Gaspar Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gaspar Dias
Nome completo Gaspar Dias
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Área Pintor
Movimento(s) Maneirismo
Aparição do Anjo a S. Roque, c. 1584. Igreja de S. Roque, Lisboa

Gaspar Dias foi um pintor maneirista de Portugal, ativo entre 1560 e 1591.

Foi um dos pintores portugueses que o rei D. Manuel mandou estudar em Itália de modo a melhorar o seu estilo e a aperfeiçoar-se na arte, para o que tomou por modelo as obras de Rafael e de Miguel Ângelo. Voltando à pátria pintou por ordem do soberano vários quadros a óleo para o Real Mosteiro de Belém, e outras igrejas mais. O quadro do Senhor Crucificado que está no claustro foi por ele copiado de outro, original de seu mestre Miguel Ângelo[1] .

Joaquim Caetano o considera um dos dois mais importantes expoentes da pintura portuguesa na segunda metade do século XVI [2] .

Referências

  1. Taborda, José da Cunha, Regras da arte da pintura (http://purl.pt/6251)
  2. Joaquim Caetano, Ao Modo de Itália (http://joaquimcaetano.wordpress.com/amor-fama-e-virtude/ao-modo-de-italia/)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.