Planeta Xuxa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Garotas do Zodíaco)
Ir para: navegação, pesquisa
Planeta Xuxa
Logotipo do programa.
Informação geral
Formato Programa de auditório
Duração 1h50
País de origem Brasil Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Xuxa
Tema de abertura Planeta Xuxa (1997 a 2000)
Planeta Xuxa 2ª versão (1999: 1º semestre)
Giro do Planeta (2001 e 2002)
Conta Comigo (2002)
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil Rede Globo
Transmissão original 5 de abril de 199728 de julho de 2002

Planeta Xuxa é atualmente o programa re-exibido na íntegra pelo Canal Viva, aos domingos às 21h30,[1] tendo sua reprise às segundas-feiras, ás 21h da noite. O programa passou a ser re-exibido no dia 7 de setembro de 2014, deixando o canal entre os 10 mais assistidos no horário, registrando uma das melhores audiências da televisão paga.

O Planeta Xuxa foi um programa de televisão apresentado por Xuxa Meneghel, dirigido por Marlene Mattos e exibido pela Rede Globo entre 5 de abril de 1997 a 28 de julho de 2002. Voltado para a família e os adolescentes, inicialmente era apresentado aos sábados à tarde. A partir de 19 de abril de 1998, o programa passou a ser apresentado aos domingos em razão da Copa do Mundo de 1998, permanecendo aos domingos até seu encerramento em 2002.

Foi o primeiro programa dominical de auditório apresentado por uma mulher na TV aberta brasileira, antes da Xuxa a disputa era protagonizada apenas por homens como Silvio Santos, Faustão e Gugu Liberato. As apresentadoras Márcia Goldschmidt e Eliana seguiram os passos da Xuxa e também figuraram nas tardes de domingo na TV brasileira. O programa foi um sucesso de audiência com médias sempre acima de 21 pontos, muitas vezes superando o Domingão do Faustão.

O programa[editar | editar código-fonte]

O programa tinha formato de discoteca, contava com a participação das Paquitas New Generation, do grupo de bailarinos You Can Dance, das gêmeas Mariana e Roberta Richard (As Metralhas) e da dançarina Adriana Bombom. O planeta contava com convidados famosos, sendo que o quadro de maior destaque era o Intimidade, em que Xuxa fazia perguntas íntimas aos convidados. Também foi criado o quadro Transformação, de grande sucesso, e onde alguém escolhido na platéia por Xuxa era submetido a uma mudança no visual.

1ª Temporada (1997-98)[editar | editar código-fonte]

A primeira temporada do programa que estreou em 5 de Abril de 1997, às 4 da Tarde. Tendo sua reestreia no Viva em 7 de setembro de 2014, às 21 e meia da noite.

A abertura desta fase, aparece no início, uma multiplicação da mesma Xuxa que se vestia de Branco em um fundo colorido e o Planeta Terra com formato de X atinge a tela ao surgir as imagens do Xuxa Park e depois, a construção do cenário antes da estreia do programa, mostrava os bastidores dos ensaios da primeira coreografia da música-tema, além das aparições descontraentes da apresentadora. As atrações musicais e convidados são separados por quadros como Top Brasil, Lançamento (onde um radialista analisa as novas canções), Temas de Novela, Intimidades, além de videoclipes internacionais.

O cenário era luxuosa nesta fase, possui painéis com imagens da apresentadora, TVs na parede, jukebox, parte espiral dourada, DJs em torno e uma porta com retrato gigante e roupas usadas por Xuxa no lado e para o outro lado que surge, a própria Xuxa está em torno de um porta retrato gigante e desce numa escada em um pequeno cenário onde fica a obra de arte da apresentadora. Na parte central do palco havia um formato redondo que representa o mundo rodeado pelo nome do programa. No programa de estréia, o entrevistado no quadro "Intimidade" foi o ator Marcello Antony. Também estiveram Valéria Valenssa, Luana Piovani, Oscar Magrini, Renato Gaúcho, Ronaldo Nazário e Ivete Sangalo (a então vocalista da Banda Eva). As atrações musicais ficavam por conta de Daniela Mercury, Companhia do Pagode, Só Pra Contrariar, Raça Negra, Karametade, Deborah Blando, Netinho, Carlinhos Brown, Grupo Molejo, É o Tchan, Aline Barros, Banda Cheiro de Amor (com Carla Visi), Timbalada, além das atrações internacionais estiveram presentes no programa.

Em outubro de 1997, em plena semana da criança, houve pequenas reformulações no cenário desta temporada. Ele passou a dar fidelidade ao álbum "Boas Notícias". O primeiro programa desta reformulação foi transmitida ao vivo naquele ano e agora foi reprisado no Canal Viva no exato dia das crianças de 2014.

Em março de 1998, Xuxa Meneghel apresentou os melhores momentos desta fase até as férias temporárias no seu programa, quando o cenário estava na fase de começar as reformulações para a segunda temporada que viria a seguir.

2ª Temporada (1998-99)[editar | editar código-fonte]

À partir desta temporada, o programa mudou de dia e horário, passando a ser exibido aos domingos, às 12:00 até 28 de julho de 2002.

A 2ª fase estreou em 19 de abril de 1998, o cenário ficou até o anúncio de sua licença materna. O cenário foi criado por João Cardoso, em que tinha um globo terrestre que se abria automaticamente em gomos, e Xuxa aparecia cantando a música-tema. Variando com a escada gigante no lado esquerdo com telas compondo um telão. Além da mudança na forma como a apresentadora aparecia para seu público, o cenário ganhou mais profundidade e praticidade e toda a área do Teatro Fênix foi aproveitada.

A abertura mostra novamente a Xuxa se divertindo, além da mesma aparecendo fazendo sincronias com lenços ao vento e o elenco ensaiava as novas coreografias, além da aparição de algumas pessoas que então faziam parte da transformação. Xuxa se assusta ao aparecer com vários tipos de aplique no final em que dá um beijo. O tema desta 2ª abertura passou a ser instrumental. Para a música-tema que inicia o programa, as Paquitas New Generation e You Can Dance executam a nova coreografia com elementos ousados. Xuxa aparecia em meio as imagens dela ao abrir o globo terrestre. O programa ganhou um salão de beleza onde acontecia o quadro Transformação, de grande sucesso no programa. O programa passou a ter uma escalada musical, intitulada "O que é que a gente tem?". Foi criado também os quadros "Viagem Surpresa do Planeta" onde alguém da platéia que fosse focalizado pela câmera, ganhava uma viagem para qualquer ponto turístico do Brasil e "Cinderelas do Planeta", onde as garotas de 15 anos realizam o sonho de dançar a valsa com seus ídolos da época. Teve uma entrevista com a cantora Madonna. As atrações ficavam por conta de Vinny, Fat Family, Ara Ketu, Karametade, Belo (com o Grupo Soweto nos primeiros anos), Deborah Blando, Katinguelê, além das atrações citadas da fase anterior (contando com substitutos temporários da apresentadora), entre outras.

Em agosto do mesmo ano, quando Xuxa entrou em licença-maternidade, inúmeros cantores famosos se revezaram na apresentação do programa: Ivete Sangalo (que apresentou o programa duas vezes), Alexandre Pires, Gabriel o Pensador, Daniel, Grupo Molejo, Netinho, Zezé di Camargo & Luciano, Negritude Júnior, Claudinho & Buchecha, Terra Samba e Tom Cavalcante.

No retorno pós-materno da apresentadora nas edições dos dias 8 e 15 de novembro de 1998, o cenário sofreu pequenas reformulações ao favor do álbum "Só Faltava Você". Teve duas partes na edição especial, dentre eles, entraram as músicas contidas do novo álbum como "Vamos sacudir" e "Eu tô feliz". Na música-tema que só retornou em 22 de Novembro daquele ano, o elenco introduz a terceira versão da coreografia do Planeta. No dia 21 de março de 1999, quando completou 100 edições, a versão original da coreografia passou a ser executada uma vez, era exibida imagens com diversos convidados, utilizando os trajes do primeiro ano do programa.

3ª Temporada (1999-2000)[editar | editar código-fonte]

A terceira temporada ficou entre 28 de março de 1999 a 12 de março de 2000. O cenário tinha um tom místico (haviam relógios, signos do zodíaco e famosas estátuas inspiradas numa obra de arte), Xuxa aparecia em meio as luzes, lasers e sons quando saía do Globo Terrestre e o cenário foi todo reformulado, que conferiu um tom místico ao novo ambiente. Pelas paredes, foram espalhadas fotos de Xuxa caracterizada como deusa grega, africana ou indiana.

No programa de estréia em 28 de março de 1999, a abertura ficou inicialmente mística com a segunda versão da música-tema (nos programas seguintes, a versão desta música passou a ter participação do Fat Family na introdução) em que aparece as Paquitas cujas mascaradas, algumas douradas e outras brancas. As Paquitas e Adriana Bombom apareciam mascaradas com tecidos transparentes pretos (e brancos com Planeta Terra na estampa em algumas edições) aparecem na escada ao lado esquerdo e no fim da apresentação, elas tiram a máscara. Em uma edição do dia 23 de maio daquele ano, repare que o elevador da nave-esfera não descia durante o tempo, enquanto apresentadora teve que descer de cima.

Xuxa estreou sua nova música: "Vira Vira (Planeta Vira Vira)" para o álbum Xuxa 2000, a canção que substituiu "Libera Geral" de 1997. Além disso, teve estreia de bandas ao vivo na parte da platéia. Entre eles, a banda LS Jack (com Marcos Menna). E a confirmação das oito novas garotas que compõe as Paquitas 2000. Em 04 de abril de 1999 no dia que comemora a Páscoa, a segunda edição desta fase foi ao vivo coladinho com o Especial Ao Vivo comandado por Renato Aragão. Xuxa e Paquitas começaram o programa executando a segunda parte da versão mística da abertura, Xuxa não saiu do globo terrestre e You Can Dance está na escada onde as Paquitas com a Bombom iriam executar na introdução. o cenário místico foi modificado cobrindo com imagens (das peças em movimento) de crianças carentes.

Em setembro de 1999 com o retorno da coreografia e música da primeira temporada de 1997, a intitulada fase mística estava sendo deixada, e a abertura que corresponde a coreografia com máscaras acabou sendo removida meses depois. Neste período, as Paquitas 2000 passaram a fazer parte do programa como fase de laboratório, mas as Paquitas New Generation eram as assistentes e dançarinas oficiais do programa até 2000, quando foi substituída por Garotas do Zodíaco.

Entre 2 de janeiro e 20 de fevereiro de 2000, o programa passou a ter o especial de férias sem a presença do elenco e apenas com convidados musicais, denominado "Ressaca do Planeta". Até 12 de março de 2000 no programa nº 150, as Paquitas New Generation permaneceram junto com o grupo You Can Dance (exceto Fly) e a primeira geração de Papaquitos.

4ª Temporada (2000)[editar | editar código-fonte]

A nova etapa desta mesma fase estreou em 19 de Março de 2000, o cenário continua com um tom místico e as modificações ficaram apenas nas iluminações e com a entrada das Garotas do Zodíaco e os três novos Papaquitos.

A abertura passou a ter créditos com imagens da Xuxa. A Xuxa sai da esfera ao cantar a música-tema que ainda continuava em execução, desta vez sem a presença das coreografias de Paquitas e You Can Dance, a Rainha entra desfilando com os novos Papaquitos.

A primeira apresentação de Xuxa com as novas assistentes desta fase foi "A Nova Dança". O jornalista Alex Lerner fazia entrevistas com astros da música internacional e personalidades do mundo artístico. O programa apresentou ainda novos quadros nesse ano, como "Correndo Atrás do Prejuízo", que tentava garantir um dinheiro extra a pessoas com dificuldades financeiras por meio de tarefas estipuladas pelo programa.

5ª Temporada (2001)[editar | editar código-fonte]

Esta fase marca a superação da apresentadora após o trágico fim do Xuxa Park e também do término da 1ª temporada de verão. O programa voltou ao cenário habitual com mudanças. Dessa vez, o mesmo cenógrafo das fases anteriores, misturou imagens de Xuxa com de crianças e animais em tons alegres. O cenário também abrigava a cabine do DJ e um video wall de 20m2. Além disso, a Xuxa passou a descer no lado esquerdo da escada.

Em abril do mesmo ano, o grupo Manos e Minas (composto por Luana Otero, Guilherme Trajano, Gabriel Maciel, Giselle Bezerra, Raul Costa, Lilian Pereira e Eduardo Perin) e os Fortões (composto por Théo Becker e Renato Vianna passam a integrar o programa). As Paquitas 2000 passaram a integrar o Planeta, enquanto o grupo Garotas do Zodíaco é desfeito desde o Planeta Verão.

A abertura é do novo remix da música-tema em que Xuxa faz uma espiã e filma a própria se maquiando e mudando o penteado. Só que no programa, passou a executar a música "Giro do Planeta" com a participação do DJ Abdulah. No encerramento, passava a executar a música "Tem Alguém Cansado Aí?"

Novos quadros foram inaugurados naquele ano, como o "Giro do Planeta", que conta com os reporteres Dudu Miranda, Alex Lerner e Andréa Veiga que realizavam reportagens nacionais e internacionais sobre assuntos variados. Os promoters David Brazil e Amin Khader comandavam a "Redação do Planeta", que falava sobre o mundo das celebridades, a dupla foi conhecida pelo seu bordão: "Não pode, não pode, não pode...". No quadro "Endereço do Coração", Xuxa visitava a casa de amigos famosos: na primeira edição desta fase, Xuxa foi a Goiás visitar o cantor Leonardo. No quadro "Um Homem na Roda", um convidado respondia a três tipos de perguntas (profissionais, íntimas e indiscretas) elaboradas por três atrizes.

6ª Temporada (2002)[editar | editar código-fonte]

A sexta e última temporada, como foi marcado também o último ano de parceria entre Xuxa e Marlene Mattos, estreou no dia 7 de abril à 28 de julho de 2002 quando definiu o fim do programa. O cenário desta fase teve amplo de espaço da discoteca comandada por Xuxa. Com 70m2 a mais, o espaço foi coberto por espelhos e metais, produzindo efeitos de iluminação. As imagens de Xuxa, que marcavam os cenários anteriores, continuavam em cena, mas foram alteradas. Outra alteração foi o espaço ocupado pelos DJs, que ganharam seu próprio canto, acima das arquibancadas, abrindo maior espaço para os números musicais. Xuxa desce numa porta escada de uma esfera, similar a 2ª fase do cenário.

A música-tema desta temporada foi "Conta Comigo" e em alguns programas com "Giro do Planeta". Na abertura, Xuxa sai de um helicóptero ao lado de seguranças para realizar uma transformação radical. Ao lado do antigo e bem sucedido "Intimidade", que recebeu a atriz Solange Couto em sua reestreia na nova fase, estavam "Entre Amigos" e "Espertos do Planeta". Esta fase também acolheu dois novos integrantes, o Escorpião (Rafael) e o Ariano (Marcelo).

Planeta Verão[editar | editar código-fonte]

No verão de 2001, Xuxa e Marlene Mattos criam a versão de verão do Planeta Xuxa, que leva nome de Planeta Verão. O programa era anual e teve duas versões. A primeira em uma ilha, aonde artistas se hospedavam e as câmeras mostravam tudo que se passava por lá, muitas situações engraçadas ocorreram e foram mostradas no ar. Em 2002, o Planeta Verão mostrou competições entre artistas em meio a provas de força física usadas pelo exército. Esta edição conseguiu reerguer a audiência do programa momentaneamente, fazendo atingir média de 23 pontos. Vanessa Alves também estreou neste ano como repórter.

Fim do Planeta Xuxa + Estréia do Xuxa no Mundo da Imaginação[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de julho de 2002, o programa saiu do ar para que Xuxa pudesse se dedicar ao seu programa infantil Xuxa no Mundo da Imaginação, que estrearia no final de outubro. Com fim do programa, o grupo Paquitas também foi extinto, e no último programa é realizado um tipo de recordações e "numerações" como por exemplo: Porcentagem de IBOPE e anos de duração.

Assistentes de Palco[editar | editar código-fonte]

1997 - 2002: Paquitas[editar | editar código-fonte]

Geração Nome Apelido Período em que ficou
Paquitas New Generation Caren Lima Chaveirinho 1997-2000
Graziella Schmitt Grazy Modelão 1997-2000
Diane Dantas Lady Di 1997-1998
Gisele Delaia Miss Queimados 1997-2000
Andrezza Cruz Bocão 1997-2000
Bárbara Borges Babunitona 1997-1999
Vanessa Amaral Flashdance 1997-2000
Paquitas Geração 2000 Letícia Barros Lelé 2001-2002
Thalita Ribeiro Thatá
Gabriella Ferreira Paquita Perua
Monique Alfradique Dique
Lana Rodes Cabritinha
Stephanie Gulin Tété
Joana Mineiro
Daiane Amêndola Docinho

2000: Garotas do Zodíaco[editar | editar código-fonte]

Nome Artístico Signo
Marcella Siede Garota Áries
Fabiana Telles Garota Áries
Marina Azze Garota Touro
Danielle Nabor Garota Gêmeos
Ana Cecília Calderon Garota Gêmeos
Sabrina Miragaia Garota Câncer
Bianca Barbosa Garota Leão
Danah Santos Garota Virgem
Mel de Oliveira Garota Virgem
Giselle Prattes Garota Libra
Fernanda Fontoura Garota Escorpião
Franscini Mello Garota Sagitário
Isabella Ferraz Garota Sagitário
Nadja Haddad Garota Capricórnio
Patrícia Marques Garota Capricórnio
Lívia Pais Garota Aquário
Fernanda de Freitas Garota Peixes

1999 - 2000: Papaquitos[editar | editar código-fonte]

Geração Nome Artístico Apelido
1ª Geração Arnaldo Klay Arnaldo
Márcio Mariante Márcio
Johnson Afonso Johnson
2ª Geração Hugo Resende Canalha
Gustavo Moraes Romântico
Marcos D'Avila Dançarino

2001 - 2002: Manos e Minas[editar | editar código-fonte]

Nome Artístico Apelido
Luana Otero Mina Lu
Lilian Pereira Mina Lili
Giselle Bezerra Mina Gi
Guilherme Trajano Mano Gui
Gabriel Maciel Mano Biel
Raul Costa Mano Rá
Eduardo Perin Mano Edu

2001: Fortões[editar | editar código-fonte]

Nome Artístico Apelido
Théo Becker Fortão Loirinho
Renato Vianna Fortão Moreno

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A versão que tocava na abertura homônima era bem diferente da lançada no álbum "Boas Notícias", com uma rotação mais rápida e curta duração no fim. No segundo semestre, foi executada a versão álbum após ser lançado naquele ano.
  • A música de fundo que tocava no primeiro programa após o tema de abertura, era "Coisa de Maluco" da Banda Fincabaute.
  • Foi nessa mesma edição que lançou a música "Conquista" da dupla Claudinho e Buchecha, que depois se tornou hit naquele ano. Até hoje, é bastante lembrado na década de 1990.
  • A única não-exibição foi a "Intimidade" com a atriz e cantora mexicana Thalia, por motivos da propriedade de exibição da novela "Maria do Bairro" no SBT.
  • Na reexibição do Viva, foram editadas por conta da duração de tempo.
    • No Canal Viva, a única imagem exclusiva da reprise de 2014 é o anúncio e o resumo feito pela apresentadora.
    • Algumas (ou diversas) partes da edição original do Planeta foram cortadas, principalmente dos merchandises do extinto Papa Tudo, devido as irregularidades que vinham fazendo nos últimos anos.
    • As atrações musicais ou convidados, foram cortadas na reprise por fato de serem candidatos de seus respectivos cargos políticos desse ano.
  • Xuxa gravou muitas músicas para o Planeta (fora a segunda versão para a temporada do cenário místico de 1999, que teve as vozes mantidas originalmente das intérpretes de 1997), algumas com participação do DJ Abdulah, e havia elaborado o lançamento de um CD com as músicas, mas no fim o álbum não foi lançado, devido aos lançamentos fixos do Só Para Baixinhos. Porém, os áudios oficiais das músicas foram parar nas mãos de fãs, e divulgaram em downloads e no YouTube. Xuxa gravou várias como Shake com a loira, Alegria do planeta, Vem dançar, Giro do Planeta (essa última lançada em CD em 2013).

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.