Gaziura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gaziura (em grego: Γαζίουρα) foi uma cidade da região do Ponto, no nordeste da Ásia Menor, situada nas margens do rio Íris (atual Yeşilırmak), junto ao local onde o seu curso vira para norte. Foi o local de residência dos reis do Ponto, mas no tempo de Estrabão (63 a.C.–24 d.C.) já estava deserta.[1] Dião Cássio (ca. 155–229 d.C.) refere-se à cidade como o lugar onde Mitrídates VI do Ponto (r. 120–63 a.C) tomou posição contra os triários romanos.[2] [3]

Alguns académicos identificam Gaziura com Talaura,[4] o local onde Mitrídates VI escondeu os seus tesouros, outros com Ibora, uma sé titular católica romana e outros ainda com a moderna cidade de Turhal,[5] na província de Tokat.[6] Tanto Talaura como Ibora se situam nas proximidades do que é hoje Turhal.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Gaziura», especificamente desta versão.
  1. Estrabão, Geografia, Livro XII, Capítulo 3, 15 [fr] [en] [en] [en]
  2. Dião Cássio, História de Roma. XXXV. 12.
  3. Plínio, o Velho, Naturalis Historia. VI. 2.
  4. Smith, William (1856). "Bergulae". (em inglês) Dictionary of Greek and Roman Geography 1. Londres: Walton & Maberly. 393. Consultado em 17 de março de 2012. 
  5. Talbert, Richard J. A. (ed.). Barrington atlas of the Greek and Roman world (em inglês). [S.l.]: Princeton University Press, 2000. 102 pp. ISBN 9780691031699 (Mapa 87 & notas)
  6. Knight, Kevin. Ibora (em inglês). www.newadvent.org. Robert Appleton Company, New Advent Catholic Encyclopedia. Página visitada em 17 de março de 2012.


Ícone de esboço Este artigo sobre História da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.