Geraldo Luís

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Geraldo Luís
Geraldo Luís, apresentador da Rede Record.
Nome completo Geraldo Luís do Sacramento
Nascimento 13 de maio de 1971 (43 anos)
Limeira, SP
 Brasil
Nacionalidade BrasilBrasileiro
Estatura 1,92 m
Peso 108 kg
Ocupação apresentador e jornalista

Geraldo Luís do Sacramento, conhecido como Geraldo Luís (Limeira, 13 de maio de 1971) é um apresentador e jornalista brasileiro. Geraldo tornou-se conhecido por apresentar o telejornal Balanço Geral SP, com o bordão "Balança". Geraldo retirou-se do comando do Balanço Geral e, após dois meses de férias, estreou um programa diário chamado Geraldo Brasil. Após um determinado período, o programa foi retirado da grade. Desde então, especula-se o destino do jornalista. No dia 26 de março de 2010 começa a correr na internet o boato de que Geraldo Luis voltaria ao comando do Balanço Geral SP, boato que depois foi confirmado pelo jornalista em seu blog. Também é blogueiro do R7. Em 2012, Geraldo começou a apresentar novamente o Balanço Geral SP. [1]

Em 2014, Geraldo Luís deixará o Balanço Geral para dedicar-se ao Domingo Show, cujo sua estreia está prevista para o mês de março. O substituto de Geraldo Luís no Balanço Geral seria Luiz Bacci mais como foi contratado pela Rede Bandeirantes e atualmente quem apresenta é Reinaldo Gottino

História[editar | editar código-fonte]

Geraldo começou em 1989 na Rádio Educadora em Limeira/SP como repórter policial ao lado de Rubens Pinheiro Alves que foi quem o convidou. Geraldo foi repórter policial durante 20 anos.

Seu primeiro programa foi o regional A Hora da Verdade, da TV Jornal de Limeira[2] .

Sua primeira aparição em rede nacional foi na RedeTV!, onde era repórter do jornalístico Repórter Cidadão[3] . Ele estreou na Rede Record em 1 de dezembro de 2007, como apresentador desconhecido pelo público. Porém, Geraldo conquistou o público pelo seu jeito popular. Realizou matérias juntamente com moradores de rua, ambulantes, garis, entre outros. No seu comando, o Balanço Geral se diferenciava das edições de outras cidades, pois esse não noticiava nenhum tipo de notícia. O único caso que insistentemente foi recorrido foi o Caso Isabella Nardoni. Após um ano e quatro meses de exibição, Geraldo deixou de apresentar o Balanço Geral para apresentar um novo projeto da Rede Record, referente a um programa popular que em 6 de julho de 2009 estreou como Geraldo Brasil, mas o programa veio ao fim em 27 de novembro de 2009. Estava namorando a atriz Franciely Freduzeski, até o dia 29 de outubro de 2009, quando anunciaram o fim do namoro no programa Hoje em Dia.

Geraldo Luís criou uma instituição de caridade chamada "Casa da Sopa" que fica em Limeira e visa ajudar pessoas carentes. Esta, além de refeições diárias, também capacita os excluídos e presta serviços de cunho pessoal, como cortes de cabelo e etc.[4] [5]

Em 2010, quando trabalhava em uma emissora de tv em Limeira, foi acusado de receber R$ 50 mil de uma empresa fornecedora de merenda escolar para a cidade de Limeira com o intuito de promover reportagens favoráveis a mesma.[6] Geraldo foi convidado a depor na CPI da Merenda[7] , instituída pela Câmara Municipal de Limeira, porém não compareceu.[8]

Carreira na televisão[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Blogs. R7. Página visitada em 12 de junho de 2010.
  2. http://www.portaldosjornalistas.com.br/perfil.aspx?id=9772
  3. O Culpado - Coluna Flávio Ricco http://televisao.uol.com.br (Outubro, 2009)
  4. Casa da Sopa
  5. Gazeta de Limeira
  6. Apresentador tem nome envolvido em escândalo. Saiba!-Geraldo Luis teria recebido R$ 50 mil para produzir matérias falando bem da qualidade da merenda, quando trabalhava em uma TV de Limeira. Bonde (28 de setembro de 2010). Página visitada em 24 de março de 2014.
  7. CPI da Merenda: Vereadores solicitam cópias de documentos e sugerem oitivas. Câmara Municipal de Limeira (28 de outubro de 2010). Página visitada em 24 de março de 2014.
  8. CPI da Merenda: apresentador de TV não comparece para depor. Limeira Notícias (15 de fevereiro de 2011). Página visitada em 24 de março de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]