Geoffrey de Havilland

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Geoffrey de Havilland
em Perth, Austrália após vencer a Centenary Air Race em 1929.

Nascimento: Buckinghamshire, Inglaterra Flag of England.svg, 27 de julho de 1882

Falecimento: Hertfordshire Inglaterra Flag of England.svg, 21 de maio de 1965 (82 anos)

Nacionalidade: britânico

Ocupação: engenheiro aeronáutco

Esposas: Louise Thomas (de 1909 a 1949)
e Joan Mary Firth (de 1951 a 1965)

Filhos: teve três filhos.
(Geoffrey Roald de Havilland Jr. nascido em 1910 faleceu em 27 de Setembro de 1946 enquanto pilotava o protótipo do de Havilland DH 108)[1] [2] [3]

Primas: Olivia de Havilland
e Joan Fontaine

Geoffrey de Havilland, (Buckinghamshire, 27 de julho de 1882Hertfordshire, 21 de maio de 1965) foi um engenheiro e pioneiro da aviação britânico. É primo das famosas atrizes ganhadoras do Oscar Olivia de Havilland e Joan Fontaine.

Segundo filho do reverendo Charles de Havilland e Alice Jeannette Saunders, cursou a escola de engenharia de Crystal Palace de 1900 a 1903. Terminados seus estudos interessou-se primeiro em engenharia automobilística, construindo carros e motocicletas. Também trabalhou com fabricantes de motores e ônibus.

Após casar-se em 1909 iniciou sua carreira de projetista e construtor de aeronaves, além de piloto, na qual permaneceu até o fim de sua vida.

Seu primeiro avião foi construído com dinheiro emprestado de seu avô materno. Sua construção levou dois anos e foi destruído durante seu primeiro vôo, perto de Litchfield, Hampshire. Seus projetos seguintes tiveram mais sucesso e em 1912 bateu o recorde britânico de altitude, chegando a 10.500 pés (3,2 km) em uma aeronave por ele projetada.

Em dezembro de 1910, ingressou na HM Balloon Factory, em Farnborough, que depois se tornaria a Royal Aircraft Factory. Vendeu seu segundo avião (no qual aprendeu a voar) para seu novo empregador por 400 libras - o qual se converteu no Royal Aircraft Factory F.E.1, lá permaneceu por três anos envolvido em diversos projetos.

Em janeiro de 1914, foi nomeado inspetor de aeronaves. Entretanto descontente de deixar seu trabalho de projeto de aeroves em maio foi contratado como projetista chefe da Airco, em Hendon. Lá projetou várias aeronaves, todas contendo suas iniciais no nome DH. Várias de suas aeronaves foram usadas pela Força Aérea Inglesa durante a Primeira Guerra Mundial.

Quando, terminada a guerra, a Airco entrou em crise financeira e foi comprada pela Birmingham Small Arms Company, para produção de automóveis, De Havilland comprou parte do patrimônio e iniciou a de Havilland Aircraft Company em 1920.

De suas várias aeronaves, a que mais se destacou foi o Mosquito,[4] durante a Segunda Guerra Mundial. Em 1960 a empresa foi comprada pela Hawker Siddeley Company.

Foi nomeado cavaleiro em 1944 e se aposentou da empresa em 1955. Faleceu de hemorragia cerebral em 1965.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Geoffrey de Havilland

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • de Havilland, Geoffrey. Sky Fever: The Autobiography of Sir Geoffrey De Havilland. Ramsbury, Marlborough, Wiltshire, UK: Crowood Press Ltd., 1999. ISBN 1-84037-148-X .
  • Smith, Ron. British Built Aircraft - Greater London. Stroud, UK: Tempus Publishing, 2002. ISBN 0-7524-2770-9.

Referências

  1. (em inglês) Channel4
  2. (em inglês) 1000aircraftphotos
  3. (em português) Jetsite - deHavilland, um grande nome em todo o mundo
  4. (em português) No site Youtube é possível assistir o vídeo British De Havilland Mosquito.


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.