George Robert Aberigh-Mackay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
George Robert Aberigh-Mackay
Nascimento 25 de julho de 1848
Morte 12 de janeiro de 1881 (32 anos)
Nacionalidade Reino Unido britânica
Ocupação Escritor

George Robert Aberigh-Mackay (25 de julho de 1848 — 12 de janeiro de 1881) foi um escritor anglo-indiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um capelão bengali, foi educado no Magdalen College School, em Oxford e na Universidade de Cambridge. Entrou para o departamento de educação indiana em 1870, tornou-se professor de literatura inglesa em Delhi College, Nova Deli, em 1873, foi tutor do Rajá de Ratlam, em 1876, e diretor do Rajkumar College em Indore, em 1877.

É mais conhecido por seu livro Twenty-one Days in India (1878-1879), uma sátira sobre a sociedade anglo-indiana e a maneira de pensar dela. Este livro deu-lhe a promessa de uma bem sucedida carreira literária, mas o autor morreu com apenas trinta e três anos de idade.

Referências

Wikisource  "Aberigh-Mackay, George Robert". Encyclopædia Britannica (11th). (1911). Ed. Chisholm, Hugh. Cambridge University Press. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]