Gelásio de Cesareia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Gelásio de Cesareia (m. 395 d.C.) foi um bispo de Cesareia Marítima de 367 até 373 e de 379 d.C. até sua morte. Ele foi também um escritor, embora nenhuma de suas obras tenha sobrevivido.

Vida e obras[editar | editar código-fonte]

Gelásio participou do Primeiro Concílio de Constantinopla em 381 d.C. Ele foi forçado a renunciar a sua posição de bispo para o semi-ariano Euzóio de Antioquia entre os anos de 373 e 379 d.C., pois em se tratando de cristologia, Gelásio era um niceano firme[1] :p. 211.

De acordo com Jerônimo de Estridão, seu estilo era cuidadoso e polido, embora ele nunca tenha publicado o que escreveu[1] :p. 211[2] . Porém, no século V d.C., Sócrates Escolástico citou algumas de suas obras[3] e parece que ele escreveu uma sequência para a História Eclesiástica de Eusébio, preservada nos primeiros quinze capítulos do décimo livro adicionado por Rufino à "História..." de Eusébio, que inclui a lenda da descoberta da Cruz verdadeira por Helena.

Gelásio era sobrinho de Cirilo de Jerusalém[1] :p. 210, o mais vigoroso defensor de Jerusalém no final do século IV d.C. e que, em seu leito de morte, pediu que Gelásio escrevesse sua história[4] .

Referências

  1. a b c Tixeront, Joseph. A Handbook of Patrology (em inglês). [S.l.: s.n.], 1923.
  2. Jerónimo de Estridão. De Viris Illustribus (On Illustrious Men) (em inglês). [S.l.: s.n.]. Capítulo: 133.
  3. Stephenson, Paul. Constantine, Roman Emperor, Christian Victor (em inglês). [S.l.: s.n.], 2010. 254f. pp.
  4. Stephenson 2010:255.
Precedido por
Acácio de Cesareia
bispo de Cesareia
367–373, 379–395
Sucedido por
Euzóio