Geographic Names Information System

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Geographic Names Information System (GNIS) é uma base de dados que armazena nomes e informação toponímica sobre localidades e mais de 2 milhões de referências a locais geográficos e culturais por toda a extensão dos Estados Unidos e dos seus territórios. É um tipo de gazetteer, e foi desenvolvido pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos em cooperação com a Junta dos Estados Unidos em Nomes Geográficos (BGN) para promover a padronização dos nomes geográficos.

A base de dados faz parte de um sistema que inclui também nomes em mapas topográficos e referências bibliográficas. Os nomes de livros e mapas históricos sobre o lugar ou localidade estão citados. As variantes de nomes, as alternativas aos nomes oficiais federais para um lugar, também se registam.. A base de dados nunca elimina uma entrada, "salvo nos casos de duplicação óbvia".[1]

Referências

  1. Cartographic Users Advisory Council (CUAC) (April 26–27, 2007). "2007 Agency Presentation Minutes". ', Reston, VA: US Geological Survey. 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]