Gelegenheitsarbeit einer Sklavin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gelegenheitsarbeit einer Sklavin
Trabalhos ocasionais de uma escrava (BR)
 Alemanha Ocidental
1973 • p&b • 131 min 
Direção Alexander Kluge
Roteiro Alexander Kluge
Elenco Alexandra Kluge
Bion Steinborn
Sylvia Gartmann
Traugott Buhre
Género drama
Idioma alemão
Página no IMDb (em inglês)

Gelegenheitsarbeit einer Sklavin (Trabalhos ocasionais de uma escrava, título no Brasil), é um filme de 1973 do realizador alemão Alexander Kluge.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A enfermeira Roswitha Bronski (Alexandra Kluge) é casada com o químico Franz Bronski (Bion Steinborn), com quem teve três filhos. Como o marido apenas estuda, com a intenção de ser um novo gênio da química, Roswitha tem de sustentar a família realizando abortos numa clínica clandestina. Tendo de enfrentar a indiferença do marido, que a considera intelectualmente inferior, a hostilidade aberta de médicos como o Dr. Genée (Traugott Buhre) e uma dupla jornada massacrante, Roswitha recebe mais um duro golpe quando sua clínica é fechada pela polícia. É então que começa a sua jornada para se redefinir enquanto mãe, esposa e membro de uma sociedade ameaçada por uma precoce globalização.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Roswitha Bronski: Alexandra Kluge
  • Franz Bronski: Bion Steinborn
  • Sylvia: Sylvia Gartmann
  • Dr. Genée: Traugott Buhre
  • Sra. Willek: Ursula Birichs
  • Chefe de segurança da fábrica: Alfred Edel

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.