GeForce 600

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NVIDIA GeForce 600
Codinome Kepler
Lançado em 22 de março de 2012
GPU básica GT 610, GT 620, GT 630, GT 640
GPU Intermediária GTX 650, GTX 660, GTX 660 Ti
GPU Topo-de-linha GTX 670, GTX 680, GTX 690
Versão DirectX DirectX 11
Pixel Shader 5.0
Concorrência Radeon HD 7000

A série GeForce 600 é uma família de Unidades de processamento gráfico desenvolvida pela NVIDIA, usada em Desktops e notebooks. Ela serve como uma introdução para a Arquitetura Kepler (De codenome "GK"), em homenagem ao matemático alemão, astrônomo e astrológo Johannes Kepler.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A NVIDIA anunciou a nova arquitetura pela primeira vez em setembro de 2010.[1]

No início de 2012, detalhes das primeiras placas da série surgiram. Inicialmente as placas seriam de nível básico, destinadas para notebooks baseadas na antiga arquitetura, a Fermi.

Em março de 2012, as primeiras placas foram lançadas: a GTX 680 para desktops, e as GT 640M, GT 650M e GTX 660M para notebooks/laptops. A GK104 (Codenome da GTX680) possui 1536 núcleos CUDA (Em oito grupos de 192) e três bilhões e meio de transístores. A GK107 (GT 640M, GT 650M e GTX 660M) possuem 384 núcleos CUDA;

Em 29 de abril de 2012, a primeira placa com duas unidades de processamento gráfico (GPU) foi lançada, a GTX 690, que possui duas GPUs das GTX680, totalizando 3072 núcleos CUDA e 512 bits de interface da memória.[2]

Referências

  1. Nvidia's Future GPUs Will Be Kepler, Then Maxwell www.tomshardware.com. Página visitada em 18 de maio de 2012.
  2. GeForce GTX 690 - GeForce www.geforce.com. Página visitada em 18 de maio de 2012.


Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.