Gamer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Historicamente, o termo "gamer" ou "gameplayer" geralmente se referia a alguém que jogava role-playing games, ou jogos de miniatura. Entretanto, mais recentemente o termo tem crescido e incluído os jogadores de videogame. Enquanto o termo nominal inclui aqueles que não se consideram necessariamente serem gamers (por exemplo os gamers casuais)[1] , é mais usado comumente para aqueles que passam seu tempo livre jogando ou aprendendo sobre jogos.

Há muitas comunidades de gamers ao redor do mundo. Muitas delas tomam formas de webrings, fóruns de discussão e outras comunidades virtuais, assim como clubes sociais de faculdade e universidade. Lojas especializadas em jogos freqüentemente servem como locais de encontro para organizar grupos de jogadores[carece de fontes?].Antes da emergência da Internet, houve muitas comunidades PBeM desenvolvidas que se parecem com os jogos online de hoje encontrados[carece de fontes?].

Em Outubro de 2006, a Entertainment Consumers Association (ECA) foi estabelecida como a primeira organização de sociedade sem fins lucrativos formada para representar consumidores americanos. Uma entidade de mesmo modo denominada, a Entertainment Software Association (ESA), foi formada em 1994 para representar a indústria de software de entretenimento. A ECA foi formado, em parte, em resposta à aparentemente representação não balançada (p. ex., o ESA, IGDA e outros) do ato de jogar no Congresso dos Estados Unidos.[1]

A empresa Rooster Teeth, que é conhecida pelas suas webséries e conteúdo semanal online, também foi fundada por gamers e seu canal principal no Youtube agora conta com mais de 7 milhões de inscritos.

Tipos de gamers[editar | editar código-fonte]

Tipo de video gamers[editar | editar código-fonte]

  • Gamer casual: O gamer casual é a pessoa que joga jogos projetados com uma jogabilidade fácil (como Tetris, Snake, etc.) e este não passa muito tempo jogando jogos de computador. Os gêneros que os gamers casuais jogam variam, desde que eles não possuem um console específico para jogar os seus jogos. (Ver jogo eletrônico casual).
  • Hardcore gamer:Uma pessoa que passa a maior parte do seu tempo de lazer jogando, e como consequência do grande tempo passado jogando, muitas vezes no nível difícil ou mais difícil, esses tipos de gamers ficam muito proficiente em jogar os jogos. Há muitos subtipos de Hardcore gamers baseados no estilo do jogo, preferência de jogabilidade, plataforma de hardware, e outras preferências.
  • Retrogamer: Um gamer quem gosta de jogar ou reunir jogos vídeo de determinada safra de eras mais antigas. Os Retrogamers são em parte responsáveis pela popularidade da emulação de videogame. Alguns reúnem velhos jogos de videogame e protótipos, ou estão no negócio de polir novamente velhos jogos, em particular cabine de arcades. Alguns até fazem suas próprias cabines de arcade (ver MAME).
  • Import gamer: Um gamer que gosta de jogar ou colecionar jogos vídeo produzidos internacionalmente. As importações mais comuns são do Japão, embora alguns gamers europeus e japoneses comprem jogos da América Norte. Dependendo da plataforma de jogo envolvida, esses gamers podem usar dispositivos como modchips, discos de boot, e/ou Gamesharks para passar por cima da proteção de locaute regional no software, embora alguns prefiram comprar consoles importados. Um número desses gamers importam jogos de gêneros que geralmente não são lançados fora do Japão, como simulador de romance ou baseados em anime/manga.
  • Cyber atleta: Um gamer profissional (muitas vezes abreviado de "pro gamer" ou somente "pro") que joga jogos por dinheiro.[2] (o termo, esportes eletrônicos, é usado para descrever a jogatina de videogames como um esporte profissional.) Se um cyber atleta é um subtipo de hardcore gamer basicamente depende do grau ao qual um cyber atleta depende financeiramente do rendimento obtido no ato de jogar. Por enquanto, como um cyber atleta depende financeiramente do ato de jogar, o tempo que passou jogando não é mais o tempo de "lazer".
  • Gamer regular: O gamer regular é um gamer "normal", aquela da conotação média, intermediário. Para cair na categorização de gamer, o gamer regular é a pessoa quem têm mais que um interesse passivo em jogos de videogame, e passa aproximadamente 11 horas por semana jogando[3] . O gamer regular é composto por muitos outros sub-gêneros de gamers, e por isso têm o interesse no que é mostrado na média (FPS, esportes, rpg, jogos de ação, etc.)
  • Gamer Hacker: O Gamer Hacker é um jogador que burla as regras dos jogos online,utilizando-se de softwares de terceiros para alterar certas características do jogo, tais como passar de fase mais rápido, cash instantâneo, vida ou mana infinitas, entre diversas outras. O Hacker é considerado o pior tipo de gamer, o qual é sempre insultado por não seguir as regras, sendo banido de alguns jogos online

Feiras e Eventos Gamer[editar | editar código-fonte]

São exposições na qual é exposto todo material do mundo dos jogos, atualizações e lançamentos. A maior feira do mundo é conhecida como E3 (Electronic Entertainment Expo) que reúne, todos os anos, milhares de expositores e gamers do mundo todo.

E3 (Electronic Entertainment Expo)

Game name[editar | editar código-fonte]

A game name, username, gamer tag, ou handle é um nome (geralmente um pseudônimo) adotado por um gamer, de console ou preferência de computador, usado como uma identificação principal preferida em toda comunidade de videogame. O uso entre as pessoas é mais prevalente em jogos com suporte online, ou em convenções de esportes eletrônicos.

Clã ou team tag[editar | editar código-fonte]

Uma clã tag é um prefixo no fim ou o começo de um nome para identificar que o gamer está em um clã. Os clãs são grupos de gamers reconciliado por um interesse comum, possivelmente por todo serem fãs do mesmo jogo, ou simplesmente gamers quem têm laços pessoais fechados um a outro.

Uma tag de equipe é um prefixo no fim ou o começo de um nome a identificar que o gamer está em uma equipe. Esses gamers estão normalmente em uma empreitada de algum tipo e estão tentando aumentar a sua habilidade. Esse tipo de pessoas são mais sérias.[carece de fontes?]

Base lógica[editar | editar código-fonte]

As razões de um jogador usar um nome no jogo são semelhantes aos nomes artísticos que os atores usam em cena.[carece de fontes?]Como a forma de tratamento habitual em jogos de multijogador não é pelo verdadeiro nome de uma pessoa, incita-se que alguns inventem um pseudônimo criativo e único que pelo qual eles desejam ser universalmente conhecidos.[carece de fontes?]Nomes de usuário diferenciam-se de nomes de jogos em que eles são principalmente usados para identificar uma conta de usuário em um sistema de computador, antes que fornecer um nome alternativo de um jogador. A única exceção a isto é se um jogador decidir fazer ambos o mesmo.[carece de fontes?]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]