Garadiávolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Jenny Haniver" - Forma de dragão pequeno. MHNT
Suposta foto de um Garadiávolo

O Garadiávolo ou Jenny Haniver é uma criatura de existência não-provada que causou grandes divergências entre os cientistas quanto à sua existência.

O explorador Alfredo Garcia Garamendi relatou ter sido atacado por uma destas criaturas em uma expedição a Porto Rico em 1974.

Garamendi teria matado um suposto Garadiávolo anos antes do ataque em Porto Rico. O suposto Garadiávolo foi enviado para a Universidade Central de San Juan. Quando a criatura foi devolvida a Garamendi, homens da CIA teriam supostamente confiscado a criatura.

Anos depois, Garamendi teria capturado outra criatura, que estudou em sua casa, e escreveu um livro afirmando que os Garadiávolos vinham de outras dimensões.

Visão cética[editar | editar código-fonte]

O pesquisador criptozoologista mexicano Luis Ruiz Noguez, que escreveu o livro "100 Fotos de Extraterrestres", afirma que os Garadiávolos são peixes como raias que são estripados e deformados para que fiquem com forma humana. As raias possuem na parte inferior do corpo narinas que fazem com que sua parte inferior se pareça com o rosto e o resto do corpo provavelmente foi definido com barbantes e seu corpo conservado com verniz. Atualmente, Garadiávolos são vendidos por pescadores a turistas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]