Gedalias (governador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gedalias (do hebraico גדליה, feito grande por Jeová), foi filho de Aicão e neto do secretário do rei Josias, Safã.(Jeremias 26:24)[1]

Em 588 a.C.,[2] ele foi nomeado por Nabucodonosor II governante do país, após a destruição de Jerusalém (II Reis 25:22, Jeremias 40:5, Jeremias 52:16). No sétimo mês [Nota 1] de 588 a.C.,[2] três meses depois da destruição de Jerusalém, Gedalias foi morto pelo rebelde Ismael, em Mispá (Jeremias 41:2-3).[1] Segundo Ussher, os judeus rememoram este assassinato com um jejum, em todo dia 3 do mês Tizri.[2] [Nota 2]

Notas e referências

Notas

  1. Ussher se refere ao calendário religioso hebraico.
  2. Este feriado é o Tzom Gedaliah.

Referências

  1. a b Easton's Bible Dictionary, (4.) Gedaliah [em linha]
  2. a b c James Ussher, The Annals of the World [em linha]
Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.