Garrafa térmica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrow 2.svg
Este artigo ou secção deverá ser fundido com Frasco de Dewar.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão com|....|{{subst:DATA}}}}.

Se discorda, discuta sobre esta fusão aqui.
Modelo de garrafa térmica

Uma garrafa térmica ou, simplificado, termo ou termos,[1] é um recipiente portátil que tem como objetivo evitar a troca de calor entre o conteúdo que está em seu interior e o ambiente, mantendo sua temperatura temporariamente constante. Foi inventada em 1892 pelo físico-químico escocês James Dewar.

A garrafa térmica é construída de forma a dificultar as três formas de transferência de calor: convecção, condução e radiação. Portanto, é constituída por uma ampola com duas paredes de vidro (por ser um mau condutor de calor) muito delgado, com a forma do recipiente; entre essas paredes, é formado um ar rarefeito, que se assemelha ao vácuo, o que serve para evitar a convecção e a condução. Essas paredes também são espelhadas tanto no lado de fora quanto no de dentro, por isso consegue retardar a irradiação. Esta ampola é protegida por um invólucro exterior, que pode ser de metal ou plástico, para proteger a ampola e facilitar a sua portabilidade. As ampolas também podem se apresentar confeccionadas em material sintético ou aço inoxidável.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dicionário da Sociedade de Língua Portuguesa, Lisboa, 1971

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um objeto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.