Galinhola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaGalinhola
Scolopax rusticola.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Charadriiformes
Família: Scolopacidae
Género: Scolopax
Espécie: S. rusticola
Nome binomial
Scolopax rusticola
Lineu, 1758

A galinhola (Scolopax rusticola) é uma ave caradriforme, da família Scolopacidae, tal como os maçaricos.

Aprecia os lodaçais à beira-mar, vivendo ali geralmente em grandes bandos. Com seu bico reto e comprido, revira o lodo à procura dos pequenos invertebrados dos quais se alimenta (moluscos e vermes). Algumas espécies de galinholas são monógamas (machos e fêmeas tem apenas um parceiro, por vida), outras são polígamas (um macho cruza com várias fêmeas), e outras, como o frango-de-água são poliandras (vários machos diferentes ocupam várias ninhadas da mesma fêmea). A fêmea põe de três a cinco ovos que devem ser chocados de 18 a 32 dias. Os filhotes deixam o ninho após a sua eclosão.

Em algumas regiões no Brasil, o termo "galinhola" pode ser usado para designar a galinha-d'angola (Numida meleagris).

Subespécies[editar | editar código-fonte]

A espécie é monotípica (não são reconhecidas subespécies).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.