Gerda Wegener

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gerda Wegener

Gerda Wegener (Hammelev, 15 de março de 1889  — Frederiksberg, 28 de julho de 1940) foi uma pintora, desenhista e ilustradora dinamarquesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no seio de uma família francesa emigrada na Dinamarca desde o século XVII, foi aluna da Escola de Belas-Artes de Copenhaga, e esposa de Einar Wegener (ver: Lili Elbe). Este casamento foi anulado em outubro de 1930 pelo rei da Dinamarca após a mudança de sexo de Einar. Em 1931, Gerda Wegener casou-se com um militar italiano, Major Fernando Porta, de quem se divorciaria em 1936.

Viajou para a Itália, Inglaterra e França, onde se estabeleceu a Paris em 1912. Obteve bastante sucesso tanto na pintura como em ilustrações para a Vogue, La Vie Parisienne, Fantasio e muitos mais revistas. Expôs no Salão de Outono, Salão dos Independentes e dos Humoristas.

Nota: informações obtidas da wikipédia inglesa.

Ilustrações[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.