George Zweig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
George Zweig
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 30 de maio de 1937 (77 anos)
Local Moscou
Tese 1964: Two Topics in Elementary Particle Physics: The Reaction [Photon-neutron Going to Pion-nucleon] at High Energies. K Leptonic Decay and Partially Conserved Currents
Orientador(es) Richard Feynman

George Zweig (Moscou, 30 de maio de 1937) foi originalmente treinado como um físico de partículas por Richard Feynman e depois voltou sua atenção para a neurobiologia. Ele passou vários anos como um cientista da pesquisa no Laboratório Nacional Los Alamos e no MIT, mas a partir de 2004, passou a trabalhar na indústria de serviços financeiros.

Como graduado 1959 da Universidade de Michigan, Zweig propôs a existência de quarks, enquanto aluno de pós-graduação em Física no Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech ) em 1964 (independentemente de Murray Gell-Mann). Como Gell-Mann, ele percebeu que as propriedades de partículas como prótons e nêutrons poderiam ser explicadas por tratá-los como trigêmeos de outras partículas (que ele chamou de ases e Gell-Mann chamou quarks). Como foi salientado pelo astrofísico John Gribbin, Gell-Mann merecidamente, recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1969, por suas contribuições em geral e as descobertas relativas à classificação das partículas elementares e suas interações, na época, a teoria dos quarks, não era completamente aceite, e não foi especificamente mencionada. Anos posteriores, quando a teoria dos quarks se estabeleceu como o modelo padrão da física de partículas, o Comité Nobel, presumivelmente, sentiu que não poderia reconhecer Zweig como o cientista que primeiro definiu as implicações da teoria em detalhes e sugeriu que eles poderiam ser reais, sem incluir Gell-Mann novamente. Seja qual for a razão, apesar das contribuições Zweig a uma teoria fundamental para a física moderna, ele não foi concedido o Prêmio Nobel.

Zweig depois virou-se para a neurobiologia, e estudou a transdução do som em impulsos nervosos na cóclea do ouvido humano. Em 1975, enquanto estudava na orelha, ele descobriu a wavelet de transformação contínua. Em 1981, Zweig recebeu um Prémio MacArthur. Em 1996, Zweig foi eleito para a Academia Nacional das Ciências. Zweig agora trabalha para a Renaissance Technologies, em Long Island, NY.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]