Gelindo Bordin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gelindo Bordin
Atletismo
Modalidade Maratona
Nascimento 2 de Abril de 1959 (55 anos)
Vicenza
Nacionalidade Itália italiana
Compleição Peso: 68 kg Altura: 1,80m
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Seul 1988 Maratona
Campeonatos Mundiais
Bronze Roma 1987 Maratona
Campeonato Europeu
Ouro Stuttgart 1986 Maratona
Ouro Split 1990 Maratona

Gelindo Bordin (Vicenza, 2 de abril de 1959) é um ex-fundista italiano, campeão da maratona nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988.[1]

Seu primeiro resultado internacional expressivo foi conseguido no Campeonato Europeu de Atletismo em 1986, quando conquistou a medalha de ouro na maratona. No ano seguinte, no Campeonato Mundial de Atletismo em Roma, Gelindo ficou com a terceira colocação e a medalha de bronze.

Seul 1988 foi o ápice da carreira do corredor italiano. Correndo a prova num ritmo conservador junto aos líderes africanos até os cinco quilômetros finais, Bordin disparou na altura dos 40 km para cruzar a linha de chegada do estádio olímpico como primeiro italiano a vencer a maratona em Olimpíadas. Oitenta anos antes, outro italiano, Dorando Pietri, num dos momentos mais famosos da história dos Jogos, também completou a prova em primeiro lugar, mas ajudado pelos fiscais nos últimos metros devido à sua completa exaustão e desorientação, acabou desclassificado. Bordin ofereceu sua vitória a ele.

Em abril de 1990 ele se sagrou o primeiro e único campeão olímpico a vencer a Maratona de Boston e quatro meses depois defendeu com sucesso seu título europeu ganhando novamente a medalha de ouro em Split, na antiga Iugoslávia.

Após uma tentativa sem sucesso de conquistar o bicampeonato olímpico em Barcelona 1992, devido a uma distensão muscular na metade da prova que o fez abandonar a corrida, Gelindo Bordin retirou-se do atletismo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências