Gens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Na Roma antiga, gens ou genos (pl. gentes) era um grupo de pessoas ou clã que compartilhavam o mesmo nome de família. Os diferentes ramos do mesmo gens tinham um sobrenome comum [1] Por exemplo, o gens Cornelia incluía os Cornelii Scipiones, Cornelii Balbi, Cornelii Lentuli, etc.[1] .

O conjunto de famílias que se encontravam ligadas politicamente a uma autoridade em comum, o Pater Gentis. Usavam um nome em comum por se julgar descendentes de um antepassado comum. A gens tinha seu equivalente na Grécia com o nome (genos), que se formava a partir de uma grande família consanguínea com um antepassado em comum. A gens ou genos é a unidade. Várias gens constituem uma fratria e várias fratrias uma tribo.Além de tudo são pessoas que se juntam para um objetivo em comum.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Jean-Claude Fredouille, Dictionnaire de la civilisation romaine, Larousse, Parigi 1986, p.118.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.