Gestão da cadeia de suprimentos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gestão da cadeia de suprimentos visa, gestão complexa e dinâmica em redes de oferta e demanda.[1] (cf. Wieland/Wallenburg, 2011)

Gestão da cadeia de suprimentos (em inglês) Supply chain management (SCM) é o gerenciamento de uma rede interligada de negócios envolvidos na provisão final de pacotes produto e serviço requeridos por clientes finais (Harland, 1996).[2] Gestão da cadeia de suprimentos abrange todo o movimento e armazenamento de matéria prima, trabalho em processo de inventário, e produtos acabados do ponto de origem até o ponto de consumo (cadeia de suprimentos).

Outra definição é fornecido pelo Dicionário APICS quando define SCM como "design, planejamento, execução, controle, e monitoramento das atividades da cadeia de suprimentos com o objetivo de criar valor líquido, construção de uma infra-estrutura competitiva, alavancagem logística mundial, sincronizar a oferta e a procura e avaliação do desempenho global."

A logística de produção (tradução de production logistics) de uma indústria, também conhecida como PPCP (Planeamento, Programação e Controle da Produção) (Severo, 2006, p. 97), é um segmento da indústria automatizada, que trata da gestão e controle de mão-de-obra, material e informação no processo produtivo (FlexLink, 2008).

Devido à grande complexidade que as grandes plataformas indústriais apresentam, dada à enorme quantidade de materiais, operários e máquinas, a gestão destes recursos é feita maioritariamente por computador. São estes processos logísticos contínuos de controlo da produção e também das encomendas, que se dá o nome de logística de produção.

«Uma logística de produção eficiente resulta em tempo e dinheiro ganho na produção» (Allen, 2001, p. 215).

Esta área é, assim, essencial para o sucesso de empresas na economia de mercado global, que hoje existe, uma vez que se preocupa com o aperfeiçoamento de tarefas fabris, quer pela adicção de processos mais eficazes, quer pela eliminação de outros desnecessários.

Logística de manufatura é uma tradução alternativa de production logistics utilizada no Brasil.

Logística da Produção é também uma disciplina ministrada na Escola Politécnica da USP.

Referências

  1. cf. Andreas Wieland, Carl Marcus Wallenburg (2011): Supply-Chain-Management in stürmischen Zeiten. Berlin.
  2. Harland, C.M. (1996) Gestão da cadeia de suprimentos, Compras e Gestão de Suprimentos, Logística, Integração Vertical, Gestão de Materiais e Dinâmica da Cadeia de Suprimentos. In: Slack, N (ed.) Blackwell Encyclopedic Dictionary of Operations Management. UK: Blackwell.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • NYHUIS, Peter; WIENDAHL, Hans-Peter - Fundamentals of Production Logistics Theory,

Tools and Applications. Hannover: Springer Verlag, 2008. ISBN 978-3-540-34210-6

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Logística é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.