Benício, Thiago Lacerda, Reynaldo Gianecchini, Rodrigo Lombardi, Murilo Rosa, Cauã Reymond, Marcos Palmeira, Bruno Gagliasso, Rodrigo Santoro, Fábio Assunção, Caio Castro, Carlos Casagrande, Sidney Sampaio, Dalton Vigh, Ricky Tavares, Rodrigo Phavanello, Alexandre Nero, Thiago Rodrigues, Marcello Antony, Raul Gazolla, Mateus Solano, Rodrigo Hilbert, Humberto Martins, Daniel de Oliveira, Domingos Meira, Danton Mello, Marcos Pasquim, Nico Puig, Vladimir Brichta, Marcello Novaes, Márcio Garcia, Marcelo Serrado, Raoni Carneiro, Marcos Caruso, Selton Mello, Humberto Carrão, Rodrigo Andrade, Marco Pigossi, Jayme Matarazzo, Herson Capri, Jonatas Faro, Max Fercondini, José Wilker, Rodrigo Simas, Leopoldo Pacheco, Luigi Baricelli, Malvino Salvador, Thiago Martins, Thiago Fragoso, Olivetti Herrera, Oscar Magrini, Paulo Gorgulho, Petrônio Gontijo, Lázaro Ramos, Rafael Cardoso, Adriano Garib, Caco Ciocler, Caio Blat, Carmo Dalla Vecchia, Domingos Montagner, Thiago Enebelo, Pedro Bulegão etc..

Referências

  1. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 828
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 828