Gang 90 e as Absurdettes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde Fevereiro de 2008).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Gang 90 e as Absurdettes
Informação geral
País  Brasil
Gênero(s) New wave,[1]
Período em atividade 1981 - 1987
Página oficial inexistente
Ex-integrantes Júlio Barroso
Alice Pink Pank
Lobão
May East
Lonita Renaux (Denise Barroso)
Luíza Maria
Wanderley Taffo
Guilherme Arantes
Lee Marcucci
Gigante Brasil
Herman Torres
Otávio Fialho
Luiz Paulo Simas
Taciana Barros
Beto Firmino
Gilvan Gomes
Paulo Le Petit
Curtis.

Gang 90 foi um grupo de rock brasileiro dos anos 1980, fundado pelo disc jockey e jornalista Júlio Barroso.[1]

Suas canções misturavam new wave com viagens beatnik, e ainda carregava batidas fortes e coro feminino, inspirado no grupo B-52s.[1]

Sua primeira aparição foi na discoteca Paulicéia Desvairada em 1981. Participou do Festival MPB Shell do mesmo ano, com a música Perdidos na Selva, o que tornou o grupo famoso.

Para divulgar o grupo, o programa Fantástico de 2 de agosto de 1981 apresentou o clipe de ‘Perdidos na Selva’. Nesta época, a banda chamava-se simplesmente "Absurdetes". A música foi lançada originalmente em compacto pelo selo HOT, tendo a faixa "Lilik Lamê" no lado B, cantada por Alice Pink Pank, uma das cantoras-musas da banda, ao lado de May East e Lonita Renaux.

Um momento particularmente importante para a banda foi sua participação, também em 1981 do festival MPB Shell, promovido pela Rede Globo. Naquela ocasião, e defendendo a canção "Perdidos na Selva", conseguiram um grau de exposição e notoriedade até então incomum para bandas da cena pop brasileira, o que já prenunciava o vigor do movimento de rock nacional que surgiria a seguir ao longo da década de 80.

Em 1983, a banda lançou o LP Essa tal de Gang 90 & As Absurdettes, que continha os sucessos anteriores da banda e que emplacou uma canção como tema de novela das 8 da Rede Globo, Louco Amor, de Gilberto Braga.

No mesmo ano, também participaram do especial da Rede Globo Plunct, Plact, Zuuum com a música "Será que o King Kong é Macaca"?

Júlio Barroso faleceu prematuramente em 1984, caindo da janela de seu apartamento em São Paulo em circunstâncias nunca completamente esclarecidas (embora hoje exista praticamente um consenso de que se tratou de um acidente).

Após esse fato trágico, a tecladista Taciana Barros assumiu a liderança do grupo e tentou insistir em sua continuidade lançando um album (Rosas e Tigres) que tinha em seu repertório uma série de canções ineditas de Julio Barroso. O trabalho acabou tendo muito pouca repercussão comercial apesar de haver sido razoavelmente bem recebido pela crítica especializada. Uma ultima tentativa, em 1987, foi o álbum "Pedra 90" já sem praticamente nenhum integrante original do grupo e que selou o fim desse projeto tao original da música Brasileira.

Alem de Júlio Barroso, participaram desse projeto músicos como♙Alice Pink Pank, Lobão, May East, Lonita Renaux (Denise Barroso), Luíza Maria, Wanderley Taffo, Guilherme Arantes, Lee Marcucci, Gigante Brasil, Herman Torres, Otávio Fialho, Luiz Paulo Simas, Taciana Barros, Beto Firmino, Gilvan Gomes, Paulo Le Petit e Curtis.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  1. Nosso louco amor (Herman Torres - Júlio Barroso)
  2. Românticos a gô-gô (Alice Pink Pank - Júlio Barroso)
  3. Telefone (Júlio Barroso - Márcio Vaccari)
  4. Eu sei, mas eu não sei [I know but i don't know] (F.Infante)
  5. Convite ao prazer (Wander Taffo - Julio Barroso - Lee Marcucci)
  6. Dada globe orixás [Spaced out in paradise] (C.Stevens - L.Gomes)
  7. Perdidos na Selva (Júlio Barroso - Márcio Vaccari - Guilherme Arantes)
  8. Noite e dia (Júlio Barroso - Lobão)
  9. Mayacongo (Luiz Fernando Borges - Júlio Barroso - Luiz Paulo Simas)
  10. Jack Kerouac (Alice Pink Pank - Júlio Barroso)
  • Rosas e Tigres (1985)
  1. Rosas e tigres (Júlio Barroso - Roberto Firmino - Taciana Barros)
  2. Qualquer gesto (Júlio Barroso - Roberto Firmino - Taciana Barros)
  3. Meu amor, meu playboy (Júlio Barroso - Roberto Firmino - Taciana Barros)
  4. Balanço das horas (Júlio Barroso - Roberto Firmino - Taciana Barros)
  5. Ela (Júlio Barroso - Gilvan Gomes - Roberto Firmino - Taciana Barros)
  6. Novamente aconteceu (Roberto Firmino)
  7. Vida animal (Júlio Barroso - Roberto Firmino)
  8. Você sumiu tanto tempo (Roberto Firmino - Taciana Barros)
  9. Marginal conservador (Júlio Barroso - Roberto Firmino)
  10. Depois eu conto (Júlio Barroso - Gilvan Gomes - Roberto Firmino - Taciana Barros - Curtis)
  11. Do fundo do coração (Júlio Barroso - Taciana Barros)
  • Pedra 90 (1987)
  1. Palavras não bastam (Gigante Brasil - Gilvan Gomes - Taciana Barros)
  2. Cara pálida (Gilvan Gomes - Alex Podre)
  3. Som da rua (Gilvan Gomes - Alex Podre)
  4. Coração de alguém (Taciana Barros - Edgard Scandurra)
  5. Vida dura (Taciana Barros - Arnaldo Antunes)
  6. Junk favela (Júlio Barroso - Paulo Le Petit)
  7. Visão noturna (Júlio Barroso - Gilvan Gomes - Taciana Barros)
  8. Do outro lado da cidade (Gilvan Gomes - Alex Podre)

Referências

Flag of Brazil.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.