Ghost (banda)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ghost
W0837-Hellfest2013 Ghost PapaEmeritusII 72400.JPG
Ghost se apresentando ao vivo no Hellfest de 2013.
Informação geral
Origem Linköping
País  Suécia
Gênero(s) Heavy metal
Rock psicodélico
Rock alternativo
Pop rock
Doom metal
Período em atividade 2008–atualmente
Gravadora(s) Iron Pegasus
Rise Above Records
Metal Blade Records
Trooper Ent.
Universal Republic Records
Loma Vista
Página oficial Site Oficial
Integrantes Papa Emeritus II
Nameless Ghouls
Ex-integrantes Papa Emeritus

Ghost (conhecida como Ghost B.C. nos Estados Unidos) é uma banda sueca de heavy rock formada em 2008 na cidade de Linköping.[1] Sua discografia é composta até o momento de 2 álbuns de estúdio, uma demo, 3 singles e um EP.

O estilo da banda mistura um hard rock/heavy metal clássico, típico dos anos 70, com um rock alternativo mais moderno. As letras das músicas são, em sua maioria, satanistas, o que contrasta com a sensibilidade pop e os vocais limpos que permeiam as canções. Os teclados vintage e a produção muito limpa, sem exageros de compressão, fazem os álbuns soarem inteiramente analógicos e também remeterem à década de 70. Vários críticos descreveram a música deles como "sedutoramente lisa e memorável".

Os membros da banda são anônimos,[2] apesar de fortes especulações sobre a identidade dos mesmos apontarem para músicos de bandas suecas desformadas. As apresentações do sexteto trazem uma atmosfera cênica inspirada em rituais satânicos e filmes de terror clássicos, com todos os membros caracterizados como sacerdotes em uma missa negra. O vocalista adentra o palco vestido como um pontífice e carregando um turíbulo utilizado nas litanias católicas.

História[editar | editar código-fonte]

A banda foi fundada em 2008 e só foi publicada dois anos depois, graças a uma gravação demo, com três músicas apenas, e mais tarde, lançaram mais outra demo, chamada "Elizabeth", com as músicas "Death Knell", "Elizabeth" e "Prime Mover". A letra de "Elizabeth" se trata da conhecida história da condessa Elizabeth Bathory, que se banhava em sangue de virgens para conservar a juventude.

Mais tarde, a banda assina contrato com a Rise Above Records, e em 2010 lançam o primeiro álbum, Opus Eponymous[3] . Contendo 2 músicas instrumentais, e mais sete canções, incluindo as 4 publicadas nas demos, foi aclamado pela mídia especializada como um dos melhores lançamentos do ano. "Con Clavi Con Dio", "Ritual", "Death Knell", "Elizabeth" e "Prime Mover" são os destaques do álbum. .

Os dois primeiros shows da banda ocorreram em Outubro de 2010, no Festival Hammer Of Doom em Wurtzburgo, e no festival Live Evil, em Londres. No verão de 2011, a banda tocou em vários festivais de música, incluindo o festival Roadburn em Tilburgo.

Vocalista Papa Emeritus no Gateway Rock Festival 2012

Em fevereiro de 2012, a banda lançou um single, nomeado "Secular Haze", contendo 2 músicas: a própria Secular Haze, e I'm a Marionette, que é um cover da banda sueca ABBA com participação de Dave Grohl, atualmente do Foo Fighters, na bateria.

Em 16 de abril de 2013 a banda lançou seu segundo álbum intitulado Infestissumam. No mesmo ano, em razão de sua primeira série de shows em território americano, e por motivos legais, o grupo foi forçado a mudar o seu nome para Ghost B.C.. Por enquanto, essa alteração vale apenas para o mercado norte-americano como mencionado anteriormente, mas é provável que seja aplicada a todo o mundo. A banda não deu maiores explicações sobre os tais “motivos legais” que levaram a essa mudança.

No mês de setembro a banda participou do Rock in Rio no quarto dia do festival, junto com Metallica, Alice in Chains, Sepultura (com o grupo de percussão urbana Les Tambours du Bronx) quando fez a abertura dos shows do Iron Maiden em São Paulo no dia 20 e em Curitiba no dia 24.

Em 2014 a banda retornou ao país juntamente com a turnê South American Tour, no dia 4 e 5 de Setembro, onde tocaram em São Paulo (HSBC Brasil) e Rio De Janeiro(Imperator). Pouco depois do lançamento de Infestissumam, a banda lançou um EP, nomeado "Year Zero", contendo também 2 musicas: Year Zero, e Orez Raey, que seria a Year Zero do final ao começo.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Papa Emeritus II[editar | editar código-fonte]

Papa Emeritus II
Papa Emeritus II no festival Coachella 2013.
Informação geral
Também conhecido(a) como Papa
País  Suécia
Instrumento(s) Vocal
Modelos de instrumentos Microfone Filaire Shure SM48/SM58, Shure Beta 58A (wireless)[4]
Período em atividade 2012–atualmente

Papa Emeritus II é um personagem interpretado pelo atual vocalista da banda Ghost. O personagem é também considerado o mascote da banda (tal como Eddie, do Iron Maiden). Emeritus II aparece na capa dos dois álbuns de estúdio da banda, assim como o único EP do grupo. O personagem, teatralmente, "entrou" na banda em 2012 após a saída de Papa Emeritus, que era interpretado pela mesma pessoa.

Nameless Ghouls[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghouls é como são chamados os integrantes da banda Ghost (exceto o vocalista, que interpreta no palco o Papa Emeritus II). Os dois guitarristas do grupo possuem um acordo com a marca Gibson, o qual lhes proporciona suas guitarras RD Standard personalizadas exclusivas nas cores preto e branco.[5]

Guitarrista Solo[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghoul (guitarrista solo)
Guitarrista solo em frente ao tecladista do grupo.
Informação geral
País  Suécia
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 2008–atualmente

O guitarrista solo é representado pelo símbolo do fogo na alquimia e, atualmente, usa uma guitarra Gibson RD customizada. O guitarrista também já usou uma Gibson SG Standard White (que era preta nos concertos inaugurais) até o final da turnê de 2011, a qual ainda foi usada no estúdio para gravar o álbum de estreia (Opus Eponymous) do grupo. O guitarrista também usou uma guitarra de marca desconhecida em alguns shows. Sua guitarra atual contém o símbolo que lhe representa.

Equipamento Atual[editar | editar código-fonte]
  • "Guitarra Gibson RD Standard exclusiva (customizada) na cor branca"
  • "Pedal Fractal Audio Systems MFC-101 Mark II"
  • "Fones JHAudio"
  • "Cordas Dunlop Nickel Plated Steel"
  • "Palhetas Dunlop Tortex"
Equipamento Anterior[editar | editar código-fonte]
  • "Guitarra de marca desconhecida"
  • "Guitarra Gibson SG Standard, na cor branca ou preta"
  • "Pedal Pigtronix Class a Boost"
  • "Pedal Pigtronix Envelope Phaser"
  • "Pedal Pigtronix Philosopher's Tone"
  • "Amplificador Orange Thunderverb 50"
  • "Amplificador Orange Thunderverb 200"
  • "2x Gabinete Orange PPC-412, 400 Watt Black Stereo"
  • "Gabinete Orange PPC-212, 120 Watt Black"
  • "Amplificador Marshall DSL 100H"
  • "Afinador Carl Martin"
  • "Pedais de bateria Carl Martin Power Pro"
  • "Capotraste"

Guitarrista Base[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghoul (guitarrista base)
Informação geral
País  Suécia
Instrumento(s) Guitarra
Período em atividade 2008–atualmente

O guitarrista base é representado pelo símbolo do éter e, atualmente, usa uma guitarra Gibson RD customizada. Ele usou uma guitarra de marca desconhecida até o final da turnê de 2011. Em um concerto em Nova Iorque, também em 2011, o guitarrista usou um modelo Gibson Flying V. Na maioria das vezes, o guitarrista usa uma guitarra com o símbolo omega, noutras, usa uma com o símbolo de sua vestimenta.

Equipamento Atual[editar | editar código-fonte]
  • "Guitarra Gibson RD padrão exclusiva (customizada) na cor preta"
  • "Pedal Fractal Audio Systems MFC-101 Mark II"
  • "Fones JHAudio"
  • "Cordas Dunlop Nickel Plated Steel"
  • "Palhetas Dunlop Tortex"
Equipamento Anterior[editar | editar código-fonte]
  • "Guitarra de marca desconhecida"
  • "Gibson Flying V"
  • "Pedal Pigtronix Class a Boost"
  • "Pedal Pigtronix Envelope Phaser"
  • "Pedal Pigtronix Philosopher's Tone"
  • "Amplificador Marshall DSL 100H"
  • "Afinador Carl Martin"
  • "Pedais de bateria Carl Martin Power Pro"

Baixo[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghoul (baixista)
Informação geral
País  Suécia
Instrumento(s) Baixo
Período em atividade 2008–atualmente

O baixista é representado pelo símbolo da água na alquimia e, atualmente, usa o baixo Fender American Standard Precision. Ele usou o Fender Deluxe Jaguar até o final da turnê de 2011, tendo também usado um Ibanez Iceman nos primeiros concertos.

Atualmente, o baixista não usa pedal no palco, mas é provável que ele ainda use equipamentos Pigtronix. Também é difícil avaliar se ainda utiliza todos os pedais mencionados abaixo.

Equipamento Atual[editar | editar código-fonte]
  • "Baixo Fender American Standard Precision na cor branca"
  • "Pedal Pigtronix Echolution"
  • "Pedal Pigtronix Disnortion"
  • "Pedal Pixtronix Fat Drive"
  • "Pedal Dunlop MXR Analog Chorus"
  • "Pedal Dunlop MXR Carbon Copy Analog Delay"
  • "Pedal Dunlop Bass Overdrive M89"
  • "Pedal Dunlop Bass Compressor M87"
  • "Pedal Dunlop Bass D.I.+ M80"
  • "Pedal Electro Harmonix POG2"
  • "Pedal Carl Martin Paraloop"
  • "Fones JHAudio"
  • "Cordas Dunlop Stainless Steel"
  • "Palhetas Dunlop Tortex Triangle"
Equipamento Anterior[editar | editar código-fonte]
  • "Baixo Fender American Standard Precision"
  • "Baixo Fender Deluxe Jaguar"
  • "Baixo Rickenbacker 4003"
  • "Baixo Ibanez Iceman ICB300EX"
  • "Gabinete Orange OBC-410, 600 Watt inc HF Horn"
  • "Amplificador Orange AD200B, 200 Watt Black Valve"
  • "Amplificador Ampeg"

Teclado[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghoul (tecladista)
Tecladista do grupo durante um show.
Informação geral
País  Suécia
Instrumento(s) Teclado
Período em atividade 2008–atualmente

O tecladista é representado pelo símbolo do ar na alquimia.

Equipamento Atual[editar | editar código-fonte]
  • "Teclado Nord Electro 3"
  • "Sintetizador Little Phatty Stage II"
  • "Efeito Pigtronix Echolution"
  • "Fones JHAudio"
Equipamento Anterior[editar | editar código-fonte]
  • "Teclado Nord Electro 2"

Bateria[editar | editar código-fonte]

Nameless Ghoul (Baterista)
Informação geral
País  Suécia
Instrumento(s) Bateria
Período em atividade 2008–atualmente

O baterista é representado pelo símbolo da terra na alquimia. O equipamento utilizado pelo baterista é muito complexo e variado. Atualmente, ele usa principalmente a bateria Ludwig Vistalite com pratos da MEINL e peles Evans. As baquetas são Pro-Mark American Maple SD11.

O baterista usou vários kits desde 2010, entre eles das marcas Remo, Tama, Sonor e Zildjian.

Equipamento Atual[editar | editar código-fonte]
  • "Bateria Ludwig Vistalite"
  • "Prato MEINL 14" Byzance Traditional Medium Hihat"
  • "Prato MEINL 20" Byzance Vintage Sand Ride"
  • "Prato MEINL 18" Byzance Traditional Medium Crash"
  • "Prato MEINL 20" Mb10 Heavy Crash"
  • "Prato MEINL 19" Byzance Traditional Medium Thin Crash"
  • "Prato MEINL 18" Byzance Traditional Medium Crash"
  • "Peles Evans EMAD2 Clear (bumbo)"
  • "Peles Evans G1 Coated"
  • "Peles Evans G2 Coated"
  • "Peles Evans Power Center Reverse Dot + 300"
  • "Peles Evans G1 Clear (tons)"
  • "Peles Evans G2 Clear (tons)"
  • "Microfone Shure Beta 57A"
  • "Fones JHAudio"
  • "Assento Pearl Roadster D-2000"
  • "Pedal do Bumbo PEARL Powershifter Eliminator P-2000C"
  • "Pés tons Latin Percussion"
  • "Suportes para Pratos Pearl"
  • "Baquetas Pro-Mark American Maple SD11"
Equipamento Anterior[editar | editar código-fonte]
  • "Bateria Zildjian"
  • "Bateria Sonor"
  • "Bateria Tama"
  • "Bateria Remo"

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
EP
Demo
Singles
Videografia
  • Secular Haze
  • Year Zero
  • Monstrance Clock

Referências

Páginas externas[editar | editar código-fonte]

Flag of Sweden.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Suécia, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.