Ghada Shouaa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ghada Shouaa
campeã olímpica
Atletismo
Modalidade Heptatlo
Nascimento 10 de Setembro de 1973 (41 anos)
Muhardeh, Síria
Nacionalidade Síria síria
Compleição Peso: 61 kg Altura: 1,87 m

Ghada Shouaa (em árabe: غادة شعاع‎; Muhardeh, 10 de setembro de 1973) é uma antiga atleta síria de heptatlo. [1]

Nos Jogos Olímpicos de 1996, ganhou a primeira e única medalha de ouro olímpica para o seu país.

Carreira desportiva[editar | editar código-fonte]

Shouaa começou a sua carreira desportiva como jogadora de basquetebol (mede 1,87 m), estando vários anos na equipa nacional do seu país, até que decidiu experimentar a sua sorte no atletismo.

Realizou o seu primeiro heptatlo em 1991, e poucos meses depois participou nos Campeonatos do Mundo de Tóquio, onde acabou classificada numa das últimas posições. Porém, nesse ano, ganhou a medalha de prata nos Campeonatos da Ásia disputados em Kuala Lumpur.

Na sua primeira participação olímpica, nos Jogos de Barcelona de 1992, não conseguiu concluir a prova devido a uma lesão. Em 1993 sagrou-se campeã asiática em Manila e, no ano seguinte, obteve a medalha de ouro nos Jogos Asiáticos de Hiroshima.

A sua entrada na élite mundial deu-se em 1995. Na prestigiosa reunião de Götzis, celebrada todos os anos na Áustria em finais de maio, logrou a vitória com uma marca de 6.715 pontos, que constituiu a melhor marca mundial do ano. Em agosto desse ano ganhou a medalha de ouro nos Campeonatos do Mundo de Gotemburgo, onde a outra favorita, a alemã Sabine Braun, teve que abandonar devido a uma lesão.

Em 1996 voltou a ganhar em Götzis, fazendo a sua melhor marca pessoal, recorde asiático e a melhor marca mundial desse ano, com 6.942 puntos, quase 300 pontos mais que a segunda classificada, a britânica Denise Lewis.

O momento mais importante da sua carreira chegaria nos Jogos Olímpicos de Atlanta. A prova de heptatlo teve lugar nos dias 27 e 28 de julho e Shouaa partia como principal favorita. No final, obteve uma cómoda vitória com 6.780 pontos, dando a primeira medalha de ouro olímpica na história da Síria.

Em 1997 sofreu uma grave lesão que a fez estar afastada das pistas durante dois anos. Reapareceu em 1999, ganhando duas medalhas de ouro (salto de altura e lançamento do dardo) e duas de prata (salto em comprimento e lançamento do peso) nos Jogos Pan-Arábicos disputados em Irbid, Jordânia. Nesse mesmo ano ganhou a medalha de bronze do heptatlo nos Campeonatos do Mundo de Sevilha, sendo vencida pela francesa Eunice Barber.

Ainda esteve presente nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, tentando defender o seu título olímpico, mas uma lesão sofrida na primeira prova (os 100 metros com barreiras) obrigou-a a abandonar. No seguimento desta decepção, decidiu retirar-se do atletismo.

Melhores marcas pessoais[editar | editar código-fonte]

Heptatlo
Competição Marca Data Local
Reunião de Götzis 6 942 pontos 26.05.1996 Götzis, Áustria
Jogos Olímpicos de 1996 6 780 pontos 28.07.1996 Atlanta, Estados Unidos
Reunião de Götzis 6 780 pontos 28.05.1995 Götzis, Áustria
Campeonatos do Mundo de 1995 6 651 pontos 10.08.1995 Gotemburgo, Suécia
Campeonatos do Mundo de 1999 6 500 pontos 22.08.1999 Sevilha, Espanha
Provas individuais
Prova Marca Data Local
200 metros 23.78 s 25.05.1996 Götzis, Áustria
800 metros 2:11.34 m 01.12.1993 Manila, Filipinas
100 metros com barreiras 13.72 s 27.07.1996 Atlanta, Estados Unidos
Salto em altura 1.87 m 26.05.1996 Götzis, Áustria
Salto em comprimento 6.77 m 26.05.1996 Götzis, Áustria
Arremesso do peso 16.25 m 12.08.1999 Irbid, Jordânia
Lançamento do dardo 54.82 m 26.05.1996 Götzis, Áustria

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências