Garou: Mark of the Wolves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Garou: Mark of the Wolves
Produtora SNK
Editora(s) SNK
Aruze Corp.
SNK Playmore
Plataforma(s) Arcade
Conversões/
relançamentos
Neo Geo AES
Dreamcast
Playstation 2
XBox Live Arcade
Data(s) de lançamento 11 Nov 1999 (Japão)
Gênero(s) Luta, Duelo, 2D
Modos de jogo Um jogador
Multijogador
Número de jogadores Até 2 jogadores simultâneos
Classificação ESRB: Não classificado (NR)
Média Cartucho
DVD-ROM
GD-ROM
Hardware
Sistema Neo Geo MVS (Cartucho de 688 Mb)
Gabinete Vertical
Vídeo Raster
Resolução 320 x 224 píxeis (Horizontal)

Garou: Mark of the Wolves (餓狼 MARK OF THE WOLVES?) é um jogo de luta de 1999 produzido pela SNK, inicialmente para o sistema Neo Geo. É o nono e último jogo da série Fatal Fury, e ocorre dez anos após a morte de Geese Howard em Real Bout Fatal Fury. O jogo é conhecido por explorar ao máximo as capacidades gráficas do Neo Geo e por seu elenco balanceado de personagens e jogabilidade altamente técnica.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O sistema de dois planos, no qual os personagens lutam a partir de planos diferentes, característico da série, foi removido do jogo. Foi introduzido o sistema Tactical Offense Position (T.O.P.), ou "Posição Ofensiva Tática", que é uma área especial na barra de energia. Quando essa área é alcançada, o personagem entra em modo T.O.P, concedendo ao jogador a habilidade de usar o ataque T.O.P., recuperação gradual de energia e dano maior de ataque. Também foi introduzido o sistema Just Defend ou "Acabar de Defender", o qual recompensa os jogadores que bloqueiam com sucesso um ataque no último momento com uma pequena quantidade de recuperação de energia e a habilidade para imediatamente contra-atacar a partir de um atordoamento no bloqueio.

Semelhante aos títulos anteriores, aos jogadores é dada uma categoria de luta após cada assalto. Se o jogador conseguir terminar todos os assaltos com pelo menos uma categoria AAA no Arcade Mode, então enfrentará o chefe Kain R. Heinlein, o qual libera um encerramento após derrotá-lo. Se os requisitos não forem alcançados, então Grant será o chefe final e não haverá encerramento especial. Além disso, ainda no Arcade Mode, antes de enfrentar Grant, o jogador enfrentará um subchefe que pode ser qualquer personagem do elenco dependendo do personagem que o jogador estiver usando.

História[editar | editar código-fonte]

Passaram-se dez anos depois da morte de Geese Howard em Real Bout Fatal Fury, trazendo um único personagem da série Fatal Fury, o lutador Terry Bogard, que apresenta um novo visual e agora faz papel secundário na trama.

Second Southtown[editar | editar código-fonte]

Em Garou: M.O.T.W. a cidade de Second Southtown sedia o novo torneio King of Fighters (The King of Fighters: Maximum Mayhem), organizado por Kain R. Heinlein, cunhado do falecido chefão do crime Geese Howard. Second Southtown é uma cidade vizinha à Southtown, cenário de muitos jogos da SNK.

Rock Howard: A nova geração[editar | editar código-fonte]

O jogo traz um grupo de personagens totalmente novos, com destaque para Rock Howard, filho de Geese e discípulo de Terry, introduzindo-o como novo herói do jogo. Rock possui golpes de seu pai, como Reppuken, Double Reppuken e Raising Storm e variações dos golpes de seu mestre, como Power Dunk, Rising Tackle e Burn Knuckle.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Regulares[editar | editar código-fonte]

  • Rock Howard: Filho de Geese Howard e aluno de Terry Bogard, é o novo herói do jogo;
  • Terry Bogard: No último encontro com Geese, este despenca do alto de uma torre, deixando para trás o filho, Rock. Terry então se sente culpado pelo acidente, e decide treinar Rock;
  • Kevin Rian: Um policial de Southtown, também é amigo de Terry e Rock. Entrou para o campeonato em busca do assassino de seu parceiro;
  • Bonne Jenet: Uma pirata que tem uma queda por Terry Bogard. Entrou no campeonato por mera diversão;
  • Kim Dong Hwan: Ensinado por seu pai, Kim Kaphwan, tem uma rivalidade amigável com seu irmão Kim Jae Hoon, sendo muito mais convencido do que este. Entrou no campeonato para provar ser superior a Jae Hoon;
  • Kim Jae Hoon: Também filho e discípulo de Kim Kaphwan, possui a mesma atitude do pai. Entrou no campeonato para aprimorar seus conhecimentos em batalha;
  • Gato Futaba: Um lutador poderoso que perdeu suas memórias, incluindo as sobre sua família. Entrou no campeonato por saber que o assassino iria participar. Sua irmã é Hotaru Futaba;
  • Hotaru Futaba: Irmã mais nova de Gato. Entrou no campeonato por saber que seu irmão participaria;
  • Hokutomaru: Pertence ao mesmo clã ninja de Mai Shiranui, e foi treinado por Andy Bogard;
  • Marco Rodriguez: Marco é um mestre no Caratê Kyokugenryu. Perdeu para Ryo Sakazaki nas finais do último torneio. Desde então foi para a floresta treinar entre os ursos. Entrou no campeonato para se aprimorar mais;
  • The Griffon Mask: É um famoso campeão de luta-livre em Second Southtown. Com o passar do tempo sua fama foi decaindo e a entrada no campeonato foi mais uma forma de se reerguer;
  • Freeman: Um misterioso assassino serial que matou diversas pessoas, entre elas, o parceiro e amigo de Kevin Rian, e a família de Gato. Entrou no campeonato por ouvir que aconteceria algo sinistro.

Chefes[editar | editar código-fonte]

  • Grant: Seu nome verdadeiro é Abel Cameron, e é mestre num estilo de luta obscuro conhecido como Caratê Ankoku. Ele é o melhor amigo de Kain R. Heinlein e seu guarda-costas pessoal;
  • Kain R. Heinlein: É o misterioso anfitrião do torneio. Sendo o irmão caçula de Marie Heinlein (esposa falecida de Geese Howard e, assim, mãe de Rock Howard), é o tio de Rock.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Garou: Mark of the Wolves foi lançado originalmente nos arcades japoneses em 11 de Novembro de 1999. Ele foi adaptado primeiramente para o Neo Geo AES em 25 de Fevereiro de 2000, e para o Dreamcast em 21 de Setembro de 2001. Esta última versão foi relançada em 23 de Maio de 2002 com o selo SNK Best. Tudo isso em território japonês. A versão original de Dreamcast foi a única lançada na América do Norte em 23 de Novembro de 2001, pela Aruze, sendo renomeada para Fatal Fury: Mark of the Wolves. Uma versão de PlayStation 2 do jogo foi lançada em 30 de Junho de 2005 somente no Japão, já pela SNK Playmore. Esta versão foi relançada na coleção Neo Geo Online Collection e como Limited Edition em 30 de Junho de 2005. Em 21 de Junho de 2007, mais uma vez foi relançada sob o selo SNK Best, devido às boas vendas, sempre no Japão. Em 20 de Abril de 2009, Microsoft e SNK Playmore anunciaram que o título sairia para Xbox Live Arcade, sendo publicado então em 25 de Junho de 2009.

Trivia[editar | editar código-fonte]

  • Terry Bogard, além de ter mudado a aparência, é o único personagem da série anterior que participa do jogo, além de não ser mais o herói;
  • Marco Rodriguez é o nome do personagem na versão japonesa original e é brasileiro. Na versão americana, o nome do carateca foi mudado para um nome ainda menos característico no país, Khushnood Butt. O mesmo aconteceu com The Griffon Mask, que foi renomeado como Tizoc;
  • No cenário de Hokutomaru, podem ser vistas imagens ligadas aos antigos jogos da série, como a foto de Geese e seus capangas, ou o que parece ser Mai e Andy de mãos dadas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial dos 15 anos de Fatal Fury (em japonês)