Geovanni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Geovanni
Geovanni
Informações pessoais
Nome completo Geovanni Deiberson Maurício Gomez
Data de nasc. 11 de Janeiro de 1980 (34 anos)
Local de nasc. Acaiaca,  Brasil
Altura 1,73 m[1]
Destro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Bragantino
Posição Meia
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
19972001
19981999
20012003
2003
20032006
20062007
20072008
20082010
2010
20112012
20122013
2013
Brasil Cruzeiro
Brasil América Mineiro
Espanha Barcelona
Portugal Benfica
Portugal Benfica
Brasil Cruzeiro
Inglaterra Manchester City
Inglaterra Hull City
Estados Unidos San Jose Earthquakes
Brasil Vitória
Brasil América Mineiro
Brasil Bragantino
0046 000(11)
0015 0000(1)
0026 0000(1)
0017 0000(3)
0074 000(13)
0014 0000(2)
0019 0000(3)
0060 000(11)
0015 0000(1)
0072 000(14)
0010 0000(1)
Seleção nacional3
1997
1999
2000
2001
Brasil Brasil Sub-17
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil Sub-23
Brasil Brasil
0006 0000(3)

0006 0000(0)
0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 22 de Julho de 2013.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 30 de janeiro de 2011.

Geovanni Deiberson Maurício Gomez,[1] mais conhecido Geovanni, (Acaiaca, 11 de janeiro de 1980) é um futebolista brasileiro que atua como meia. Atualmente, joga pelo Bragantino.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começo[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Cruzeiro, estreou pelo clube mineiro na partida contra o Mamoré, no dia 30 de março de 1997, vencida por 3 a 1 pela Raposa, válida pelo Campeonato Mineiro.[2] Participou de apenas mais alguns encontros no decorrer do ano.[3]

Em 1998, após conquistar o Campeonato Mineiro e a Recopa Sul-Americana, marcando nos dois jogos da final nesta última competição,[4] foi emprestado ao América Mineiro, que defendeu no Brasileirão, marcando um gol em 15 jogos.[3]

Retornou em 1999, quando ajudou a equipe a vencer a Copa dos Campeões Mineiros mas ainda sendo apenas reserva. Em 2000, ganhou vaga no time titular e foi peça fundamental na conquista da Copa do Brasil, tendo inclusive marcado o gol do título no último minuto da partida de volta.[5] Após ser campeão da Copa Sul-Minas de 2001, também anotando um gol na final, foi vendido para o Barcelona por 18 milhões de dólares.[6]

Barcelona e Benfica[editar | editar código-fonte]

Atuou com certa regularidade durante a primeira temporada no clube espanhol, mas perdeu espaço na seguinte, fazendo com que fosse emprestado ao Benfica, onde agradou e teve seu passe comprado em definitivo para 2003-04, temporada em que ajudou a equipe a conquista a Taça de Portugal, terminando um jejum de 7 anos sem este título nacional do clube.[7]

Em 2004-05, Geovanni continuaria a ser decisivo, ajudando o Benfica a ser campeão da liga nacional 10 anos depois. Com gols em clássicos contra Porto e Sporting, foi peça chave no título, tendo jogado 31 das 34 partidas do campeonato.[8] Na temporada seguinte, com novo título, dessa vez da Supertaça Cândido de Oliveira, continuou a se destacar mas o clube não conseguiu conquistar mais taças.[9]

Retorno frustrado ao Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

Foi então repatriado pelo time que o revelou, o Cruzeiro, em 2006.[10] Entretanto, não teve uma boa passagem pelo time mineiro, jogando apenas algumas partidas no Brasileirão daquele ano e no Campeonato Mineiro de 2007, anotando apenas 3 gols.[3]

Na Inglaterra[editar | editar código-fonte]

Em 2007, transferiu-se para o Manchester City.[11] Na Inglaterra, teve um bom início, mas não encantou a ponto de ser titular, não tendo seu contrato renovado para a próxima temporada.[12]

Em julho de 2008, o Hull City, recém subido para a Premier League, acertou um contrato com o jogador,[13] que viria a ser o principal destaque do clube na primeira temporada deste na elite do futebol inglês. Além de ter marcado o primeiro gol da história do Hull na primeira divisão inglesa,[14] foi responsável direto por diversos resultados importantes na luta contra o rebaixamento. Destacam-se gols nas vitórias por 2 a 1 sobre o Arsenal[15] e por 1 a 0 sobre o Tottenham.[16] Também deixou o dele em jogos contra outros grandes do país, como nas derrotas por 4 a 3 para o Manchester United[17] e por 3 a 1 para o Liverpool,[18] além de ter marcado o gol do empate por 2 a 2 com seu ex-clube, o Manchester City.[19] Por esses feitos, virou ídolo da torcida do Hull, mas não conseguiu evitar o rebaixamente na temporada seguinte e acabou deixando o clube devido ao seu alto salário.[20]

Passagem nos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Algum tempo depois, em 16 de agosto de 2010, assinou contrato com o clube estadunidense San Jose Earthquakes.[21] . Participou de 12 jogos e marcou um gol na liga americana.

Vitória[editar | editar código-fonte]

Não renovou para a temporada seguinte e, no dia 30 de janeiro de 2011, foi confirmado como nova contratação do Vitória.[22] Estreou no segundo Ba-Vi do ano, em que o time rubro-negro saiu derrotado por 2 a 0.[23] Marcou seus primeiros gols alguns dias depois, na vitória sobre o Bahia de Feira, também por 2 a 0, tendo convertido dois pênaltis na partida.[24] Continuou a se destacar e, no dia 3 de abril, na goleada por 4 a 1 do rubro-negro sobre o Feirense, tendo Geovanni anotado o primeiro tento, de falta, foi homenageado pela diretoria do clube por ter chegado, atuando pelo Vitória, às marcas de 500 jogos e 100 gols na carreira.[25] Já no primeiro Ba-Vi decisivo das semifinais do Campeonato Baiano, marcou, de falta, o gol da vitória por 1 a 0 do rubro-negro.[26] No jogo de volta, numa derrota por 3 a 2 que ainda assim classificou o time à final do estadual, voltou a marcar.[27] A temporada para Geovanni acabou de forma frustrante após o Vitória falhar na busca do acesso à Série A, principal objetivo do clube no ano, por um ponto.

Iniciou o ano de 2012 ainda como titular da equipe, sob o comando de Toninho Cerezo. Ao longo do Campeonato Baiano, Cerezo optou por sacá-lo do time e incluir Lúcio Flávio como titular em algumas partidas, decisão que inicialmente não agradava parte da torcida. Apesar disto, atuou nas finais do Baianão, quando o Vitória acabou perdendo o título para o arquirrival Bahia após dois empates, já que o tricolor tinha melhor campanha na primeira fase. Após o estadual e com a saída de Cerezo, Geovanni viu suas poucas chances serem reduzidas ainda mais, atuando cerca de 40 minutos em todo o primeiro turno da Série B, turno este que terminou com a liderança do Vitória, novamente na busca do acesso à primeira divisão. Com pouquíssimas chances sob o comando de Paulo César Carpegiani, que não o relacionava sequer para o banco de reservas há mais de dois meses, Geovanni rescindiu seu contrato com o rubro-negro no dia 28 de agosto.[28]

America Mineiro[editar | editar código-fonte]

No dia seguinte, assinou contrato com o América Mineiro até março de 2013.[29] [30]

Bragantino[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2013, o Bragantino anunciou a contratação de Geovanni. [31]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 30 de agosto de 2012.
Clube Ano Copa
nacional
Campeonato
nacional
Competições
continentais
Outras
competições
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Cruzeiro
1997 0 0 7 0 ? 1 ? 0 7 1
Brasil América Mineiro
1998 2 0 15 1 0 0 ? 0 17 1
Brasil Cruzeiro
1999 0 0 17 2 ? 2 ? 1 17 5
2000 11 5 22 9 ? 1 ? 4 33 19
2001 0 0 0 0 ? 7 ? 8 ? 15
Espanha Barcelona
2001-02 1 0 21 1 10 0 0 0 32 1
2002-03 1 1 5 0 5 1 0 0 11 2
Portugal Benfica
2002-03 0 0 17 3 0 0 0 0 17 3
2003-04 3 0 21 5 8 1 0 0 32 6
2004-05 6 4 31 6 8 0 0 0 45 10
2005-06 3 0 25 2 8 1 1 0 37 3
Brasil Cruzeiro
2006 0 0 12 2 ? 0 ? 0 12 2
2007 5 0 2 0 ? 0 ? 1 7 1
Inglaterra Manchester City
2007-08 1 0 19 3 0 0 3 0 23 3
Inglaterra Hull City
2008-09 3 0 34 8 0 0 0 0 37 8
2009-10 1 1 26 3 0 0 1 1 28 5
Estados Unidos San José Earthquakes
2010 0 0 12 1 0 0 0 0 12 1
Brasil Vitória
2011 1 0 34 3 0 0 12 10 47 13
2012 6 0 2 0 0 0 17 1 25 1
Brasil América Mineiro
2012 0 0 9 0 0 0 0 0 9 0
Total na carreira 44 11 331 49 39 14 34 26 448 100

Títulos[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro
Benfica
Seleção Brasileira

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro

Referências

  1. a b Perfil em ogol.com.br
  2. Vitória anuncia Giovanni, ex-Cruzeiro e o atacante Pedrão espbr.com (30 de janeiro de 2011). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  3. a b c Geovanni futpedia.globo.com. Página visitada em 3 de maio de 2011.
  4. RECOPA SUL AMERICANA bolanaarea.com. Página visitada em 3 de maio de 2011.
  5. O campeão da Copa do Brasil de 2000 futebolivre.com.br. Página visitada em 3 de maio de 2011.
  6. Geovanni: prodígio sim, apesar de tudo olheiros.net (18 de novembro de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  7. Época 2003/2004 - Estatísticas - Jogos cachecolglorioso.com (2003-04). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  8. Época 2004/2005 - Estatísticas - Jogos cachecolglorioso.com (2004-05). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  9. Época 2005/2006 - Estatísticas - Jogos cachecolglorioso.com (2005-06). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  10. Cruzeiro anuncia oficialmente a contratação do atacante Geovanni folha.uol.com.br (7 de junho de 2006). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  11. Geovanni no Manchester City pt.uefa.com (17 de julho de 2007). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  12. Manchester City confirma dispensa de Giovanni oglobo.globo.com (3 de julho de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  13. Geovanni Deal Completed (em inglês) hullcityafc.net (5 de julho de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  14. Hull City 2-1 Fulham (em inglês) news.bbc.co.uk (16 de agosto de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  15. Heroic Hull triumph over Arsenal (em inglês) timesonline.co.uk (28 de setembro de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  16. Tottenham 0 Hull City 1: Geovanni adds to Tottenham crisis (em inglês) independent.co.uk (6 de outubro de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  17. United's absence of midfield string-puller reveals flaw in Ferguson's master plan (em inglês) guardian.co.uk (3 de novembro de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  18. Hull 1-3 Liverpool (em inglês) news.bbc.co.uk (25 de abril de 2009). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  19. Hull 2 Manchester City 2: Geovanni strikes to save point for high flying Hull (em inglês) dailymail.co.uk (16 de novembro de 2008). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  20. Geovanni deixa o Hull City e pode jogar no futebol grego globoesporte.globo.com (6 de julho de 2010). Página visitada em 3 de maio de 2011.
  21. Geovanni acerta ida para o San Jose Earthqua trivela.uol.com.br (16 de agosto de 2010). Página visitada em 30 de janeiro de 2011.
  22. Vitória confirma contratação de Geovanni bahianoticias.com.br (30 de janeiro de 2011). Página visitada em 30 de janeiro de 2011.
  23. Ex-Barcelona, o meia Geovanni estreia no clássico Ba-Vi esportes.terra.com.br (18 de fevereiro de 2011). Página visitada em 28 de fevereiro de 2011.
  24. Vitória vence com um festival de pênaltis bahianoticias.com.br (27 de fevereiro de 2011). Página visitada em 28 de fevereiro de 2011.
  25. Geovanni alcança 500 jogos e 100 gols na carreira atuando pelo Vitória e ganha placa comemorativa: “Vai ficar marcado na minha vida” ecvitoria.com.br (3 de abril de 2011). Página visitada em 3 de abril de 2011.
  26. Vitória vence o Ba-Vi, amplia a vantagem e fica perto da decisão globoesporte.globo.com (24 de abril de 2011). Página visitada em 24 de abril de 2011.
  27. Vitória perde para o Bahia, mas avança às finais do Baianão globoesporte.globo.com (1 de maio de 2011). Página visitada em 1 de maio de 2011.
  28. Meia Geovanni rescinde contrato com o Vitória ecvitorianoticias.com (28 de agosto de 2012). Página visitada em 30 de agosto de 2012.
  29. América-MG confirma contratação de meia-atacante ex-Barcelona esportes.terra.com.br (29 de agosto de 2012). Página visitada em 30 de agosto de 2012.
  30. Geovanni é apresentado oficialmente e mostra empolgação por voltar ao América mg.superesportes.com.br (29 de agosto de 2012). Página visitada em 30 de agosto de 2012.
  31. Bragantino anuncia a contratação do meia Geovanni, ex-Barcelona esporte.uol.com.br (22 de julho de 2013). Página visitada em 22 de julho de 2013.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.