Garcia Júnior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Garcia Júnior
Nome completo Manoel Garcia Júnior
Nascimento 2 de março de 1967 (47 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Dublador, diretor e tradutor
Atividade 1977-presente

Manoel Garcia Júnior (São Paulo, 2 de março de 1967)[1] é um dublador, tradutor e diretor de dublagem brasileiro. Manoel é filho do também dublador Garcia Neto e da radialista Dolores Garcia.[2]

Manoel começou na dublagem em 1977 na BKS, e tornou-se conhecido por ter dublado He-Man, Pica-Pau, Pato Donald, Simba em O Rei Leão, MacGyver em Profissão: Perigo, Capitão Kirk na 1ª versão da série Star Trek (substituído na 2ª dublagem por Marco Antônio Costa) e James Bond (Daniel Craig) em Quantum of Solace e Skyfall. É também renomado por ser a principal voz do ator austríaco Arnold Schwarzenegger no Brasil.[3]

Como diretor, Manoel foi o responsável pelos filmes Procurando Nemo, Os Incríveis e Carros, além de ter sido o tradutor.[4] Nos anos 80, Manoel era um dos dubladores mais escalados da Herbert Richers.Sua vóz é muito parecida com a do também dublador Cassius Romero.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • John Malkovich em A Morte do Caixeiro Viajante, Con Air - A Rota da Fuga (DVD), Entre Amigos, Império do Sol, Jennifer 8 - A Próxima Vítima, Ligações Perigosas, Os Gritos do Silêncio (TV) e O Homem Certo e Um Lugar no Coração.
  • Montgomery Alce em Nossa Turma.
  • Bebop em As Tartarugas Ninja.
  • Max (John Hurt) em O Expresso da Meia-Noite.
  • Oscar Manheim "Manny" (Jon Voight) em Expresso Para o Inferno.
  • Raul Julia em Rookie - Um Profissional em Perigo.
  • Corredor X em Speed Racer (2ª dublagem).[1]

Referências

  1. a b Garcia Júnior. Casa da Dublagem. Página visitada em 29 de abril de 2014.
  2. (1986) "". IstoÉ (497-509) p. 43. Editora Três.
  3. Dana, Lorena. Conheça mais de 60 dubladores brasileiros de personagens famosos. Superinteressante. Página visitada em 12 de dezembro de 2012.
  4. Lobão, David Denis (17 de dezembro de 2004). Crítica: a dublagem carioca de "Os Incríveis". ohaYO!. Página visitada em 12 de dezembro de 2012.
  5. Léo Francisco (18 de março de 2009). Exclusivo: Animação Os Incríveis é redublado pela Disney.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]