Geografia da República Democrática do Congo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mapa da República Democrática do Congo.

A República Democrática do Congo está localizada na África Central. Possui uma área de 2.344.858 km², que faz deste país o décimo segundo mais extenso do mundo. Além disso, é o vigésimo sexto mais populoso, com aproximadamente 62.600.000 habitantes, segundo estimativa para 2007. Porém, o país possui um IDH muito baixo.

A capital e maior cidade é Kinshasa.

Rios[editar | editar código-fonte]

Nascendo formalmente na Zâmbia, entra no país ao sul[1] e percorre sentido norte com o nome de Lualaba, formando uma das maiores bacias hidrográficas do mundo, a Bacia do Congo e sua vasta floresta equatorial, recebendo águas do sistema Luapula-Luvua, vindos da região norte de Zâmbia, onde localiza-se sua real nascente no Rio Chambeshi; e outras águas oriundas do Lago Tanganica pelo Rio Lukuga a leste. Contornando a enorme planície congolesa para oeste e novamente para sul e sudoeste, fazendo fronteira com a República do Congo, recebendo águas dos seus outros grandes afluentes como os rios Ubangi e Cassai, desaguando no Oceano Atlântico na fronteira do país com Angola.

Litoral[editar | editar código-fonte]

A República Democrática do Congo possui uma saída para o Oceano Atlântico, de aproximadamente 30 km, sendo um dos países de menor litoral do mundo. A principal cidade litorânea é Banana.

Relevo[editar | editar código-fonte]

A leste desta imensa planície florestal selvagem, erguem-se os maciços e montanhas, formando vales e desfiladeiros provenientes e causados pelo tectonismo do Vale do Rift Ocidental, os quais formaram os Grandes Lagos Africanos, os quais lagos Tanganica, Kivu, Eduardo e Alberto; e as principais cadeias montanhosas como os Montes Mitumba, Virunga e Ruwenzori. Esta última cadeia, faz parte da fronteira leste com Uganda, dividindo o ponto mais elevado entre os dois países: o Monte Stanley (ou Monte Margherita) e seus 5.109 metros de altitude, a terceira maior montanha da África.

Na República Democrática do Congo estão localizados os dois principais vulcões da África, sendo eles o Monte Nyiragongo e o Monte Nyamuragira. Estes estão situados na cordilheira das Montanhas Virunga, no sudeste da província do Nord-Kivu, em área próxima à cidade de Goma e à fronteira com Ruanda.

Clima[editar | editar código-fonte]

Seu clima é predominantemente equatorial, quente e úmido, com chuvas frequentes quase o ano todo por conta da alta umidade da floresta densa e grande número de rios perenes. Nos planaltos e montanhas a leste, predomina o tropical de altitude e subtropical com temperatura de mais amena à fria. São poucas áreas que recorrem ao clima seco de savanas.

Referências

  1. África Mundo Educação. Visitado em 23 de dezembro de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da África, integrado no Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.