Gary Glitter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gary Glitter
Informação geral
Nome completo Paul Francis Gadd
Também conhecido(a) como Paul Raven, "The Leader"
Nascimento 8 de maio de 1944 (70 anos)
Local de nascimento
 Inglaterra
Origem Banbury, Oxfordshire
Gênero(s) glam rock, pop
Período em atividade 1970–1999
Outras ocupações Compositor
Gravadora(s) Decca Records, Bell Records, EMI, Arista Records, Attitude Records, Epic Records
Afiliação(ões) The Poets, The Glitter Band

The Glitter Band

Gary Glitter (Paul Francis Gadd, Banbury, Oxfordshire, 8 de maio de 1944) é um cantor e compositor de Glam rock que ficou muito popular nos anos 70.

Ainda adolescente, Glitter se apresentava em vários clubes de Londres. Em janeiro de 1960, usando o nome artístico de Paul Raven, lançou seu primeiro single, "Alone in the Night" mas não obteve o sucesso esperado.

Em 1965 Glitter se juntou ao grupo Mike Leander Show Band cujo vocalista, Mike Leander, depois escreveria as letras de todos os hits de Glitter.[1] Após a dissolução da banda, ele fundou Boston International com o saxofonista John Rossall, e passou os cinco anos seguintes em turnê pelo Reino Unido e Alemanha. Sob o nome Paul Monday, Glitter lançou vários singles.

Nos anos 1970, Glitter voltou-se para o glam rock e passou a usar o nome Gary Glitter.[1] A canção que o tornou conhecido começava como uma jam (improvisação) de 15 minutos, dividida em duas partes e lançadas como lados A e B de um single, chamado "Rock and Roll, Parts One and Two".[1]

O sucesso de Glitter superou todas as expectativas e fez de sua música uma síntese do glam rock. Outros sucessos se seguiram como "Do You Wanna Touch Me?" (Oh Yeah!), "I'm The Leader of The Gang (I Am)", "I Love You Love Me Love", "Always Yours" e "Oh Yes! You're Beautiful".

Em 1994 participou do concerto da Copa do Mundo em Chicago, que foi transmitido ao vivo para 46 países.[1] Na mesma época teve um sucesso modesto com uma versão cover de "The House of the Rising Sun".[1]

Em 1998 teve a música "I'm The Leader of The Gang (I Am)" regravada pelas Spice Girls, para a trilha sonora do filme Spice World - The Movie, Gary inclusive fez uma participação no filme, porém ela precisou ser cortada na edição final devido ao enorme número de crianças que eram fãs da Girl Band

Gary foi condenado várias vezes por crimes relacionados à pedofilia. Em 1999, passou quatro meses em uma prisão na Grã-Bretanha acusado de manter material com teor pornográfico infantil.[2] Em 2002, foi expulso do Camboja[3] e em 2008, foi libertado de uma prisão vietnamita após três anos de prisão por tentativa de molestar duas meninas.[4] Em antecipação a sua libertação , o governo das Filipinas declarou que o cantor não é bem-vindo no país.[5] . Em 28 de outubro de 2012, foi detido novamente, em Londres, por suspeita de abuso sexual [6]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

  • (1972) Glitter #8 UK; #2 Aus
  • (1973) Touch Me #2 UK; #2 Aus
  • (1975) G.G
  • (1977) Silver Star
  • (1984) Boys Will Be Boys
  • (1991) Leader 2
  • (2001) On

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • (1974) Remember Me This Way #5 UK (live/soundtrack); #8 Aus
  • (1988) The Gang, the Band, the Leader
  • (1990) Live and Alive
  • (2005) Live in Concert

Compilação[editar | editar código-fonte]

  • (1976) Greatest Hits #33 UK
  • (1977) I Love You Love Me Love
  • (1979) Always Yours
  • (1980) Leader
  • (1981) Golden Greats
  • (1987) C'mon, C'mon ... It's the Gary Glitter Party Album
  • (1992) Many Happy Returns #35 UK
  • (1995) 20 Greatest Hits
  • (1997) The Ultimate Gary Glitter (AKA 25 Years of Hits) #112 UK
  • (1998) Rock and Roll - Gary Glitters Greatest Hits
  • (2003) The Early Years
  • (2005) The Remixes
  • (2006) The Best of Gary Glitter

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e Dave Thompson. Gary Glitter Biography allmusic. Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  2. Glitter jailed over child porn BBC News (12 de novembro de 2009). Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  3. Glitter deported from Cambodia BBC News (7 de janeiro de 2003). Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  4. Gary Glitter flown out of Vietnam BBC News (19 de agosto de 2008). Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  5. Philippines bans paedophile Gary Glitter as he prepares to leave Vietnamese jail Daily Record (16 de maio de 2008). Página visitada em 30 de outubro de 2012.
  6. Gary Glitter é detido por suspeita de abuso sexual em Londres Terra] (28 de outubro de 2012). Página visitada em 30 de outubro de 2012.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Glitter, Gary. Leader: The Autobiography of Gary Glitter. [S.l.]: Ebury Press, 1991. ISBN 0-85223-977-7

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gary Glitter
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.