Gavin Hastings

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gavin Hastings
Gavin Hastings.jpg
Hastings em 2010
Informação pessoal
Nome completo Andrew Gavin Hastings
Data de nascimento 06 de janeiro de 1962 (52 anos)
Naturalidade Edimburgo,  Reino Unido
Carreira no Rugby
Situação actual
1986-1995
1989-1993
Flag of Scotland.svg Escócia
British and Irish Lions flag.svg British and Irish Lions
61
6
(667)
61

Andrew Gavin Hastings, OBE (Edimburgo, 3 de janeiro de 1962) é um ex-jogador escocês de rugby union, onde atuava como fullback,[1] e de futebol americano, onde foi kicker.[2]

Foi um dos maiores jogadores do rugby escocês. Defendeu a Seleção Escocesa de Rugby de 1986 a 1995, período onde jogou aquela que é considerada a última grande geração deste esporte na Escócia e onde jogou ao lado do irmão, Scott Hastings, com quem estreou na mesma partida. Em 61 jogos por ela, Gavin anotou 667 pontos, números que lhe faziam o maior artilheiro da seleção antes de Chris Paterson. Venceu o Cinco Nações 1986 e o Cinco Nações 1990 (quando os escoceses obtiveram pela última vez um grand slam - ou seja, 100% de aproveitamento). Desde então, ela só venceu o Cinco Nações 1999,[2] jamais tendo ganho o Seis Nações, criado um ano depois.[3]

Na Copa do Mundo de Rugby de 1991, Hastings e a Escócia terminaram na quarta colocação, melhor resultado do Cardo na competição,[2] [3] campanha que poderia ter sido melhor em razão dele: a semifinal foi um clássico contra a Inglaterra em plena Edimburgo, no Murrayfield. Estava empatada em 6-6 no segundo tempo, quando Hastings perdeu um penal frontal, um lance que lhe marcaria.[1]

Big Gav é também o segundo maior artilheiro das Copas do Mundo de Rugby, totalizando 227 pontos entre os mundiais de 1987 e 1995. O recorde chegou a ser seu, antes de ser ultrapassado pelo inglês Jonny Wilkinson,[4] outra das maiores lendas do esporte.[5] Hastings continua como maior pontuador escocês na competição.[4] Defendeu, também com o irmão Scott, ainda os British and Irish Lions, a seleção que reúne Grã-Bretanha e Irlanda para amistosos, marcando por ela 66 pontos em 6 jogos, além de dez partidas pelo Barbarians.[2]

Em 1996, Gavin passou a jogar brevemente futebol americano, sendo o caso mais famoso de quem passou a jogá-lo depois de começar no rugby. Não chegou a atuar nos Estados Unidos, e sim na própria Escócia natal, pelos Scottish Claymores, equipe profissional que disputava a World League, criada pela NFL para difundir este esporte pelo mundo. Naquele mesmo ano, foi campeão do World Bowl,[2] mas não chegou a fazer sucesso pessoal.[1]

Hastings, atualmente, é diretor do clube de rugby union Edinburgh e integra a comissão de notáveis que anualmente elege o melhor jogador de rugby do mundo pela International Rugby Board.[6]

Referências

  1. a b c BAINES, Huw (outubro de 2008). Gavin Hastings ESPN Scrum. Visitado em 07/04/2013.
  2. a b c d e RAMALHO, Victor (04/04/2012). Jogador de rugby vai para a NFL Portal do Rugby. Visitado em 07/04/2013.
  3. a b Un histórico de gris presente (setembro de 2011). El Gráfico - Guía de la Copa do Mundo. Revistas Deportivas, p. 24
  4. a b Most individual points ESPN Scrum. Visitado em 07/04/2013.
  5. Wilkinson, el mito vivente (setembro de 2011). El Gráfico - Guía de la Copa do Mundo. Revistas Deportivas, p. 21
  6. RAMALHO, Victor (19/10/2011). IRB anuncia finalistas do prêmio de melhor do Mundo Portal do Rugby. Visitado em 07/04/2013.