Geografia da Fome

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Geografia da Fome é um livro do geógrafo brasileiro Josué de Castro, publicado em 1946.

Nele o autor define o conceito de fome que utilizará em toda a sua obra, além de identificar as áreas de fome endêmica e epidêmica no Brasil. Nesse livro mostra o que o autor pensa sobre o problema da fome e como podemos resolve-lo.

Geografia da Fome já foi traduzido para mais de 25 idiomas.

Na década de 1950, o cineasta italiano Roberto Rossellini, ideologicamente próximo do Comunismo, estava empenhado em realizar uma série de filmes abordando a fome em vários continentes e interessou-se em adaptar Geografia da Fome para o cinema.[1]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prêmio Pandiá Calógeras, da Associação Brasileira dos Escritores [2]
  • Prêmio José Veríssimo, da Academia Brasileira de Letras.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MARGARIDO, Orlando., A fome de filmar de Roberto Rossellini. Carta Capital, 11/09/2014 (Reportagem publicada originalmente na edição 815 de CartaCapital, com o título "A fome de filmar"). Acesso em 2 de mar. 2015.
  2. a b Projeto Memória 2004 - Josué de Castro. Obras, Livros - Geografia da Fome. Acesso em 3 de mar. 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.