General Motors EV1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
General Motors EV1
EV1A014 (1) cropped.jpg
Visão Geral
Nomes
alternativos
Saturn EV1
Produção 1996 - 1999
(1.117 unidades)
Fabricante General Motors
Modelo
Carroceria Compacto
Modelos relacionados
Honda EV Plus
Tesla Roadster
Chevrolet Volt Concept
Fiat Palio Elétrico
Volkswagen 1-litre concept
Cronologia
Último
Último
Impact (protótipo)
Chevrolet Volt (prototype)
Próximo
Próximo


O EV1 foi a primeiro veículo elétrico moderno lançado no mercado e produzido por uma grande empresa automobilística, a General Motors.[1] [2] Foi introduzido no mercado em 1996, estava disponível nos estados americanos do Arizona e na Califórnia apenas como uma locação de prazo fixo. A produção foi interrompida em 1999, e entre 2003 e 2004 todos os carros alugados foram removidos do mercado. A maioria foi destruida e alguns foram doados a museus e universidades.[2] A interrupção foi e continua a ser um tema muito controverso, questionado por grupos ambientalistas.

História[editar | editar código-fonte]

Comercialmente lançado no mercado norte americano em 1996, o carro eléctrico EV1 inicialmente esteve disponível somente na Califórnia e Arizona, sob a modalidade de locação financeira ou contrato de “leasing”, limitado a um prazo de três anos ou a um uso máximo de 30.000 milhas.[3] As restrições foram motivadas pelo fato do EV1 e seus motoristas ser parte de uma avaliação de engenharia em condições de uso real, criada pelo Grupo de Veículos de Tecnologia Avançada da GM, e que fazia parte também de uma análise de mercado e estudo da viabilidade de produção e marketing do veículo eléctrico de passeio para alguns mercados americanos.[4] [5] Ao início o EV1 foi produzido com baterias convencionais de chumbo e ácido sulfúrico que depois foram substituidas por baterias de Ni-MH.[2]

O EV1 foi introduzido primeiro em Los Angeles, Califórnia e Phoenix/Tucson, Arizona. Um ano depois foi lançado em São Francisco e Sacramento. Um modelo opcional 1999 estava equipado com baterias Ni-MH, e aparentemente nunca foi oferecido no Arizona, pois esse tipo de bateria não funcionava bem em clima muito quente. De acordo com o contrato de arrendamento, a GM estipulou que a manutenção e serviço periódico do EV1 somente seria efectuado nas concessionárias Saturn previamente escolhidas.

Who Killed the Electric Car?[editar | editar código-fonte]

O documentário Who Killed the Electric Car? (em português: Quem Matou o Carro Elétrico?) foi estreado em novembro de 2006 e retrata o desenvolvimento, a comercialização e a retirada do mercado de carros eléctricos, especialmente o EV1.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sperling, Daniel and Deborah Gordon (2009) (em Inglês), Two billion cars: driving toward sustainability, Oxford University Press, New York, pp. 72-74, ISBN 978-0-19-537664-7  (Em inglês)
  2. a b c Sherry Boschert (2006) (em Inglês), Plug-in Hybrids: The Cars that will Recharge America, New Society Publishers, Gabriola Island, Canada, pp. 10-27 and 106-109, ISBN 978-0-86571-571-4  Veja Capítulo 2 (Em inglês)
  3. EV1 FAQ. Página visitada em 04 de Novembro de 2009.
  4. 20 Truths About the GM EV1 Electric Car. Página visitada em 04 de Novembro de 2009.
  5. At Witz' End: GM EV1 - The Real Story, Part III — Autoblog Green. Página visitada em 04 de Novembro de 2009.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre General Motors EV1
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.