Ganondorf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ganondorf
Ganondorf.JPG
Imagem de Ganondorf.
Nome no Japão Ganondorofu (ガノンドロフ)
Série de jogos The Legend of Zelda
Primeiro jogo The Legend of Zelda (1986)
Designer Shigeru Miyamoto
Dublador em inglês Len Carlson (TV series, CD-i games)
Seizō Katō (1995-1997)
Takashi Nagasako (1998–2004)
Hironori Miyata (2006–present)
Informações pessoais
Sexo Masculino
Alinhamento Mal
Habilidade especial Magia Negra
Arma Espada
Estilo(s) de luta Luta de espadas e Magia

Ganon (ガノン, Ganon?), também conhecido Ganondorf (ガノンドロフ, Ganondorofu?), é um personagem e antagonista principal da série de videogame da Nintendo The Legend of Zelda, criada por Shigeru Miyamoto. Ele conquistou poderes mágicos para se tornar o rei da escuridão, e depois passou a tentar dominar Hyrule e conquistar a relíquia divina conhecida como Triforce.

História[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira aparição, em The Legend of Zelda, o vilão tinha seu nome grafado Gannon. Sua história era desconhecida até o terceiro jogo da série, The Legend of Zelda: A Link to the Past, que estabeleceu seu nome completo como Ganondorf Dragmire (o sobrenome não aparece nas versões japonesas), e The Legend of Zelda: Ocarina of Time, criou suas origens como guerreiro Gerudo. Apenas quatro jogos não tem Ganon/Ganondorf como vilão principal - sendo que em The Legend of Zelda: Link's Awakening, durante o confronto final com o antagonista Dethl, uma das formas que ele assume é "Ganon's Shadow".

The Legend of Zelda (1986)[editar | editar código-fonte]

Ganon escapa do Dark World após anos de aprisionamento, rouba a Triforce do Poder, e tenta colocar o reino de Hyrule sob as trevas. Para impedí-lo, a Princesa Zelda quebra a Triforce da Sabedoria em oito pedaços e manda sua criada Impa procurar um jovem corajoso que pudesse enfrentar Ganon. O vilão, sabendo do esquema, sequestra a princesa e manda seus servos procurarem Impa. Os monstros a encontraram, mas foram espantados por Link. Impa conta-lhe toda a história, e o herói reobtém os pedaços da Triforce e consegue as Silver Arrows para conseguir enfrentar o vilão.

Zelda II: The Adventure of Link (1988)[editar | editar código-fonte]

Os servos de Ganon tentam revivê-lo jorrando o sangue de Link sobre seus restos mortais. O vilão aparece na tela de Game Over.

The Legend of Zelda: A Link to the Past (1991)[editar | editar código-fonte]

É revelado que séculos antes do jogo original, Ganon e seus ladrões invadiram a Golden Land, e lá o vilão tocou a Triforce com suas "mãos ensanguentadas" e fez um desejo: conquistar o mundo. Esse desejo corrempeu a Golden Land e a transformou no Dark World. Do Dark World, Ganon enviou exércitos para conquistar Hyrule, mas foi impedido por Sete Sábios que selaram ele e seu exército no Dark World. Após um longo tempo, Ganon usa-se da forma de um mago, Agahnim, para conquistar a simpatia da família real Hylian. Tendo uma posição de prestígio, Agahnim então mata o rei e busca sete donzelas descendentes dos Sábios para mandá-las para o Dark World com o intuito de quebrar o selo - uma delas sendo Zelda, que enquanto aprisionada no calabouço do Castelo de Hyrule contata Link por telepatia. O herói a liberta, mas quando ele recupera a Master Sword, Zelda é sequestrada novamente, e quando Link chega no castelo, Agahnim já a enviou para o Dark World.

The Legend of Zelda: Ocarina of Time (1998)[editar | editar código-fonte]

Ganondorf se tornou líder do povo Gerudo por ser o único homem da tribo a nascer em cem anos. Após conhecer a respeito da Triforce, resolveu conquistá-la com a ajuda de um par de bruxas, Twinrova. Para conseguir as pedras que abririam a porta para o Sacred Realm, onde a relíquia se localiza, envenenou a Grande Árvore Deku dos Kokiri, infestou a caverna no qual os Goron se alimentam de monstros e põe uma maldição no protetor dos Zora, Lord Jabu-Jabu. Link atrapalhou esse esquema e conseguiu as pedras, então Ganondorf atacou o castelo de Hyrule e foi atrás da Princesa Zelda. Na porta do castelo, encontrou Link, e perguntou para onde Zelda e sua criada Impa fugiram, mas Link não respondeu. Quando o herói pouco depois abriu a Porta do Tempo, Ganondorf aproveitou-se disso para adentrar o Sacred Realm, e lá tocou a Triforce para conseguir seus poderes. Porém o coração impuro do Gerudo levou a Triforce a se fragmentar em três pedaços, com Ganondorf ficando com a Triforce do Poder, por ser a qualidade que mais importava para ele (Link recebeu a da Coragem e Zelda, a da Sabedoria). O Sacred Realm se alterou para refletir sua alma, se tornando o Dark World, um mundo de maldade e desespero.

Com os poderes adquiridos, Ganondorf formou exércitos, invadiu o Castelo de Hyrule e construiu uma torre imensa no local, e daí tomou o controle de todo o reino. Também pôs monstros em cinco templos para impedir Sábios de se reunirem e derrotá-lo. Por sete anos governou as terras, e procurou por Zelda - não a encontrando por esta estar disfarçada - até que Link, que ficou adormecido durante todo esse período, foi despertado e orientado a retomar o controle dos templos para poder quebrar o bloqueio à torre de Ganon. Após libertar os cinco, Zelda se revelou para Link dizendo ser o último Sábio. Mas Ganondorf ouvia a conversa, sequestrou a princesa e mandou Link ir atrás dela em sua torre. Após um confronto na torre, o Gerudo foi vencido, e Link e Zelda foram forçados a fugir da torre que caía. Mas dos destroços emergiu uma forma alternativa do vilão, o monstro-javali Ganon. Link o combateu, e após derrotá-lo, os Sábios selaram Ganon no Dark World, onde ele jurou combater Link e Zelda e seus descendentes enquanto ele retivesse a Triforce do Poder.

The Legend of Zelda: Oracle of Seasons e Oracle of Ages (2001)[editar | editar código-fonte]

As irmãs Twinrova tentam reviver Ganon causando dor em Labrynna, destruição em Holodrum e desespero sacrificando a Princesa Zelda. Porém Link salva Zelda e o ritual fica incompleto. Sem outra opção, as bruxas se sacrificam a si mesmas. O Rei do Mal é revivido, mas apenas como uma besta furiosa querendo destruição, sem a mesma mente devido ao sacrifício errado.

The Legend of Zelda: The Wind Waker (2003)[editar | editar código-fonte]

Algum tempo após Ocarina of Time, Ganondorf foge do Dark World, e tenta dominar Hyrule, quase conseguindo por não ter oposição do Herói do Tempo (já que ao final de Ocarina of Time, Link é transportado ao passado). Para impedí-lo, os deuses inundam Hyrule sob um oceano. O vilão passa então a buscar a Triforce da Coragem e da Sabedoria para poder desejar o retorno do reino. Ganondorf busca a descendente de Zelda, e manda um servo seu, Helmaroc King, caçar meninas loiras de orelhas pontudas. Com isso, Helmaroc sequestra Aryll, irmã de Link. Para resgatá-la, com a ajuda da pirata Tetra (a verdadeira reencarnação de Zelda), ele recupera a Master Sword. Ao reencontrar sua irmã, Link encontra Ganondorf, que diz que o selo de seu poder foi quebrado pelo herói. Daí Link entra numa jornada para recarregar o poder da espada e passa a buscar os pedaços da Triforce da Coragem. Após isso, Ganondorf manipula os eventos para atrair Link e Zelda para seu covil, onde os três pedaços da Triforce são reunidos. Antes que Ganondof possa desejar o retorno de Hyrule, o Rei de Hyrule toca na Triforce e pede pelo desaparecimento do reino. Segue-se uma batalha, na qual Link empala a cabeça de Ganondorf com a Master Sword e assim leva-o a ser petrificado.

The Legend of Zelda: Four Swords Adventures (2004)[editar | editar código-fonte]

Um Gerudo chamado Ganondorf rouba um tridente que o confere poderes incríveis. Com essa arma, ele começa a tomar o controle de partes de Hyrule, espalhando maldade e criando um exército de Dark Links. Quando Zelda e Link vão verificar o selo no Santuário da Four Sword, um Dark Link se revela e ataca. Sem arma, Link acaba retirando a Four Sword de seu pedestal, libertando o Mago dos Ventos, Vaati, novamente. Mas isso é descoberto como parte do plano de Ganon, que quer que Vaati cause o mal para Ganon permanecer indetectado. Após derrotar Vaati, Link e Zelda enfrentam Ganon, que é selado dentro da Four Sword.

The Legend of Zelda: Twilight Princess (2006)[editar | editar código-fonte]

Ganondorf aparece inicialmente como uma surpresa, revelando que ele foi o responsável por todos os eventos malignos, influenciando o vilão mais presente até então, Zant, como uma entidade demoníaca no Twilight Realm.

The Legend of Zelda: Skyward Sword (2011)[editar | editar código-fonte]

É revelada a origem de ganon, como uma personificação do ódio gerado pela entidade demônio conhecida como Demise.

Outras aparições[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]