País de Gales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gales)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Cymru
Wales

País de Gales
Bandeira do País de Gales
Brasão de armas do País de Gales
Bandeira Brasão de armas
Lema: "Cymru am byth"

(em galês: "Gales para sempre")

Hino nacional: Hen Wlad fy Nhadau
God Save the Queen (do Reino Unido)
Gentílico: Galês (-a)

Localização do País de Gales

Localização do País de Gales (em verde escuro)
No continente europeu (em cinza escuro)
No Reino Unido (em verde claro)
Capital Cardiff (Caerdydd)
Língua oficial Galês e inglês
Governo Monarquia Constitucional
 - Monarca do
Reino Unido
Isabel II
 - Primeiro-Ministro
do Reino Unido
David Cameron
 - Secretário de Estado
para o País de Gales
Paul Murphy
 - Deputado do Primeiro-Ministro
do País de Gales
Ieuan Wyn Jones
 - Primeiro-Ministro
do País de Gales
Carwyn Jones
Formação  
 - União de Gruffudd ap Llywelyn 1056 
Entrada na UE 1 de Janeiro de 1973 (Reino Unido)
Área  
 - Total 20.779 km² 
População  
 - Estimativa de 2008 3.004.600 hab. 
 - Censo 2001 2.903.085 hab. 
 - Densidade 140 hab./km² 
PIB (base PPC) Estimativa de 2006
 - Total US$ 85.4 biliões 
 - Per capita US$ 30.546 
IDH (2003) 0,939  – muito elevado
Moeda libra esterlina (GBP)
Fuso horário +0 (UTC+0)
 - Verão (DST) +1
Cód. Internet .uk
Cód. telef. +44

Mapa do País de Gales

O País de Gales ou simplesmente Gales (em galês: Cymru; em inglês: Wales) é uma das nações que constituem o Reino Unido e sua capital é Cardiff. Atualmente, o País de Gales possui um parlamento autônomo em relação à coroa britânica.

História[editar | editar código-fonte]

Os romanos construíram fortes em Gales, e deixaram lá marcas históricas e culturais. Em Caerleon, construíram uma bela fortaleza, local do anfiteatro considerado o mais bem mantido e conservado da Grã-Bretanha. O país nunca foi invadido pelos anglo-saxões, devido a seu povo, que tinha enorme desejo de proteger suas terras, e devido ao terreno montanhoso, que impedia a passagem. O País de Gales permaneceu céltico e o seu povo continuou a falar a língua galesa mesmo depois de os elementos célticos das vizinhas Inglaterra e Escócia terem desaparecido gradualmente. O nome Wales é prova disso, uma vez que provém de uma palavra de raiz germânica que significa estrangeiro e está, assim, relacionado com os nomes de várias outras regiões europeias onde os povos germânicos tomaram contacto com culturas não-germânicas.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O País de Gales situa-se numa península da Grã-Bretanha. Faz fronteira com a Inglaterra a leste, com o canal de Bristol a sul, e com o mar da Irlanda a sul e Oeste.

A maior parte da população e das áreas industriais situam-se em Gales do Sul (South Wales), incluindo a capital, Cardiff, e as outras duas maiores cidades, Swansea e Newport.

Grande parte do País de Gales é montanhosa, particularmente Gales do Norte e Mid Wales (Médio Gales).

As Brecon Beacons (único local onde costuma nevar todos os anos), a sul, e Snowdonia, a norte, são unidas pela cordilheira Câmbrica (de onde se foi buscar o nome da era geológica). O ponto mais alto de Gales situa-se em Snowdon.

Fazem parte do País de Gales diversas ilhas no norte e ao longo da costa ocidental. Anglesey é a maior delas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Demografia do País de Gales no ano 2001:

  • População: 2,903,085, Homens: 1,403,782 Mulheres: 1,499,303
  • Estrutura etária:
    • 0-4: 167,903
    • 5-7: 108,149
    • 8-9: 77,176
    • 10-14: 195,976
    • 15: 37,951
    • 16-17: 75,234
    • 18-19: 71,519
    • 20-24: 169,493
    • 25-29: 166,348
    • 30-44: 605,962
    • 45-59: 569,676
    • 60-64: 152,924
    • 65-74: 264,191
    • 75-84: 182,202
    • 85-89: 38,977
    • 90+: 19,404

Cidades mais populosas[editar | editar código-fonte]

Política[editar | editar código-fonte]

Gales é um principado desde o século XIII, hoje anexado ao Reino Unido. O Decreto de União de 1536 dividiu o País de Gales em treze condados: Anglesey, Brecon, Caernarfon, Cardigan, Carmarthen, Denbigh, Flint[desambiguação necessária], Glamorgan, Merioneth, Monmouth, Montgomery, Pembroke[desambiguação necessária] e Radnor, e aplicou a lei inglesa tanto à Inglaterra como a Gales, fazendo do inglês a língua a ser usada para fins oficiais.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Subdivisões do País de Gales
  1. Merthyr Tydfil (Merthyr Tudful)
  2. Caerphilly (Caerffili)
  3. Blaenau Gwent
  4. Torfaen
  5. Monmouthshire (Sir Fynwy)
  6. Newport (Casnewydd)
  7. Cardiff (Caerdydd)
  8. Vale of Glamorgan (Bro Morgannwg)
  9. Bridgend (Pen-y-bont ar Ogwr)
  10. Rhondda Cynon Taf
  11. Neath Port Talbot (Castell-nedd Port Talbot)
  12. Swansea (Abertawe)
  13. Carmarthenshire (Sir Gaerfyrddin)
  14. Ceredigion
  15. Powys
  16. Wrexham (Wrecsam)
  17. Flintshire (Sir y Fflint)
  18. Denbighshire (Sir Ddinbych)
  19. Conwy
  20. Gwynedd
  21. Anglesey (Ynys Môn)
  22. Pembrokeshire (Sir Benfro)
WalesNumbered.png

Economia[editar | editar código-fonte]

Partes do País de Gales foram fortemente industrializadas a partir do século XVIII. Procedeu-se à mineração de carvão, cobre, ferro, chumbo e ouro e exploraram-se pedreiras de ardósia. As siderurgias e as minas de carvão atraíram grande número de imigrantes durante o século XIX, especialmente para os vales a norte de Cardiff, que hoje é a capital do país. Nas últimas décadas os setores de siderurgia e mineração vêm sofrendo forte recessão, com a exaustão das reservas minerais e com a concorrência estrangeira em setores como o aço. O processo de modernização da economia da região contribuiu para diversificação econômica. Nos últimos anos o serviço vem sendo o principal setor da economia galesa, sendo o turismo um setor cada vez mais importante para geração de empregos e renda na região.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O santo padroeiro do País de Gales é São David, ou "Dewi Sant", em galês. Os emblemas nacionais do País de Gales são o alho-porro (ou alho-francês) e o narciso. Note-se que o nome destas duas plantas é semelhante em galês: o alho porro diz-se cennin enquanto que os narcisos se chamam cennin Pedr, ou seja, "alhos-porros de São Pedro" - de forma que se especula que originalmente era utilizado apenas um dos emblemas, adaptando-se a o outro devido a uma má interpretação (a ser verdade, desconhece-se qual dos emblemas é anterior ao outro).

Existe alguma polémica, de cariz nacionalista, quanto ao dia de São David, a 1 de Março, que, para alguns deveria ser feriado público no País de Gales. No mesmo sentido, outros propõem, também para feriado público 16 de Setembro (dia em que começou a rebelião de Owain Glyn Dwr).

As festas tradicionais do País de Gales são, no entanto, a Calan Gaeaf (Hallowe'en), Calan Mai, e a celebração do solstício de Verão. Cada paróquia celebra, adicionalmente, o Gwyl Mabsant em honra do seu santo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Principais pontos turísticos:

Símbolos nacionais[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre País de Gales